Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemDavid Ellefson diz que ele e Mustaine são como "irmãos de mães diferentes"

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


2022/07/09
2022/08/18

Green Day: 10 anos de um dos últimos clássicos do rock

Resenha - American Idiot - Green Day

Por Igor Miranda
Fonte: IgorMiranda.com.br
Em 22/09/14

(Lançado em 20 de novembro de 2004 no Reino Unido e 21 de novembro de 2004 nos Estados Unidos)

Os anos 2000 são de completo tédio no rock. Especialmente a segunda metade. A primeira traz até alguns bons trabalhos, com um ar de renovação. Dessas propostas, o que chegou mais próximo de se tornar um clássico do rock - e para mim, pode ser considerado como tal - foi "American Idiot", do Green Day, que completou 10 anos de lançamento no Reino Unido neste domingo (20) e hoje (21), nos Estados Unidos. Imagino que grande parte dos leitores headbangers do Whiplash vão discordar. Desafio quem não concorda com meu ponto de vista a ler o texto e, quem sabe, ser convencido por ele.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Curiosamente, "American Idiot" nem teria nascido - ou talvez fosse concebido de outra forma, anos depois. Em meados de 2002, o Green Day estava gravando outro disco, intitulado "Cigarettes And Valentines". Mas no meio de 2003, as trilhas para masterização, com todas as gravações, foram roubadas. O trabalho seguiria a linha punk rock que o trio apresentou em álbuns como "Kerplunk", segundo o vocalista e guitarrista Billie Joe Armstrong. O material não foi encontrado e jamais viu a luz do dia.

Outras bandas regravariam algo semelhante ao que já estava pronto. Porém o Green Day decidiu compor algo novo, do zero. Além: a proposta do vindouro novo trabalho seria bem diferente do anterior. "American Idiot" não tem nada de básico. A essência punk rock aliada a melodias pop foi mantida. O trio, no entanto, fez o novo disco em formato de opera rock, que conta a história do anti-heróí Jesus Of Suburbia.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Canções muito bem trabalhadas, incluindo duas faixas com mais de 9 minutos de duração, marcaram a proposta de "American Idiot". Ao mesmo tempo que o álbum mistura tudo o que o grupo fez até então, traz influências de gêneros que jamais foram trabalhados na discografia anterior. O disco vai do punk rock ao pop punk, com pitadas de outras vertentes do rock, como progressivo, alternativo e um ou outro momento do folk.

O mercado recebeu "American Idiot" de braços abertos. O disco ficou em primeiro lugar nas paradas de 19 países. Estima-se que 15 milhões de cópias foram vendidas por todo o mundo. Os cinco singles foram bem aceitos: a faixa título, "Boulevard Of Broken Dreams", "Holiday", "Wake Me Up When September Ends" e "Jesus Of Suburbia".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Depois, infelizmente, o Green Day nunca mais foi o mesmo. Provavelmente a cobrança para chegar a esse patamar novamente impediu que discos futuros soassem mais espontâneos. O álbum seguinte só foi lançado em 2009. Intitulado "21st Century Breakdown", o trabalho não correspondeu ao mesmo nível de qualidade. E diferente de "American Idiot", pouco inovou. A trilogia seguinte ("¡Uno!", "¡Dos!" e "¡Tré!", de 2012 e 2013) até retoma a pegada, apesar de soar um pouco sem inspiração em alguns momentos.

"American Idiot" é diferente. Ultrajante, explosivo, imprevisível e clássico. Parece ter sido planejado do primeiro ao último acorde. Todas as composições são bem trabalhadas e as letras mostram Billie Joe Armstrong em momento de inspiração sublime. Dez anos depois, esse disco pode ser considerado um dos últimos clássicos da história do rock.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Leia o faixa-a-faixa completo no link:
http://www.igormiranda.com.br/2014/09/os-10-anos-de-american-idiot-do-green.html

Billie Joe Armstrong (vocal, guitarra)
Mike Dirnt (baixo)
Tré Cool (bateria)

Músicos adicionais:
Rob Cavallo (piano)
Jason Freese (saxofone)
Kathleen Hanna (vocal adicional em 10)

01. American Idiot
02. Jesus of Suburbia
* I. Jesus of Suburbia
* II. City of the Damned
* III. I Don't Care
* IV. Dearly Beloved
* V. Tales of Another Broken Home
03. Holiday
04. Boulevard of Broken Dreams
05. Are We The Waiting
06. St. Jimmy
07. Give Me Novacaine
08. She's A Rebel
09. Extraordinary Girl
10. Letterbomb
11. Wake Me Up When September Ends
12. Homecoming
* I. The Death of St. Jimmy
* II. East 12th St.
* III. Nobody Likes You
* IV. Rock and Roll Girlfriend
* V. We're Coming Home Again
13. Whatsername

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de American Idiot - Green Day

Resenha - American Idiot - Green Day

Resenha - American Idiot - Green Day

Resenha - American Idiot - Green Day

Resenha - American Idiot - Green Day

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Cinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte III

De Jon Bon Jovi até Slayer, bandas e artistas que erraram suas próprias músicas ao vivo

A radical atitude de Billie Joe, do Green Day, contra decisão dos EUA sobre aborto

Punk: 10 músicos que são mais ricos do que você pensa

Loudwire: 20 músicas dos anos 2000 que você reconhece nos primeiros segundos

Green Day: 150 músicos tocam "Boulevard of Broken Dreams" em flashmob gigante na Romênia

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.