Kiss: aguardado por todos os soldados mais fiéis

Resenha - Monster - Kiss

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Alceu Krausburg
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Falar do Kiss é uma grande responsabilidade. Ainda mais quando é para falar de um álbum que está sendo aguardado por todos os soldados, assim como eu. 'Monster' foi anunciado como 'Sonic Boom': 'Será um álbum de Rock N' Roll direto ao ponto, sem baladas, sem rap'. Realmente ele é assim. Também conta o próprio Starchild como produtor, juntamente com Greg Collins. A produção ficou ótima, tendo destaque para as guitarras solo de Tommy Thayer que estão com um timbre estupendo. No geral, eu poderia até arriscar que o disco ficou soando como uma continuação de 'Sonic Boom', o que na realidade, já era esperado.
3757 acessosPaul Stanley: "guitarristas não aprendem a fazer base"5000 acessosDoors - Perguntas e Respostas

Nas músicas, como também já era esperado, fora o padrão assumido por Stanley e Simmons dividindo os vocais quase que igualmente, temos uma faixa cantada por Thayer e outra por Singer, que, diga-se de passagem, ficaram muito boas. Principalmente a de Eric Singer, que foi escrita por Paul Stanley. Para comentar as outras faixas do álbum, vamos direto aos destaques. O disco abre com o single oficial 'Hell or Hallelujah', que já está bem conhecido por todos como sendo um Rock empolgante e direto; depois temos a terceira faixa, que me chamou atenção, 'Freak', que tem um refrão incrivelmente matador e um solo de guitarra mais ainda; 'Eat Your Heart Out' vem mostrando que é um Rock dos mais animados; 'The Devil Is Me' lembra um pouco 'God Of Thunder' e seria uma boa para Gene Simmons cantar nos shows da turnê 'Monster'; 'All for the Love of Rock & Roll', que ficou ótima na voz de Eric Singer, mostra mais um Rock N’ Roll bem animado com uma harmonia bem empolgante; 'Take Me Down Below', quase volta aos anos de 'Hot In The Shade' de tão farofa e animada; e 'Last Chance' fecha o disco com um pouco do bom e velho Paul Stanley que conhecemos.

Finalizando, eu poderia dizer em cada uma das músicas destacadas acima que 'ela parece ter saído diretamente do álbum 'Sonic Boom'', mas isso já está subentendido. Mesmo assim, aconselho aqui, a todos os leitores, que corram rápido para ouvir esse álbum, afinal, sendo o Kiss, nada mais importa. Agora, pra finalizarmos o ano aliviados só precisamos ouvir o 'Music From Another Dimension' e já poderemos morrer felizes em 2012 (risos).

Paul Stanley (Vocal, Guitarra)
Gene Simmons (Vocal, Baixo)
Tommy Thayer (Vocal, Guitarra)
Eric Singer (Vocal, Bateria)

01 – Hell or Hallelujah
02 – Wall of Sound
03 – Freak
04 – Back to the Stone Age
05 – Shout Mercy
06 – Long Way Down
07 – Eat Your Heart Out
08 – The Devil Is Me
09 – Outta This World
10 – All for the Love of Rock & Roll
11 – Take Me Down Below
12 – Last Chance

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Monster - Kiss

3264 acessosKiss: vale a pena investir cada centavo!4856 acessosKiss: intenso, coeso e divertido até dizer chega4297 acessosKiss: grande sopa de influências dos anos 60 e 702796 acessosKiss: transbordando vitalidade e rock n' roll2693 acessosKiss: fez a alegria dos fãs de todas as fases da banda2960 acessosKiss: como sempre, os mascarados não decepcionaram5000 acessosKiss: "Monster" é o melhor disco da banda em 21 anos5000 acessosKiss: Com "Monster" banda mostra que ainda é relevante

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de outubro de 2012

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

457 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita749 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

KissKiss
A relação de Gene Simmons com o Van Halen

KissKiss
Ace pode um dia voltar à banda? Paul Stanley responde

KissKiss
Os 10 melhores álbuns segundo a Rolling Stone

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"

DoorsDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

SlayerSlayer
As preferências do guitarrista Kerry King

Bon ScottBon Scott
Em 1980, um dos dias mais tristes do rock n' roll

5000 acessosCarlos Eduardo Miranda: "Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"5000 acessosLemmy: "Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"5000 acessosSeparados no nascimento: Andre Matos e Steve Perry5000 acessosAndreas Kisser: "tocar com o 'Big Four' foi incrível"5000 acessosMetallica: Lady Gaga fez tatuagem imensa em homenagem à banda5000 acessosJ-Metal: Conheça algumas bandas da cena metal japonesa

Sobre Alceu Krausburg

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online