Matérias Mais Lidas

Possessed: após 30 anos em cadeira de rodas, Jeff Becerra volta a andarPossessed: após 30 anos em cadeira de rodas, Jeff Becerra volta a andar

Rush: como eles dividiam grana das composições e como eram os egos, segundo Geddy LeeRush: como eles dividiam grana das composições e como eram os egos, segundo Geddy Lee

Black Sabbath: filha de Kim Kardashian e Kanye West virou gótica e adora a bandaBlack Sabbath: filha de Kim Kardashian e Kanye West "virou gótica" e adora a banda

Matanza: do dinheiro ao cansaço, Jimmy London conta por que a banda acabouMatanza: do dinheiro ao cansaço, Jimmy London conta por que a banda acabou

Soulfly: Marc critica inatividade na pandemia; poderiam ter feito como o SepulturaSoulfly: Marc critica inatividade na pandemia; "poderiam ter feito como o Sepultura"

Kirk Hammett: ele descreve com detalhes briga de Axl Rose e Kurt Cobain no VMA 1992Kirk Hammett: ele descreve com detalhes briga de Axl Rose e Kurt Cobain no VMA 1992

Iron Maiden: para Herman Li, quem não gosta de Senjutsu não gosta de metalIron Maiden: para Herman Li, quem não gosta de "Senjutsu" não gosta de metal

Deep Purple: quando tomaram porre de caipirinha e foram sequestrados no BrasilDeep Purple: quando tomaram porre de caipirinha e foram "sequestrados" no Brasil

Rock in Rio: a jogada de mestre que fez o festival ter tantas grandes bandas em 1985Rock in Rio: a jogada de mestre que fez o festival ter tantas grandes bandas em 1985

Iron Maiden: Bruce Dickinson revela as músicas da banda que mais curte cantarIron Maiden: Bruce Dickinson revela as músicas da banda que mais curte cantar

Guns N' Roses: veja quanto custava uma cópia de Use Your Illusion no dia do lançamentoGuns N' Roses: veja quanto custava uma cópia de "Use Your Illusion" no dia do lançamento

Metallica: por que The Blacklist foi gravado por artistas de tantos estilos?Metallica: por que "The Blacklist" foi gravado por artistas de tantos estilos?

Raimundos: por que Rodolfo não queria gravar Selim e como foi convencido do contrárioRaimundos: por que Rodolfo não queria gravar "Selim" e como foi convencido do contrário

Guns N' Roses: todas as faixas de Use Your Illusion (I & II), da pior para a melhorGuns N' Roses: todas as faixas de "Use Your Illusion" (I & II), da pior para a melhor

Metallica: Hetfield reage a torcida que cantou Enter Sandman e distorceu sismógrafoMetallica: Hetfield reage a torcida que cantou Enter Sandman e distorceu sismógrafo


Tunecore 2

Metallica: O "retorno morno" em Hardwired... To Self-Destruct

Resenha - Hardwired... To Self-Destruct - Metallica

Por Eduardo Quagliato
Em 30/11/16

A espera acabou! Depois de mais de 8 anos sem um disco de estúdio novo, o Metallica finalmente "retornou"... Mas de maneira "morna".

"Retornou" porque na verdade, a banda esteve bem ativa nesse período, tendo feito inúmeras turnês e lançado um filme ("Through The Never"), vários DVDs ao vivo e EPs, além do tenebroso "Lulu" (este em parceria com Lou Reed). Ok, bastante coisa, mas certamente não o suficiente pra justificar um hiato tão grande... Já tinha gente, inclusive, chamando o novo álbum de "Chinese Democracy do Metallica", tamanha a enrolação pra finalizarem "Hardwired... To Self Destruct"!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E pra entender porque este é um trabalho "morno", vamos direto a alguns breves comentários faixa-a-faixa, pra depois analisar a obra como um todo:

DISCO 1:

1) HARDWIRED: a primeira a ser divulgada, é uma porrada curta e direta. Não reflete o que o álbum é, seja pela sua duração (é disparada a menor música do disco), seja pelo seu ritmo frenético. Um início simples, mas bem positivo!

