2017: um pouco do que vem por aí no Metal Nacional

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Simoes Neto
Enviar correções  |  Comentários  | 

2016 foi um ano tenso. Ainda nem tínhamos nos recuperado da morte de Lemmy em 28 de dezembro 2015 e perdemos David Bowie em 10 de janeiro. Também morreram Prince, Jimmy Bain, Greg Lake, Leonard Cohen, Daminhão Experiência e vários outros. E é melhor nem falar sobre o que anda acontecendo nos terrenos da política e economia. Claro, nem tudo foi um desastre. Tivemos shows do Iron Maiden e Black Sabbath e CD novo do Metallica. Mas, no geral, foi um ano tenso.

125 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal5000 acessosAngra e Detonator: "Sem nenhuma dúvida, esse cara comprou a mídia!"

A presente matéria, restrita às bandas brasileiras, destaca coisas boas que devem acontecer em 2017.

IMPORTANTE: não irei enfrentar ou me posicionar as diferenças pessoais entre músicos e bandas mencionados na matéria. Torço para que todos continuem fazendo música de qualidade e obtendo bons resultados. Isso que importa!

SEPULTURA

Quem é: toda e qualquer lista sobre heavy metal brasileiro deve começar com o Sepultura. A banda possui diversos discos lançados no mercado mundial e dezenas turnês realmente grandes. Nos EUA, por exemplo, já tocaram com Ozzy, Metallica, Pantera e Ministry.
O baterista Eloy Casagrande é considerado um dos melhores do mundo no estilo. E Andreas Kisser... Bom, já foi cogitado para tocar guitarra no lugar de James Hetfield em uma turnê do Metallica e já excursionou com o Anthrax substituindo Scott Ian.
O Sepultura continua sendo uma das bandas de thrash mais talentosas do mundo, mas, infelizmente, não conseguem ter no Brasil o mesmo respeito que possuem no exterior. Santo de casa...
O que talvez você não saiba: a primeira turnê mundial do Sepultura foi em 1989, abrindo para os alemães do Sodom. Como os seus shows agradavam mais do os que da atração principal, passaram a sofrer perseguição implacável, com boicotes de som, luz e algumas vezes tendo que entrar no palco antes mesmo de permitirem a entrada do público. O tempo mostrou que os alemães tentavam "tapar o sol com a peneira".
Por problemas de saúde a banda se apresentou como trio em três shows, com Andreas cantando e Max observando da plateia.
O que esperar em 2017: o novo disco, Machine Messiah, gravado na Suécia com produção de Jens Bogren, sai em janeiro.
Phantom Self é uma boa amostra do que esperar. O tema: robotização da sociedade e química da intrusão. Além dos consequentes shows no Brasil e turnês internacionais, incluindo os grandes festivais da Europa, podemos esperar o lançamento nos cinemas de um documentário.

SOULFLY

Quem é: Max é um dos fundadores do Sepultura e participou de parte da história contada acima. Quando se desentendeu com o Sepultura saiu e montou o Soulfly.
Assim como a sua banda original, goza de mais respeito e prestígio no exterior do que no Brasil.
De novo: santo de casa...
O que talvez você não saiba: Max sempre gostou de pesquisar sonoridades de outros países e outras culturas. No CD Prophecy, por exemplo, Max explora a cultura da Sérvia, onde passou alguns anos em um retiro espiritual;
O que esperar em 2017: a banda irá gravar o seu 10° CD e comemorar 20 anos. Max já informou que anda escutando metal extremo, o que deve influenciar no direcionamento do disco.
Max também deve manter vivo o excelente Cavalera Conspiracy, onde mantém a profícua parceria com o seu irmão, Iggor Cavalera.
Espere dois excelentes discos e participação nos grandes festivais da Europa.

