Ídolos imortais: Dimebag Darrell, o cowboy do inferno

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Darrell Lance Abbott , mais conhecido como Dimebag Darrell, nasceu dia 20 de agosto de 1966. Anos mais tarde, o guitarrista fundou junto de seu irmão Vinnie Paul o Pantera, banda que virou o metal de cabeça para baixo em meados dos anos 1990.

Fotos de Infância: Lemmy Kilmister, do MotorheadGlen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontro

A sua maneira inovadora de tocar guitarra, misturando influências que iam desde Kiss até Van Halen, chamava a atenção na mesma proporção que o som agressivo do Pantera. Até os dias de hoje, é considerado por muitos fãs, músicos e críticos como um dos melhores e mais revolucionários guitarristas do metal.

O início da trajetória com o Pantera foi um pouco diferente do que a grande maioria conhece, já que o grupo investia mais no glam metal, inclusive utilizando trajes no mínimo estapafúrdios.

As coisas começaram a mudar com a entrada de Phil Anselmo na banda. O som ficou (bem) mais pesado, possibilitando que Dimebag mostrasse todo seu talento e vasto arsenal.

Com o lançamento de "Cowboys From Hell", em 1990, o Pantera se tornou um dos cachorros grandes do metal. Milhões de cópias vendidas, shows lotados e performances alucinantes. Tudo isso passava pelas mãos do virtuoso e sempre divertido guitarrista.

Por anos, o Pantera foi o carro chefe do metal, mantendo o estilo no mainstream, mesmo com uma sonoridade pesada. Na verdade, os discos seguintes, "Vulgar Display Of Power", "Far Beyond Driven", "The Great Southern Trendkill" e "Reinventing The Still' são verdadeiras paredes de som, construídas com a guitarra absurdamente pesada de Dimebag como alicerce.

Infelizmente, anos depois, a banda se dissolveu. Dimebag e seu irmão fundaram o Damageplan, mas não houve tempo para a banda desfrutar do sucesso, já que em 08 de dezembro de 2004, um imbecil o assassinou no palco, enquanto sua banda se apresentava em Columbus, Ohio (EUA).

O mundo do metal ficou entristecido com a morte do músico, ainda mais da forma trágica que tudo aconteceu. Para piorar, teve gente respeitada falando besteira em rede nacional, demonstrando falta de respeito e conhecimento.

Seja pela sua sonoridade única, seja pelo seu bom humor, seja pela sua barba colorida, seja pelas performances insanas, Dimebag sempre será lembrado como um ídolo imortal!


Ídolos imortais

Ídolos imortais: Joey Ramone, o homem que agradou gregos e troianosÍdolos imortais
Joey Ramone, o homem que agradou gregos e troianos

Ídolos imortais: Phil Lynott, uma usina de criatividade, feeling e carisma

Ídolos imortais: Cliff Burton, o gênio das quatro cordasÍdolos imortais
Cliff Burton, o gênio das quatro cordas

Ídolos imortais: Nick Menza, técnico e carismáticoÍdolos imortais
Nick Menza, técnico e carismático

Ídolos imortais: Layne Staley, um gênio que partiu cedo demaisÍdolos imortais
Layne Staley, um gênio que partiu cedo demais

Ídolos imortais: Chuck Schuldiner, o padrinho do death metalÍdolos imortais
Chuck Schuldiner, o padrinho do death metal

Ídolos imortais: Paul Baloff, um ícone do Thrash Metal

Ídolos imortais: Jeff Hanneman, um demônio das seis cordasÍdolos imortais
Jeff Hanneman, um demônio das seis cordas

Ídolos imortais: Dee Dee Ramone, um gênio insanoÍdolos imortais
Dee Dee Ramone, um gênio insano

Ídolos imortais: Andre Matos, um dos maiores nomes do metal nacionalÍdolos imortais
Andre Matos, um dos maiores nomes do metal nacional

Ídolos imortais: Randy Rhoads, um gênio incomparável e inesquecívelÍdolos imortais
Randy Rhoads, um gênio incomparável e inesquecível

Ídolos imortais: Freddie Mercury, a voz mais bonita do rockÍdolos imortais
Freddie Mercury, a voz mais bonita do rock

Ídolos imortais: Ingo Schwichtenberg, um monstro do power metalÍdolos imortais
Ingo Schwichtenberg, um monstro do power metal

Ídolos imortais: Warrel Dane, uma das mais poderosas vozes do metal

Ídolos imortais: Dolores O'Riordan, a doce voz do CranberriesÍdolos imortais
Dolores O'Riordan, a doce voz do Cranberries

Ídolos imortais: Chester Bennington, a voz do Linkin Park

Ídolos imortais: Lemmy Kilmister, a personificação do rock e do metal

Ídolos imortais: Peter Steele, o (literalmente) grande líder do Type O NegativeÍdolos imortais
Peter Steele, o (literalmente) grande líder do Type O Negative

Ídolos imortais: Janis Joplin, a Rainha do Rock And Roll

Todas as matérias sobre "Ídolos imortais"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Ídolos imortais"Todas as matérias sobre "Dimebag Darrell"


Fotos de Infância: Lemmy Kilmister, do MotorheadFotos de Infância
Lemmy Kilmister, do Motorhead

Glen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontroGlen Benton e Euronymous
A verdade sobre o encontro

Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasVícios
As 10 melhores músicas sobre drogas

Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal HammerSupergrupos
Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer

The Voice: Bruce Dickinson disse não a reality-showThe Voice
Bruce Dickinson disse não a reality-show

AC/DC: Jesus era um homem inteligente, não filho de DeusAC/DC
"Jesus era um homem inteligente, não filho de Deus"


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336