2) ATLAS, RISE!: a terceira a ganhar um videoclipe, é uma música interessante, complexa, com várias mudanças de andamento e um forte "quê" de NWOBHM (New Wave of British Heavy Metal) - há, inclusive, um trecho em que você quase "ouve" o Iron Maiden tocando!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

3) NOW THAT WE'RE DEAD: poderia perfeitamente estar no Load ou Reload. Mesmo groove, mesmos timbres (principalmente no solo de guitarra), e até os backing vocals lembram os que o ex-baixista Jason Newsted costumava fazer! Bacana, mas não chega a ser um ponto alto.

4) MOTH INTO FLAME: a segunda música a ser divulgada agradou bastante aos fãs, e comigo não foi diferente. Tem uma pegada "old school", com ótimos riffs, e com certeza é uma das melhores do disco.

5) DREAM NO MORE: é outra mais cadenciada e "à la" Load/Reload, principalmente por causa do vocal com efeitos que foram usados em algumas músicas daquela época. Mas não empolga muito...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

6) HALO ON FIRE: o destaque desta faixa é a performance vocal, em que James alterna entre berros furiosos e trechos "limpos" que lembram "The Unforgiven III", do Death Magnetic". É a mais longa do disco e talvez pudesse ser um pouco menor, já que sua extensão acaba levando a comparações com músicas antigas de duração semelhante, como "Master of Puppets", "... And Justice For All" e "All Nightmare Long" - e, em termos de qualidade, apesar de ser boa, "Halo On Fire" perde de todas essas.

DISCO 2:

1) CONFUSION: parece aquelas músicas meio sem sal do miolo do Black Album ou do Load/Reload, sem nenhum grande destaque. Escolha estranha pra abrir um disco...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2) MANUNKIND: tem uma introdução diferente de baixo (não por acaso, é a única faixa que tem Robert Trujillo como coautor), acompanhado duma guitarra bem limpa pros padrões do Metallica. Na sequência, vira uma música com alguns ritmos quebrados, mas que no fim das contas, também não chama muito a atenção.

3) HERE COMES REVENGE: mais uma com a veia do Load/Reload, porém esta estaria entre as mais pesadas desses discos. Mas... a cota dessa fase neste álbum já deu, né?

4) AM I SAVAGE?: assim como Manunkind, tem uma introdução diferentemente leve. Depois, nota-se uma certa influência do Black Sabbath! É outra com andamento arrastado, o que invariavelmente faz lembrar - DE NOVO - do Load/Reload. Como consequência, a música parece mais um mero preenchimento de espaço...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5) MURDER ONE: a homenagem a Lemmy, líder do Motorhead falecido em 2015, é maaais uma música com levada cadenciada, porém com um peso extra, bem maior que o das suas semelhantes neste disco. Soa como um misto de Black Sabbath com "The House Jack Built", "King Nothing" e "Poor Twisted Me" (três das músicas mais sombrias do Load).

6) SPIT OUT THE BONE: Kill 'Em All!! Sabe aquela frase "save the best for last"? Pois é. Pra encerrar o álbum, o Metallica escolheu uma porrada tipica das antigas, com palhetadas rápidas, James gritando nervoso e uma passagem em que o baixo tem grande destaque, lembrando o trabalho do saudoso Cliff Burton. O solo tem um trecho com belas guitarras dobradas, e Lars exibe aquela que provavelmente é a sua melhor performance no disco (quero só ver ele tocar isso ao vivo...).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

CONSIDERAÇÕES GERAIS:

Depois de escutar "Hardwired... To Self-Destruct" algumas vezes, a impressão é a de que este é um disco "ok". Ou, como dito anteriormente, "morno". O problema é que passou muito tempo desde o Death Magnetic, então talvez a expectativa por algo que pelo menos estivesse no mesmo nível tenha ficado muito alta; e como faltou um pouco pra chegar lá, foi inevitável ter uma ponta de decepção...

Apesar da capa meio fraca (só eu que consigo enxergar apenas o Lars ali?), convenhamos que este nunca foi um ponto forte do Metallica. Já musicalmente (e é isso que importa!), o novo disco começa promissor, mas vai se perdendo no seu desenrolar e só vem a ressuscitar na última musica. Assim, é notável a diferença entre o disco 1 (melhor) e o 2 (pior).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando em disco duplo, talvez a banda tenha feito um a fim de compensar os mais de 8 anos sem um álbum de estúdio inédito. Porém, isso meio que inevitavelmente acabou resultando em várias músicas medianas, que passam longe de poderem serem consideradas como novos clássicos e têm mais cara de enchimento de linguiça...

