Stillness Blade: banda esbanja garra e vigor em sua música

Resenha - Break Of The Second Seal - Stillness Blade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Pedro Humangous
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A banda Stillness Blade nos brinda com um Death Metal raivoso e purulento vindo da Itália. Formada por apenas dois membros fixos, Max Schito (guitarras e vocais) e Gianpaolo Marsano (baixo e backing vocals), a banda esbanja garra e vigor em suas composições.
5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio

"Break Of The Second Seal - The Eternal Damnation" é o quarto trabalho oficial da dupla, sendo esse último o mais bem trabalhado e de melhor aceitação do público, devido à excelente produção, qualidade de gravação e composições bem interessantes para o estilo. A bela arte da capa, característica do Death Metal, veio somente para abrilhantar ainda mais o trabalho. O baterista contratado, Antonio Donadeo, se mostra bastante completo e até vai além do normal quando falamos de viradas e ritmos incessantes. O baixo está bem audível e encorpado, agregando mais peso ao som já brutal por natureza. As guitarras são um capítulo a parte, pois além da quebradeira de sempre, existem ótimas passagens mais melódicas e solos bem interessantes que fogem do padrão. Os vocais são guturais na medida certa, só poderiam ser um pouco mais "na cara". Destaque para as faixas "Napalm Rain", "Chains Of Damnation" e "Materialistic Suffocation". Influências claras de Cannibal Corpse e Malevolent Creation se fazem presentes ao longo da audição, mas nada que comprometa a originalidade do grupo. Em todas as faixas existe uma pequena introdução ou vinheta para criar um clima para a música que está por vir. No começo é bacana, mas chega uma hora que acaba irritando pela repetição. A intro da faixa "Sadistic Flesh Pleasure" parece que foi retirada de um filme erótico. O álbum termina com a excelente música "Ascencion Of Seven Blades", que remete bastante às bandas do underground brasileiro. Stillness Blade não é uma banda que irá revolucionar o metal ou figurar entre os grandes nomes mundiais, mas com certeza vale a pena correr atrás e dar uma ouvida. Recomendado para amantes do estilo e curiosos por novidades.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Stillness Blade"

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Comendo oferenda de macumba no Rock in Rio I

Black MetalBlack Metal
O cotidiano fascinante dos fãs adolescentes

5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada4834 acessosAlice Cooper: possuído pelo espírito de uma bruxa morta em 16925000 acessosOrange.co.uk: site lista os rockstars mais controversos5000 acessosIgreja Universal: "curando" fã do Dimmu Borgir?

Sobre Pedro Humangous

Pedro Humangous, 28 anos, publicitário headbanger. Dono e editor chefe da revista Hell Divine. Santista apaixonado por música e uma boa cerveja. Atualmente reside em Brasília e não poupa esforços para fazer o metal se fortalecer no país. Já colaborou com as revistas portuguesas Versus e Horns Up, além da coluna “Rolo Compressor” na rádio Nucleo Base. Colecionador de CD´s, DVD´s, Livros e Action Figures, concentra suas forças no metal extremo, sem deixar de lado os demais estilos. Fanático por Opeth, Iron Maiden, Trivium, Kreator, Dream Theater, Baroness, Suicide Silence, entre tantas outras. Siga: @PedroHumangous

Mais matérias de Pedro Humangous no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online