Matérias Mais Lidas

Raimundos: Digão revela que recebeu proposta astronômica para reunião com RodolfoRaimundos
Digão revela que recebeu proposta "astronômica" para reunião com Rodolfo

Aquiles Priester: baterista se junta a Chitãozinho e Xororó em versão de EvidênciasAquiles Priester
Baterista "se junta" a Chitãozinho e Xororó em versão de "Evidências"

Megadeth: David Ellefson se manifesta após ser acusado de enviar nudes a menor de idadeMegadeth
David Ellefson se manifesta após ser acusado de enviar nudes a menor de idade

Metallica: a canção famosa da banda que James Hetfield acha uma porcariaMetallica
A canção famosa da banda que James Hetfield acha "uma porcaria"

KK's Priest: banda de ex-membros do Judas Priest anuncia título do primeiro álbumKK's Priest
Banda de ex-membros do Judas Priest anuncia título do primeiro álbum

Amon Amarth: Thor é flagrado em revista da Marvel com camiseta da bandaAmon Amarth
Thor é flagrado em revista da Marvel com camiseta da banda

Eloy Casagrande: o meio metal perdeu espaço por anos e hoje respira por aparelhosEloy Casagrande
"o meio metal perdeu espaço por anos e hoje respira por aparelhos"

Iron Maiden: Adrian Smith revela quando a banda pretende voltar a tocar ao vivoIron Maiden
Adrian Smith revela quando a banda pretende voltar a tocar ao vivo

Guns N' Roses: falta de planejamento fez Gilby ter que aprender a tocar tudo rapidinhoGuns N' Roses
Falta de planejamento fez Gilby ter que aprender a tocar tudo rapidinho

Slash: Myles Kennedy conta por que não se intimidou ao trabalhar com o guitarristaSlash
Myles Kennedy conta por que não se intimidou ao trabalhar com o guitarrista

Whitesnake: David Coverdale se manifesta sobre a morte de Tawny KitaenWhitesnake
David Coverdale se manifesta sobre a morte de Tawny Kitaen

King Crimson: com visual excêntrico, Robert Fripp e Toyah homenageiam The ProdigyKing Crimson
Com visual "excêntrico", Robert Fripp e Toyah homenageiam The Prodigy

Metallica: James diz que banda já escreveu mais de dez músicas novasMetallica
James diz que banda já escreveu mais de dez músicas novas

Adrian Smith: preocupado com o futuro, ele acha que a Internet pode matar a músicaAdrian Smith
Preocupado com o futuro, ele acha que a Internet pode matar a música

Inglaterra: 25 grandes bandas de rock e metal que não são de LondresInglaterra
25 grandes bandas de rock e metal que não são de Londres


Stamp
Korzus
Edu Falaschi - Vera Cruz

Resenha - American Idiot - Green Day

Por Wladimyr Cruz
Em 15/09/04

Suicidio comercial. Genial. Esquisito. Perfeito. Conceitual. Este é "American Idiot".

A molecada vai odiar, acredito que até os fãs mais devotos não entenderão o álbum de primeira, mas a verdade é: "American Idiot" é um passo inédito na carreira do Green Day. Se em "Warning" eles deixaram bem de lado o espírito punk-teenager, aqui eles mostram que na verdade são adultos, músicos e absolutamente 'I don't care' em relação aos padrões e a mídia. Pode ser mais punk que isso?

Começando pela parte de fora do produto, podemos dizer que o encarte e capa de American Idiot são um dos mais belos já produzidos pelo Green Day, tudo muito forte, preparando bem o ouvinte para o conteúdo.

Segue abaixo o faixa-a-faixa mais detalhado possível do disco. Divirta-se.

1. American Idiot - O primeiro single, a primeira faixa e música título. Com o mesmo pique da época "Dookie" e "Insomniac", Billie Joe, Mike e Tré vendem uma imagem falsa do que será o álbum, e cospem na cara do ouvinte uma das letras mais (se não a mais) politicas da carreira do conjunto. Quando Billie canta "welcome to a new kind of tension / all across the alienation / everything isn't meant to be ok", parece que o trio já sabe que "American Idiot" é realmente uma revolução na vida do grupo. Enfim, esta primeira faixa agarra o antigo fã de Green Day pelo coração, é o trio fazendo o que sabe de melhor. Pop-punk class of 94 forever.

2. Jesus of Suburbia - Aqui começa a piração real. É fato consumado de que o Green Day sempre admirou o trabalho do The Who, então por que não fazer seu próprio "Tommy"? Aqui está. Acredito que "Jesus Of Suburbia" é baseado, ou ao menos inspirado, no texto "Budha Of Suburbia", grande clássico do teatro/literatura marginal. Mais uma idéia de que a música é inspirada no "Budha..." é o fato de ela ser dividida em cinco partes, que são praticamente cinco músicas distintas: "Jesus of Suburbia", "City Of The Damned", "I Don't Care", "Dearly Beloved" e "Tales Of Another Broken Home". A primeira parte é a mais forte de todas, principalmente pela letra, já a segunda tem um jeitão 80's, meio balada, até meio post-hardcore diria. A terceira parte é a mais apoteótica e punk, o que seria o clímax da história, com toda a letra se amarrando. A quarta parte é sombria, linda, roqueira. No final da história o instrumental cresce e fica totalmente apoteótico, incluindo ai um curioso riff exatamente igual ao de "Ring Of Fire" do saudoso Johnny Cash. Sem dúvida "Jesus Of Suburbia" é a faixa mais complexa, estranha e bem amarrada da história do Green Day. Foda!

3. Holiday - O disco não perde o pique, e "Holiday" vem com aquele jeitão "Warning", mais uma vez com uma letra forte, seguindo a temática politica/social/metafórica do disco. Chances de ser hit? zero.

4. Boulevard Of Broken Dreams - Logo seguida da faixa anterior, sem pausa, começa essa linda balada, totalmente diferente de tudo que o Green Day já fez. Confesso que a melodia me recordou muito os melhores momentos do Oasis. Piano, violão, efeitinhos e um vocal de tons inéditos dão o brilho na música mais bonita do disco.

5. Are We Waiting - Mais uma balada, essa com um puta jeitão 80's UK. Não se parece com nada que o Green Day já tenha feito antes. Realmente linda.

6. St. Jimmy - Se você ainda não desistiu de ler essa resenha ou de ouvir o disco até aqui, então prepare-se, lá vem o Green Day de antigamente, mas ainda mais punk. "St. Jimmy" poderia estar em qualquer disco do Rancid. Street-punk nervoso e pesado. Lembra alguns dos melhores momentos do Sham69.

7. Give Me Novacaine - De título dúbio, essa faixa é mais uma boa balada, mas balada com guitarras, algo meio "Warning", exceto pela guitarra "slide" (!!!) no meio da canção. Depois de ouvir esta, irá imaginar: "como eles irão tocar isso ao vivo logo seguido de "Welcome To Paradise" ou "2.000 Light Years Away"?

8. She's a Rebel - Opa! Essa parece b-side do "Nimrod.". Punk rock 3 acordes com inspiração pura no Hüsker Dü. Tem tudo pra ser hit e entrar no hall de fodonas ao lado de clássicos como "Basketcase" e "She".

9. Extraordinary Girl - Quando tudo parecia ter voltado ao normal, a loucura volta. Esta faixa começa com uns atabaques arábes e cai num power-pop digno de Beatles e Weezer. Letra linda. Perfeito.

10. Letterbomb - A carta-bomba do Green Day foi o segundo mp3 a vazar pela internet e também lembra a época "Warning"/"Nimrod.". Uma das poucas faixas 'normais' do disco.

11. Wake Me Up When September Ends - Mais uma balada. Nada demais. Música neutra, mas bem bonita.

16. The Death Of St. Jimmy - Aqui começa a loucura de novo. Mais uma faixa dividida em partes. São elas "The Death Of St. Jimmy", "East 12th St.", "Nobody Likes You", "Rock and Roll Girlfriend" e "Homecoming". Nesta faixa a história vai chegando ao seu final, a história vai se resolvendo e o sentimento de que "American Idiot" é um disco único e bizarro se concretiza. Os estilos se misturam. Baladas, mais power-pop e punk rock se mesclam.

17. Whatsername - E a saga termina, de forma melancólica, refrãozinho sing-along, quase emo.

Ufa! Enfim, o disco realmente parece uma trilha sonora de algum filme/peça de teatro que nunca existiu, e se você for acompanhando as letras, verá como tudo é bem amarrado e forma realmente um disco conceitual.
O Green Day passou dos limites, chegou ao ápice de sua criatividade, cara-de-pau e loucura musical, e o triste disso tudo é que provavelmente todo esse conteúdo não será assimilado pelos fãs da banda, que dirá pela massa. Tudo cabeça demais para a molecada engolir. É como se "American Idiot" fosse o "Load" do Metallica. Meu veredito? Porra, é Green Day, a maior banda punk dos anos 90, e talvez a maior promessa do rock no novo milênio.


Outras resenhas de American Idiot - Green Day

Green Day: quinze anos de uma obra atemporalGreen Day
Quinze anos de uma obra atemporal

Green Day: 10 anos de um dos últimos clássicos do rock

Green Day: 10 anos do álbum que abalou estruturas do mainstreamGreen Day
10 anos do álbum que abalou estruturas do mainstream

Resenha - American Idiot - Green Day

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Pentral
MOPD
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Lista: 20 músicas de bandas de rock e metal que são mais antigas do que parecemLista
20 músicas de bandas de rock e metal que são mais antigas do que parecem

Mike Terrana: baterista grava versão de American Idiot, do Green DayMike Terrana
Baterista grava versão de "American Idiot", do Green Day

Kerrang: do emo ao thrash metal, os 11 melhores discos ao vivo de todos os temposKerrang
Do emo ao thrash metal, os 11 melhores discos ao vivo de todos os tempos

Green Day: Seus 15 melhores clipes em ordem de grandezaGreen Day
Seus 15 melhores clipes em ordem de grandeza

Green Day: 11 bandas e artistas que não estariam aqui sem o Green DayGreen Day
11 bandas e artistas que não estariam aqui sem o Green Day

Green Day: banda fará show no Lollapalooza Brasil, de acordo com jornalistaGreen Day
Banda fará show no Lollapalooza Brasil, de acordo com jornalista

Green Day: quebra-cabeças com capas de clássicos da banda serão lançados em abrilGreen Day
Quebra-cabeças com capas de clássicos da banda serão lançados em abril

Loudwire: 30 músicas dos anos 1990 que você reconhece nos primeiros segundosLoudwire
30 músicas dos anos 1990 que você reconhece nos primeiros segundos

Green Day: todas as músicas do clássico Dookie, da pior para a melhorGreen Day
Todas as músicas do clássico "Dookie", da pior para a melhor


Black Sabbath: a mulher de preto do primeiro álbum virou punk?Black Sabbath
A mulher de preto do primeiro álbum virou punk?

Rolling Stone: as melhores bandas com nomes de corRolling Stone
As melhores bandas com nomes de cor

Punk: três exemplos de como tocar na batera também é difícilPunk
Três exemplos de como tocar na batera também é difícil


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Wladimyr Cruz

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Wladimyr Cruz no Whiplash.Net.