Tendo o antecessor Death Magnetic como referência, não é difícil perceber que o disco de 2008 se saiu melhor, por ser mais coeso e intenso. Além disso, ele também foi mais pesado, o que agrada mais aos fãs que preferem o material antigo (eu me incluo entre eles).

Neste que, pelo andar da carruagem, talvez seja o último álbum de estúdio da banda, não sei se a intenção era deliberadamente fazer auto referências à sua carreira, como se fosse uma retrospectiva. Mas, se sim, sinto que os caras podiam ter sugado mais dos primeiros trabalhos ou até mesmo do Death Magnetic, e menos do Load/Reload, já que pelo menos metade das músicas de "Hardwired... To Self-Destruct" parecem tiradas dessa fase. E, embora ela não seja ruim (particularmente gosto bastante do Load!), convenhamos que não é o que a banda tem de melhor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tem dúvidas? Então imagine como seria se todo o novo disco tivesse a pegada de "Spit Out The Bone"...

Certamente por questões financeiras, uma vez que atualmente já não faz muito sentido gastar milhões com um produtor do naipe de Rick Rubin (discos não vendem mais!), a banda optou por voltar ao seu velho estilo de produção, com os próprios Hetfield e Ulrich trabalhando com um engenheiro de som (no caso, Greg Fidelman). Como de costume, deu certo, pois o produto final ficou bem feito, com tudo soando claro e definido.

Quanto às performances individuais, temos:

- Robert Trujillo fazendo o trabalho dele, sem muita coisa a destacar positivamente mas também sem nada a ser depreciado; pelo menos o baixo está audível na maior parte do tempo, o que todos sabemos que não é uma coisa tão comum em se tratando do Metallica pós-Cliff!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Lars Ulrich finalmente saiu um pouco do "feijão com arroz", voltando a fazer viradas e criando alguns ritmos interessantes. Ponto pro baixinho dinamarquês, que há muitos anos vinha regredindo de forma impressionante como baterista.

- James Hetfield é o que mais merece elogios, pois, no alto de seus 53 anos de idade, certamente nunca esteve tão versátil como vocalista. Além disso, continua sendo o grande cérebro criativo da banda, co-escrevendo todas as músicas em parceria com Ulrich e sendo 100% responsável pelas letras e riffs.

- Kirk Hammet é o destaque negativo. Faltou inspiração para o guitarrista, que não compôs nenhuma música (aquela história do celular com trocentos riffs perdido lá em 2014 é desculpa esfarrapada, até porque foi noticiado que ele recuperou o aparelho pouco tempo depois), e realmente o uso do wah wah está excessivo. A propósito, eu nunca liguei muito pra esse detalhe, pois para mim, o que importava era que com ou sem esse efeito de guitarra, Kirk sempre foi capaz de criar solos incríveis. Entretanto, devo reconhecer que, desta vez, a coisa passou do ponto, e sua performance ficou muito repetitiva e previsível - tanto é que poucos (ou talvez nenhum) solo neste disco seja memorável.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

NOTA: eu daria 6,5, mas como o Whiplash.net não aceita decimais, pende mais para... 6,0. Passou de ano!

P.S.: por fim, apenas uma curiosidade pessoal. Notei que de pouco mais de 1 ano pra cá, minhas 3 bandas preferidas lançaram discos novos, todos depois de vários anos sem novidades. E a minha ordem de preferência desses trabalhos acabou refletindo exatamente a minha ordem de preferência dessas bandas: primeiro, o glorioso Iron Maiden, que nunca lançou um disco realmente ruim, com o ótimo "The Book of Souls" (leia a minha resenha no link abaixo); segundo, o poderoso mas um tanto irregular Metallica, com este razoável "Hardwired... To Self-Destruct", resenhado nesta oportunidade; e por último, o Red Hot Chili Peppers, que já foi grande mas hoje é medíocre, com o péssimo "The Getaway" (também tem resenha minha no link abaixo)!

Iron Maiden: O melhor álbum desde Brave New World?Iron Maiden
O melhor álbum desde "Brave New World"?

Red Hot Chili Peppers: O pior trabalho da banda?

METALLICA - HARDWIRED... TO SELF-DESTRUCT (2016)

Disc One:
1. Hardwired
2. Atlas, Rise!
3. Now That We’re Dead
4. Moth Into Flame
5. Dream No More
6. Halo On Fire

Disc Two:
1. Confusion
2. ManUNkind
3. Here Comes Revenge
4. Am I Savage?
5. Murder One
6. Spit Out The Bone

Comente: Qual a sua opinião sobre o novo álbum do Metallica? E como ele se encaixa na discografia da banda?


Outras resenhas de Hardwired... To Self-Destruct - Metallica

Metallica: Com Hardwired a banda nos presenteou com uma avalanche de riffsMetallica
Com Hardwired a banda nos presenteou com uma avalanche de riffs

Metallica: Uma resenha nada definitiva do HardwiredMetallica
Uma resenha nada definitiva do "Hardwired"

Hardwired: O vale a pena ver de novo do Metallica

Metallica: "Hardwired..." é mais um "ás" na manga da banda

Metallica: Um auto resumo musical do Hardwired faixa por faixa

Metallica: Hardwired tem potencial para ser clássico

Metallica: O tipo de álbum que a banda faria nos anos 80Metallica
O tipo de álbum que a banda faria nos anos 80

Metallica: O som e a fúria do "Hardwired... To Self-Destruct"

Metallica: Então, dê o play e boa viagem!

Metallica: leia o review da Metal Hammer para o novo discoMetallica
Leia o review da Metal Hammer para o novo disco

Metallica: Disco tem bons momentos, mas longe do excepcionalMetallica
Disco tem bons momentos, mas longe do excepcional

Metallica: Com Hardwired, enfim, a redenção!Metallica
Com Hardwired, enfim, a redenção!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que The Blacklist foi gravado por artistas de tantos estilos?Metallica: por que "The Blacklist" foi gravado por artistas de tantos estilos?

Rock e Heavy Metal: 20 personalidades que faleceram antes dos 50 anos - Parte 2Rock e Heavy Metal: 20 personalidades que faleceram antes dos 50 anos - Parte 2

Metallica: Lars Ulrich diz quais versões de Blacklist o impressionaramMetallica: Lars Ulrich diz quais versões de "Blacklist" o impressionaram

Metallica: veja trechos do show surpresa feito em San FranciscoMetallica: veja trechos do show surpresa feito em San Francisco

Metallica: a reação de Corey Taylor ao ouvir Black Album pela primeira vezMetallica: a reação de Corey Taylor ao ouvir "Black Album" pela primeira vez

Kirk Hammett: ele descreve com detalhes briga de Axl Rose e Kurt Cobain no VMA 1992Kirk Hammett: ele descreve com detalhes briga de Axl Rose e Kurt Cobain no VMA 1992

Woodstock 99: Vale a pena assistir o documentário da HBO? (vídeo)

Metallica: Canal GLIV Rocks analisa a discografia de estúdio da banda

Dream Theater: divulgado show que a banda tocou Master Of Puppets na íntegra; confiraDream Theater: divulgado show que a banda tocou "Master Of Puppets" na íntegra; confira

Metallica: banda faz show surpresa em São Francisco a 20 dólares o ingressoMetallica: banda faz show surpresa em São Francisco a 20 dólares o ingresso

Metallica: Hetfield reage a torcida que cantou Enter Sandman e distorceu sismógrafoMetallica: Hetfield reage a torcida que cantou Enter Sandman e distorceu sismógrafo

Metallica: a música de Black Album que fez Kirk mudar a sua maneira de criar solosMetallica: a música de "Black Album" que fez Kirk mudar a sua maneira de criar solos

Metallica: ainda é muito cedo para falar sobre um novo disco, diz Lars UlrichMetallica: "ainda é muito cedo para falar sobre um novo disco", diz Lars Ulrich

Max Cavalera: será que ele gosta do Black Album, do Metallica?Max Cavalera: será que ele gosta do "Black Album", do Metallica?

Metallica: Steve Harris estava em último show de Mustaine com a bandaMetallica: Steve Harris estava em último show de Mustaine com a banda


Bill Ward: Quer aprender bateria? Ouça a Lars Ulrich!Bill Ward: "Quer aprender bateria? Ouça a Lars Ulrich!"

Metallica: qual animal James Hetfield prefere caçar?Metallica: qual animal James Hetfield prefere caçar?

Metallica: não sou amigão de nenhum deles, diz Dave MustaineMetallica: não sou amigão de nenhum deles, diz Dave Mustaine


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos