Resenha - A Chave do Sol (Galeria Olido, São Paulo, 14/07/12)

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - A Chave do Sol (Galeria Olido, São Paulo, 14/07/12)


  | Comentários:

Comemorando 30 anos de sua fundação em 2012, um dos mais expressivos nomes do hard rock nacional voltou à ativa recentemente, em show do projeto "Rock na Vitrine". O review a seguir foi escrito por Willba Dissidente e publicado originalmente no blog: A CHAVE DO SOL (http://achavedosol.blogspot.com.br/2012/07/review-galeria-olido-140712-spsp.html/), site destinado o sediar material de acervo sobre a banda nacional de Hard Rock oitentista que lhe dá nome.

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem

O primeiro show de retorno pode significar muito sobre a volta de uma banda. No caso d' A CHAVE DO SOL, o grupo já havia ressurgido duas vezes, só para desaparecer rapidamente, e sem aviso, logo depois. De todo modo, em 2012 o público underground parece estar mais favoravel ao Hard Rock do que nas ocasiões anteriores, o que, aliado ao fato de uma formação estrelar, nos leva a crer que o grupo liderado pelo carismático guitarrista Rubens Gióia possivelmente estava estreiando toda uma fase na carreira d' A CHAVE DO SOL. Meia-hora antes do horário de abertura do Salão de Dança da Galeria Olido já se via uma movimentação de roqueiros e headbangers pelo local. Em sua maioria, com a mesma expectativa para a reestréia da banda, que podia ser observada pelos vidros conversando com Luiz Calanca, o grande idealizador de sua volta .

R.A.M.O.N.G.O.S. Fonte: divulgação

AS RADIOATIVAS. Fonte: Divulgação
Cerca de 10 minutos antes do horário previsto, mas com 70% da lotação atingida, os R.A.M.O.N.G.O.S., anunciaram o início de sua apresentação. Antes da segunda música ser anunciada, não só todos lugares estavam cheios, como já havia gente de pé os prestigiando. O som do grupo é uma improvavél releitura de músicas do RAMONES em arranjos blues e folk. Quem é fã da banda deve conferir para se surpreender, quem não está familiarizado com os originais, pode até estranhar, mas o fato que é os R.A.M.O.N.G.O.S. balançaram a Galeria Olido. Se engana quem pensa que a banda levou só os clássicos como 'Do You Rock'n'Roll Radio?' e 'Sheena Is a Punk Rocker' ("quem não conhece boa gente não é"), pois os R.A.M.O.N.G.O.S. detonaram versões de sons menos famosos como 'Animal Boy', 'I Wanna Be Well' e 'The KKK took my baby away' (que foi a abertura do show) . Digna nota também foi a presença da banda bricando com o público. Haviam uns desavisados pedindo AC/DC, ao que o vocalista respondeu: 'O Johnny Ramone, não era muito chegado, ele preferia BLACK SABBATH', muito bom!

Logo na sequência, com todas cadeiras ocupadas e muita gente de pé de ambos os lados, AS RADIOATIVAS começaram a tocar um rock alternativo agitado que agradou os presentes. As integrantes demonstraram performance animada, o que ajudou para empolgar a platéia. Como não conheço deste estilo de som, fico pobre para comentar mais do show das moças, que ainda incluiu cover de I Wanna Be Your Dog, clássico do THE STOOGES.

Foto: Felipe Carvalho

Meia hora passou com a lotação da casa só fazendo crescer. Os músicos d' A CHAVE DO SOL trabalhavam arduamente para conectar seus instrumentos e passar o som. Logo, eles começaram a interagir com a platéia brincando que o baterista é sempre o mais demorado. Um pouco depois, o vocalista Ackua apresenta a banda, ressaltando que a primeira música da apresentação vinha de uma fita K7 encontrada essa semana numa mina de sal na Coréia! (?!). A brincadeira dizia respeito à música 'Saudade', oriunda de uma demo tape de 1986. O fato é os trabalhadores foram muito esforçados na filão desta mina, tanto que na próxima semana essa demo deve estar diponível no blog.

Com sua levada hard rock de meados da década de oitenta que culmina num belo e pegajoso refrão, 'Saudade' só não empolgou mais os presentes por essa canção ainda ser desconhecida. Eu estava super feliz e surpreso com essa escolha de música inicial, pois essa é uma ótima composição do Beto Cruz e quase uma semana depois ainda me encontro cantarolando 'me dê um sonho pra que eu possa sonhar, isso nõ faz mal, só um sonho não faz mal...'.