ANDRE MATOS

Quem é: Andre Matos é vocalista, compositor, maestro, pianista... E consegue ser excepcional em todas essas áreas.
Compare músicas como Here I Am do Shaman com Holy Land do Angra, ambas composições do músico. Certamente um dos músicos mais competentes e versáteis do país.
Despontou para o mundo da música ainda adolescente, quando gravou o disco Soldiers of Sunrise com o Viper.
Fechou o ano de 2016 fazendo shows comemorando os 20 anos do clássico Holy Land, do Angra.
Possui um alcance vocal invejável.
O que talvez você não saiba: antes de entrar no Viper já tocava piano.
O primeiro CD solo, Time to Be Free, contou com a participação de Pit Passarell, talentoso colega do Viper.
Embora seja frequentemente convidado para novos projetos, tenta manter o foco na carreira solo – exceção apenas para os shows onde apresenta com o Viper os seus dois primeiros discos na íntegra.
Todos que já passaram pela banda – sem exceção – são virtuoses nos seus instrumentos.
Andre possui discos lançados em todo o mundo por várias bandas: Viper, Angra, Shaman, Virgo e André Matos.
O que esperar em 2017: além de um novo CD, o primeiro com o excelente guitarrista João Milliet, podemos esperar shows de lançamento no Brasil e turnês na Europa, Japão, etc. Não ficaria surpreso se tocasse novamente no Rock in Rio.

DORSAL ATLÂNTICA

Quem é: uma das bandas mais cultuadas do Brasil.
Começou nos anos 80, no Rio de Janeiro, liderada pelo músico, escritor e jornalista Carlos Lopes (na época Carlos Vândalo). O CD Antes do Fim é considerado um marco no metal nacional.
O que talvez você não saiba: de acordo com Max Cavalera o Dorsal Atlântica foi uma das principais influências do Sepultura.
O que esperar: a banda prepara uma ópera thrash sobre a guerra de Canudos. O projeto será financiado por crowdfunding, ou seja, com os fãs financiando as gravações.
Hora de apoiar:
http://www.dorsalatlantica.com.br/

TOYSHOP

Quem é: banda que mistura riffs simples, com influência de Ramones, com vocalizações alegres e refrões bons pra cantar junto. Música com boas energias.
A banda já foi classificada como “beer rock”, ou seja, rock pra ouvir tomando uma cerveja e se divertindo. Mas é mais do que isso. O guitarrista Val Santos é um excelente compositor e nos dois CDs da banda isso fica claro. Canções que te deixam com vontade de ouvir de novo.
A voz de Natacha continua envolvente e a cozinha, formada por Nando Machado e Guilherme Martin, um dos melhores do gênero.
O que talvez você não saiba: com a grande exposição da banda nos anos 90 gravaram um primeiro CD com a produção e Iggor Cavalera, entretanto, por aqueles motivos que só Deus entende, o álbum nunca foi lançado.
Mesmo com esse revés, a banda tem dois bons CDs lançados e turnê nos EUA na bagagem.
O que esperar: shows de divulgação do CD Candy.

KIKO LOUREIRO

Quem é: guitarrista do Megadeth (foi “roubado” do Angra por Dave Mustaine pouco antes da banda começar a gravar o CD Dystopia).
Recentemente ganhou prêmio Dimebag Darrel de guitarrista do ano no Revolver Awards.
O que talvez você não saiba: apesar de canhoto, Kiko toca guitarra como destro.
Nos anos 80 tocou na banda paulista A Chave, substituindo Eduardo Ardanuy.
Além dos clássicos CDs do Angra, também gravou quatro discos solo que merecem a sua atenção.
O que esperar em 2017: além de continuar excursionando com o Megadeth, Kiko tende a se tornar figura carimbada em eventos dedicados à guitarra, ajudando no aprimoramento de músicos mais jovens. Em julho de 2016, por exemplo, participou de um evento organizado por Paul Gilbert.

FM SOLO (Felipe Machado)

Quem é: projeto solo do guitarrista, compositor e produtor Felipe Machado, um dos fundadores do Viper.
O primeiro CD, “God Man Ape”, traz uma interessante mistura de U2, Morrissey, The Killers e NIN com aquelas guitarristas típicas do Viper. A excelente instrumental Iceland, por exemplo, poderia estar em qualquer trabalho da banda.
Ao contrário do que ocorre com as bandas hoje em dia, não há aquela queda de qualidade na medida em que o disco avança: todas as músicas são muitas boas. A citada Iceland, por exemplo, é a última do CD.
O que talvez você não saiba: o Viper fez muito sucesso nos anos 80 e 90. Chegaram a ter clipes em primeiro lugar nas paradas da MTV Brasil, músicas nas rádios, etc. Também fizeram turnês nos EUA, Europa e Japão. Durante o hiato da banda, Felipe Machado, que também é jornalista, escreveu quatro livros.
No CD “God Man Ape” há uma regravação da música The Shelter, composta por ele para o CD Evolution do Viper.
O disco foi produzido pelo guitarrista Val Santos, do Toyshop, que também toca nos shows de divulgação.
O que esperar: o primeiro CD teve enorme aceitação de público e crítica e a banda é presença frequente nas casas de shows de São Paulo. Espere mais shows e um segundo CD.

THE UNABOMBER FILES

Quem é: projeto paralelo de músicos do Chakal, The Mist, Eminence, Overdose e Sepultura com objetivo de fazer um thrash metal cru e eficiente.
As letras o vocalista Korg são sarcásticas e originais, “comemorando” a habilidade de fazer um círculo perfeito com a nova cadeira de rodas ou sentenciando que “o inimigo do meu inimigo é o meu melhor amigo”.
Em 2013 a banda lançou um EP com seis músicas.
O que talvez você não saiba: Paulo Xisto já foi questionado no Brasil por não ser, supostamente, merecedor do cargo que ocupa no Sepultura. Bobagem! Depois de dividir o palco com Steve Vai no Rock in Rio Vegas o baixista recebeu elogios pela firmeza e "swing" nas linhas de baixo. Mas santo de casa...
O que esperar: o primeiro CD e, se as agendas permitirem, a primeira turnê internacional.

ALMAH

Quem é: nasceu como projeto paralelo do vocalista Edu Falaschi, ainda na época em que era vocalista do Angra. Com a sua saída, o Almah passou a ganhar dedicação integral.
Além do talentoso vocalista e compositor Edu, a banda sempre contou com excelentes músicos, como Felipe Andreoli, Bill Hudson, Marcelo Moreira, Eduardo Ardanuy e Aquiles Priester.
Acaba de lançar mais um bom CD, E.V.O., e um clipe para a faixa Speranza.
O que talvez você não saiba: Em 2011, perdeu o guitarrista Paulo Schroeber, que deixou a banda por problemas de saúde. Em 2014 o guitarrista faleceu por problemas no coração.
O que esperar: shows de lançamento do CD pelo Brasil, provavelmente continuando a dobradinha com o Angra.

CHAKAL

Quem é: eficiente banda mineira de thrash formada nos anos 80. Donos de um humor peculiar, já colocaram na capa de um trabalho porquinhos assando um lobo mau, em um desenho com estilo de história em quadrinhos. Nas letras exploram temas “diferentes”, como o câncer de pele do papai Noel, causado pelos buracos na camada de ozônio (Santa Claus has Got Skin Cancer).
O último CD, Destroy, recebeu elogios rasgados no Brasil e no exterior.
O guitarrista Mark A. é um destaque à parte. Preste atenção nos solos!
O que talvez você não saiba: a música ACME Dead End Road foi tocada nas rádios da Inglaterra nos anos 80. Na letra o personagem dos desenhos Wille Coyote consegue caçar o papa-léguas após contratar o seu primo chacal para criar enredos para os desenhos.
O que esperar: a nova formação prepara uma comemoração para os 25 anos do disco The Man is His Own Jackal.

ANGRA

Quem é: a banda está na ativa desde 1995, quando lançou o CD Angels Cry. Desde então foram vários CDs, turnês e muito, muito, muito sucesso. Aqui, na Europa, nos EUA e, principalmente, no Japão.
Hoje conta com o italiano Fabio Lione no vocal.
Apesar das várias mudanças de formação a banda continua ativa lançando CDs e fazendo shows que agradam o público.
O que talvez você não saiba: como a banda tinha acabado de perder o baterista antes de gravar o CD Angels Cry na Alemanha, convidaram o alemão Alex Holzwarth para cuidar das baquetas. O problema: a música Never Understand possui ritmos “diferentes”, talvez nunca antes escutados por ele e certamente nunca gravados em um disco de heavy metal. Algo próximo de baião... Como na época a internet praticamente não existia, os músicos tiveram que “ensinar” o baterista o que era baião dançando.
Todos que já passaram pela banda – sem exceção – são virtuoses nos seus instrumentos.
Você talvez não saiba o que é Z.I.T.O. Mas isso eu não posso contar porque também não sei...
O que esperar em 2017: o CD Secret Garden é de 2014. Além de continuar com os shows deve começar a compor o seu sucessor.

BUSIC

Quem é: banda formada pelos irmãos Andria e Ivan Busic após o término do Dr. Sin, também conta com Hard Alexandre e Zeca Salgueiro nas guitarras.
Já está com um CD nas lojas.
Os irmãos continuam com boas canções e riffs, mas, ao contrário do Dr. Sin, optaram por cantar em português.
O que talvez você não saiba: os irmãos Andria e Ivan Busic já emprestarem o seu talento para bandas como Ultraje a Rigor, Taffo, Supla, Chave do Sol, Supla e Platina. Estão atualmente engajados em campanha nas redes sociais para evitar a desintegração do trabalho de 27 anos da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo.
O que esperar em 2017: shows em todo o Brasil para divulgar o primeiro trabalho, que deve ser conferido!

HELLS PUNCH

Quem é: banda de thrash formada por músicos experientes do cenário de Belo Horizonte.
O primeiro CD, Burn It Down, é sutil como um soco na cara... Paulada de primeira que vai agradar em cheio fãs de Slayer, Sepultura e Pantera. Mas também possui influências do Hard Core nova-iorquino, especialmente de Sick of It All e Biohazard.
O CD também está sendo distribuído nos EUA.
O que talvez você não saiba: com o Overdose o guitarrista e vocalista Sérgio Ferreira teve música em segundo lugar nas rádios de heavy metal dos EUA. Também fez várias turnês nos EUA e Europa.
O que esperar: shows no CD e nos EUA para lançar o primeiro CD.

Comente: Faltou alguém?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 22 de dezembro de 2016

AngraAngra
Em vídeo, Rafael revela nome e conceito do novo álbum

125 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal771 acessosAngra Fest: com Massacration, Geoff Tate, Noturnall e outros0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Rock nacionalRock nacional
Ele está morto e todos viraram cervejeiros

DesfalqueDesfalque
Quando a falta de um membro original faz a diferença

Marty FriedmanMarty Friedman
Kiko Loureiro é um guitarrista maravilhoso

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"0 acessosTodas as matérias sobre "Soulfly"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"0 acessosTodas as matérias sobre "Busic"

Angra e DetonatorAngra e Detonator
"Sem nenhuma dúvida, esse cara comprou a mídia!"

SlashSlash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

AC/DCAC/DC
Como Angus responde a um copo de cerveja atirado?

5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 20065000 acessosMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história5000 acessosMetallica: corrigindo a injustiça contra Jason Newsted5000 acessosGhost: sobre o que fala a música "Elizabeth"?5000 acessosDuff McKagan: 12 dicas para sobreviver num ônibus em turnê

Sobre Eduardo Simoes Neto

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online