Modify Moeller: Para os apreciadores de obras instrumentais

Resenha - Modify Moeller - Modify Moeller

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Pierre Cortes
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A trajetória de Wagner Camargo é bastante interessante. Ele iniciou suas atividades no mundo da música atuando como DJ de Black Music, em 1984. Depois de estudar guitarra chegou a participar da banda Shitness, atual Poseidon, e após a saída desta se tornou produtor musical de Soul. Estudou bateria e se focou no seguimento Rap Groove Metal.
5000 acessosRicardo Confessori: "Iron Maiden, aposenta logo!"5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Dentre seus trabalhos de produção criou o projeto intitulado MODIFY MOELLER, lançando-se então como músico instrumental.

Afirmarmos que o projeto em questão é simplesmente Heavy Metal não corresponde à realidade. Há muito de Metal tradicional sim, mas há também influências do Groove Metal e até algumas pitadas do Rock Clássico.

O álbum é curto, possui pouco mais de 17 minutos de som e todas as músicas são instrumentais. Definindo melhor, há única e exclusivamente a presença de dois instrumentos: guitarra e bateria. Chega praticamente a ser uma demonstração técnica. Bastante interessante, por sinal.

Em geral, esta obra de Wagner chega a ser bem homogênea, mas há alguns destaques. “Modify Tendencies” tem os riffs de guitarra e batidas da batera que me remeteram ao grande CELTIC FROST, apesar do som do MODIFY MOELLER nada ter a ver com tal estilo. Já “HC Sextina Moeller”, a mais curta e veloz do trabalho, apresenta um timbre de guitarra mais “alegre” e um solo ao final que é bem interessante. “Freestyle Final Record”, um solo de bateria em que Wagner demonstra ser habilidoso com as baquetas.

Um trabalho bastante específico e, principalmente, recomendado aos grandes apreciadores de obras instrumentais onde é possível sentir a técnica mais do que a melodia propriamente dita. Confira.

Banda: Modify Moeller
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Modify Moeller
Ano: 2010
Estilo: Heavy Metal
Gravadora: Independente

Line-up:

Wagner Camargo – Guitarra/Bateria

Faixas:

1. Soul Fly
2. Dias Ruins
3. Modify Tendencies
4. Tritono do meu Deus
5. A Cura
6. HC Sextina Moeller
7. Freestyle Final Record

Sites:

http://www.myspace.com/wagnerbatera
http://tramavirtual.uol.com.br/modifymoeller
http://www.youtube.com/bateraxwagner

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Modify Moeller"


Ricardo ConfessoriRicardo Confessori
"Iron Maiden, aposenta logo!"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Guns N RosesGuns N' Roses
Em vídeo, Axl trola Slash e Duff

5000 acessosEddie Van Halen: falando sobre o solo de "Beat It"5000 acessosSlash: Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido5000 acessosGuns N' Roses: funkeiro assassina clássico máximo da banda4874 acessosPunk: as 10 bandas mais influentes da história5000 acessosSala de Som: 5 discos pra começar a ouvir heavy metal5000 acessosHelloween: confira o alcance vocal de Andi Deris

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online