Foto: Leandro Almeida

Esbanjando simpatia e boa performance, Ackua anuncia que o próximo som será um blues dos anos oitenta. Os acordes iniciais de 'Keep me Warn Tonight', do disco The Key, ecoam pelo salão, agora realmente levando a platéia a agitar. Infelizmente, um desvio técnico também trouxe uma microfonia que ia e vinha e junto o som da guitarra de Gióia se tornou muito baixa. Isso impediu o completo delírio do salão. O próximo som era uma homenagem ao DEEP PURPLE (nota: então não se podia imaginar a tragédia que ocorreria dois dias depois, com o falecimento do Jon Lord). Burn começava a rolar e os problemas persistiam. Notório foi o jogo de cintura da banda, ao executar este clássico sem um instrumento (o teclado), alternando solos de baixo (cortesia de The Crow) e guitarra numa versão muito especial. Cientes dos problemas e preocupados com o som, a banda brinca com a platéia (ficavam gritando 'Corinthians', o que achava ser uma brincadeira com o guitarrista, mas ao baterista gritar 'aqui é São Paulo' com os presentes, percebi que podia estar enganado, rs) antes de começar um de seus maiores clássicos, 'Sun City', novamente do disco de 1987, que incluiu um solo de bateria de Pedro, uma volta ao riff e então foi anunciada o fim da apresentação. "Keep on Rockin'", se despediu o vocalista.

Foto: Leandro Almeida

Nessa hora muitos foram falar com a banda, tirar fotos e autografar LP's d' A CHAVE DO SOL e do INOX, e a banda se mostrou muito feliz e receptiva com os fãs. Algumas pessoas foram embora tristes com a curta duração da apresentação. Mais tarde o guitarrista Rubens Gióia me confidenciou que o grupo teve de acabar mais cedo o show por ter estourado o horário de fechar da galeria. Algo que quero frisar bem foi a competência d' A CHAVE DO SOL, ao longo da apresentação. Já assistiu shows de bandas experientes que, enfrentando problemas semelhantes em relação a passagem, de som levaram as mãos à cabeça em desespero, o que NÃO ocorreu aqui. Os músicos souberam lidar com a interpérie sem nem peder o sorriso na face, estando super à vontade no palco improvisado. The Crow era o mais centrado, e tocava exemplarmente seu baixo. Rubens brincava com a platéia o tempo todo, tocando de com o pedestal e fazendo os malabarismos de guitarra que o fizeram notório. Ackua é um frontman de primeira, que não desafina e sabe se movimentar. Pedro segurou super o legado de José Luis Dinola, com sua pegada firme e pesada na bateria.

Logo ao final do show me perguntaram se eu não me arrependia de ter vindo de Minas Gerais "só" para isso. Respondi que me sentia triste por ter esquecido minha máquina fotográfica e não ter tido como trazer meus lp's pare serem assinados, nunca do show. Inclusive, no próximo show irei corrigir isso. Conclusão deste sábado: A CHAVE DO SOL ainda tem muita Luz para brilhar!!!

Foto: Leandro Almeida

Confira no vídeo abaixo a nova formação d' A CHAVE DO SOL levando o clássico Sun City em seu show de reestréia. Filmagem de Leandro Almeida.

Set-list:

01 . Saudade
02 . Keep Me Warn Tonight
03 . Burn
04 . Sun City
05 . Solo de bateria / finalização.

Rubens Gióia - guitarra, backing vocal
Ackua - Vocal
Fernando Costa - baixo
Pedro "The Crusher" - bateria.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de Shows
Todas as matérias sobre "A Chave do Sol"

A Chave do Sol: "nome dubio, enorme e piegas, mas que pegou"
A Chave do Sol: liberadas duas músicas inéditas de 1985.
A Chave do Sol: liberando a última demo de 1986
A Chave do Sol: "Fran era infinitamente melhor cantor", diz poeta
Ano Luz e A Chave Do Sol: homenagem a falecido vocalista
A Chave do Sol: com uma mulher no vocal nos anos 80?
A Chave do Sol: "o cão São Bernardo que curtia Blues"
Músicas separadas no nascimento: A Chave do Sol e Zenith.
Kiko Loureiro: inéditas com A Chave do Sol?
Ano Luz: E.P. inédito de 1984 disponibilizado gratuitamente
A Chave do Sol: disponibilizadas mais 4 inéditas de 1986
A Chave do Sol: ex-vocal explica a música "Winds Of Change"
A Chave do Sol: como foi o show comemorativo dos 30 anos
Ano Luz: última música de 1984 está disponível
A Chave do Sol: o show de retorno será dia 14 em São Paulo

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas