Apathy: impossível não lembrar do Elegy de Hovinga

Resenha - Mother Of Sin - Apathy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Júlio Oliveira
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Ao escutar o Apathy, torna-se impossível não lembrar-se do Elegy, e mesmo que por motivos desconhecidos Eduard Hovinga não goste do fato, as diferenças restringem-se apenas ao line-up e à velocidade das composições. O trabalho de guitarra executado por Eduard, que em sua outra banda era apenas vocalista, é muitíssimo semelhante ao estilo de Henk van der Laars.
5000 acessosNightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs5000 acessosSinceridade: e se as capas de discos dissessem a verdade?

O estilo das duas bandas também é correspondente e isso é evidenciado logo em "Apathy" que abre o disco em alto estilo e demonstra que todos na banda são capazes de produzir um som coeso e técnico dentro de um estilo onde tais características são essenciais, vide o exemplo do Kamelot, Adagio e do próprio Elegy.

"Cover My Eyes" é um pouco mais pesada e lenta e novamente escutamos o excelente trabalho de guitarras recheado de arpeggios e harmônicas. Algumas passagens chegam a lembrar o Black Sabbath.

De fato o som que o Mother Of Sin faz é bastante consistente e todas as características já mencionadas permeiam o álbum do início ao fim, sendo "Part Of Creation" e "Hate" as músicas que mais remetem a banda ao rótulo Power Metal, que não chega a ser um rótulo a que a banda restringe-se. O mais interessante é ler que Eduard Hovinga apesar de ter sido apresentado à cena metálica como vocalista do Elegy e posteriormente Prime Time, define-se como um guitarrista que canta.

Formação:
Eduard Hovinga - Guitarra/Vocal/Teclado
Remko de Jong - Guitarra
Johan Hovinga - Baixo
Gerry de Graaf - Bateria

01 - Apathy
02 - Cover my Eyes
03 - Beyond Fear
04 - Introspective
05 - Buried a Life
06 - Mother of Sin
07 - Insomnia
08 - Part of Creation
09 - Into the Fire
10 - Hate

Mother Of Sin – Apathy
(2005 – Adrenaline/SteelHeart)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Apathy"

NightwishNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

SinceridadeSinceridade
E se as capas de discos dissessem a verdade?

Sons Of AnarchySons Of Anarchy
A obra-prima televisiva e sua fantástica trilha!

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19845000 acessosDuff McKagan: 3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína5000 acessosLegião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre5000 acessosNightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs5000 acessosTragédias: 10 das piores ocorridas em shows de Rock e Metal5000 acessosPink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic Rock

Sobre Júlio Oliveira

Recifense, atualmente divide seu tempo entre trabalhar em Copenhague (Dinamarca) e morar/estudar em Malmö (Suécia). Começou a escutar Metal no início dos anos 90 com os companheiros do Colégio da Polícia Militar e desde então não parou mais, mas nunca se restringindo a um estilo, mas à qualidade da musica em questão. Resolveu começar a colaborar com o site depois de anos lendo as noticias trazidas por outros. "Tava na hora de eu dar minha colaboração também...".

Mais matérias de Júlio Oliveira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online