Stephen Stills: The Rides resgata passado sem ser datado

Resenha - Can't Get Enough - Rides

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edson Medeiros
Enviar Correções  

publicidade

8


O que era para ser apenas uma série de jams em comemoração a gravação do álbum Super Session (1968) de STEPHEN STILLS (ex-BUFFALO SPRINGFIELD e CSNY), transformou-se em um novo supergrupo chamado THE RIDES.

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?Os dez maiores picaretas da música internacional

A banda é composta por STILLS, BARRY GOLDBERG (ex-BLACK FLAG e que tocou no Super Session), além do guitarrista KENNY WAYNE SHEPHEARD (que apareceu a cerca de 20 anos atrás com uma nova promessa do Blues), e soam maravilhosamente juntos!

Boa parte das canções foi escrita pelo trio, incluindo "Roadhouse", "Don’t Want Lies" e a faixa-título, e tem uma vitalidade incrível, num mistura de Country, Blues e Rock que não soa nem um pouco datado, outro tesouro é resgatado por STILLS ao gravar "Word Game", uma composição da fase do BUFFALO SPRINGFIELD que acabou sendo arquivada após o fim da banda. Ainda mandam bem na interpretação de Standards do Blues, que é onde Shepheard mostra-se mais a vontade, desferindo fraseados de guitarra a lá CLAPTON. Outros covers também são interessantes, como a clássica "Rockin’ in the Free World" de NEIL YOUNG (velho amigo de Stills) e na ousada execução de "Search and Destroy" de IGGY & THE STOOGES, um grande exemplo da versatilidade do grupo ao interpretar um tema Proto-Punk de um dos percussores do gênero.

O disco com certeza tem muito mais pontos altos do que baixos, e além de reviver um dos melhores momentos do Rock, servindo para relembrar Super Session (1968), ainda nos dá uma brilhante pérola da carreira de Stills, que não vivia um momento tão bom em disco desde os anos 70.

Título do álbum: Can’t Get Enough.
Artista/Banda: The Rides.
Gravação: início de 2013.
Lançamento: 27 de agosto de 2013.
Gênero(s): Blues-Rock, Country Rock, Rock and Roll.
Gravadora: 429 Records.
Produção: Jerry Harrison.

Faixas:
01- "Roadhouse"
02- "That’s a Pretty Good Love"
03- "Don’t Want Lies"
04- "Search and Destroy"
05- "Can’t Get Enough of Loving You"
06- "Honey Bee"
07- "Rockin’ in the Free World"
08- "Talk to Me Babe"
09- "Only Teardrops Fall"
10- "Word Game"

Melhores faixas: "Don’t Want Lies", "Search and Destroy", "Can’t Get Enough of Loving You", "Rockin’ in the Free World" e "Word Game".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Os dez maiores picaretas da música internacionalOs dez maiores picaretas da música internacional


Sobre Edson Medeiros

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin