Thorhammerfest III: edição Folk realizada em S.Paulo

Resenha - Thorhammerfest III (Manifesto Bar, SP, 24/07/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por João Gobo, Fonte: Revista Rock Brigade
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O THORHAMMERFEST vem se firmando como referência, quando o assunto é a celebração da música e cultura nórdica. Em sua terceira edição (24/07/11), conseguiu levar um bom número de pessoas ao Manifesto Bar, onde o principal intuito foi celebrar.

Regis Tadeu: dez artistas que nunca vieram ao BrasilBullet For My Valentine: Baterista conta o inferno que é abrir para o Iron Maiden

Fotos por Rafael Orsi

Muito bem organizado, o evento contou com quatro bandas, sendo três nacionais e uma internacional, além de simulações de batalhas, vendas de artefatos medievais, enfim, todo o aparato necessário para atrair um público que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos.

Imagem

A banda SKALDIC SOUL abriu essa nova edição do festival. Com uma apresentação bastante coesa, agitaram os presentes com um set mesclando composições próprias e alguns covers. Começaram com Thuderforge, seguida por Trolls Krieg, Smoking Ruins (cover do ENSIFERUM), Aidan’s Fall e Until The Red Sunrise. Encerraram com mais uma do ENSIFERUM: Iron. O grupo vem se fixando cada vez mais na cena underground.

Imagem

Nos intervalos entre um show e outro, aconteciam as simulações de batalhas medievais, promovidas pelo grupo ORDO DRACONIS BELLI, com lutadores devidamente paramentados com armaduras, espadas, escudos e tudo o mais a que tinham direito.

Imagem

A LÓCHRANN, de Campinas, fez o segundo show da noite e também atraiu a atenção dos presentes com músicas como Battle Claim, Promise, Lords Of Gondor, Avalon’s Fall, Moonlight Dance, Pagan Pride, entre outras.

Provavelmente, uma das atrações mais esperadas da noite era a banda santista OPUS TENEBRAE. Mais pesada que as anteriores e com influências mais voltadas para o death metal, teve uma boa receptividade, apesar de parte do público começar a se retirar, devido ao horário.

Esse fato, aliás, não incomodou os argentinos da ZRYMGÖLL. Quem ficou até o final(22:30h)foi recompensado com um show com muita garra e atitude. Mr Folk foi a primeira música, seguida de Heating The Cold Night, Pagan Wood, Troll’s Lurking Beer, Mighty Tavern, Brootherhood Of Folk e Il Lea Voibmi.

Imagem

Todos os músicos se mostraram bastante satisfeitos por estarem tocando aqui no Brasil e para uma platéia receptiva. O set continuou com United We Stand, Wind Free, Raven’s Song, Troll Feast e Beer Head.

Saldo extremamente positivo. É salutar, principalmente a iniciativa dos organizadores em contar com bandas de várias cidades diferentes, além de sempre proporcionar o intercâmbio cultural com países diferentes. Agora é esperar pelo próximo!

http://www.myspace.com/thorhammerfest

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Lochrann"Todas as matérias sobre "Skaldicsoul"Todas as matérias sobre "Opus Tenebrae"Todas as matérias sobre "Zrymgöll"

Regis Tadeu
Dez artistas que nunca vieram ao Brasil

Abertura
Baterista reclama da recepção dos fãs dos Iron Maiden

Metallica
"Membros são mensageiros de Deus", diz pastor

Donald Trump: "famosa banda de rock" pediu mais de US$1 milhãoHangar: Pesada troca de críticas entre Aquiles Priester e ex-vocalistasEnjaulados: Os crimes mais chocantes da história do rockAnvil: Lips quase desmaiou quando McCartney reconheceu a bandaNightwish: Marco Hietala responde perguntas de fãsThe Kinks: Em 1964, o lançamento de "You Really Got Me"

Sobre João Gobo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online