Raul Seixas: poeta da melancolia e das promessas de amor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Lucineia Ferreira dos Santos, Fonte: PIBIC-UNIR / GEEFIL
Enviar correções  |  Ver Acessos

Na passagem dos anos 1970 para 80 esperava-se que com o advento das indústrias e da ciência houvesse mudanças significativas no rumo do país, contudo, o Brasil parecia continuar sendo "um eterno país do futuro". Nesse contexto, RAUL SEIXAS demonstrava seu inconformismo através de suas canções.

Punk: 10 músicos que são mais ricos do que você pensaCretin: transexual rompe barreiras no metal extremo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em um tom melancólico, RAUL SEIXAS cantava os anos 80 sem descuidar da qualidade de suas composições. A melancolia presente em suas canções é um tema dominante desde a modernidade. De acordo com o escritor Moacyr Scliar, a melancolia é uma reação de intelectuais à euforia e às grandes transformações que pareciam colocar o mundo de pernas para o ar.

O modo que o compositor RAUL SEIXAS encontrou para reagir foi refletindo criticamente através de suas canções, que buscavam atingir tanto a elite opressora como procurava de certa forma causar uma reflexão nas massas oprimidas, perante as grandes transformações que estavam acontecendo.

As letras das canções de RAUL SEIXAS, como se pode observar, são pensadas sob um sistema de representação e organização que organiza o discurso lírico, elementos que compõe e as figuras de linguagem, principalmente naquele momento foram essenciais nas composições de Raul, bem como de outros compositores e poetas que se encontravam inconformados com a situação do país.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A canção de RAUL SEIXAS apresenta um teor poético levando a uma profunda reflexão. Não são meras expressões de emoções, pelo contrário, expressam o que estava acontecendo e o que não aconteceu, oferecendo reflexões de um passado que deságua no presente ou no "eterno futuro". Ou seja, através da canção pode-se refletir criticamente sobre os acontecimentos. Exemplar é a canção "Anos 80", que tematiza o país carregado de miséria e o lixo que é varrido para debaixo do tapete.

As promessas de amor da redemocratização se revelaram incertezas, tristezas, desilusões, frustações. Pois a política brasileira, que prometia um mundo melhor, também ameaçava acabar com o que havia de bom.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RAUL SEIXAS denunciou a farsa da abertura política. Memorável foi sua participação no programa do Chacrinha, montado num jegue, vestido de Ali-Babá e cercado de odaliscas, pois como dizia várias vezes em tom de deboche, os 40 ladrões já estavam no Brasil fazendo política mentirosa e sedimentando os valores desgastados do velho Aeon.

O ideal de RAUL SEIXAS continua atual, pois ele não estava preocupado somente com a derrocada do militarismo, mas sim com a dificuldade que têm as pessoas de manifestar suas ideias, de pensar e de dizer o que melhor lhes aprouver.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Raul Seixas"


Polêmica: as músicas mais controversas da história do RockPolêmica
As músicas mais controversas da história do Rock

Rock Nacional: Artistas e bandas que estrearam com álbuns estranhosRock Nacional
Artistas e bandas que estrearam com álbuns estranhos


Punk: 10 músicos que são mais ricos do que você pensaPunk
10 músicos que são mais ricos do que você pensa

Cretin: transexual rompe barreiras no metal extremoCretin
Transexual rompe barreiras no metal extremo


Sobre Lucineia Ferreira dos Santos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280