Resenha - Maná (Credicard Hall, São Paulo, 22/03/2003)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Daniela Penna
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagine uma banda de pop/rock, com influências latinas, letras fortes com cunho político, fazendo apologias de suas raízes, liberdade e amor. Agora junte isso a muita adrenalina, energia e carisma. O resultado é a banda latina Maná, que se apresentou no Credicard Hall, em São Paulo, neste último fim-de-semana. A banda, que já esteve no Brasil em Agosto do ano passado, retornou ao país com força total, tocando os sucessos de seu mais recente CD, "Revolución de Amor".

Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseSlayer: Tom Araya explica capa de "Christ Illusion"

Imagem

O show do domingo, 23/03, começou com uma hora de atraso, com a música "Justicia, Tierra y Libertad", uma alusão aos direitos dos índios mexicanos. As músicas "Ay Doctor", "Pobre Juan", "Vivir sen Aire" e "Angel de Amor" foram outras que fizeram parte do set list da banda. O Maná cantou as músicas do novo CD e emendou com algumas de seus trabalhos anteriores (entre eles o "Unplugged"), todos recém-conhecidos no Brasil.

Durante o show, Fher Olvera, vocalista da banda, criticou a guerra dos EUA x Iraque, falou sobre futebol (ele apareceu com camisetas oficiais de times de futebol e jogou algumas bolas para o público), paz, criticou políticos, a fome, a miséria e a ganância pelo poder. Citou, ainda, a história de Chico Mendes, apoiando seu trabalho em prol dos índios. Sua história é contada na música “Cuando los Angeles Lloran” e está no álbum MTV Unplugged da banda, lançado em 1999.

Vale ressaltar, ainda, a competência e o carisma do baterista Alex González. Ele canta, dança e dá um show de presença no palco, além de seu virtuosismo. Impressionante!

Ao final do show, Fher exibiu a bandeira do Brasil, amarrada com a do México e a da Paz e entregou flores para os fãs que estavam próximos ao palco. Enquanto isso, pregando a paz, a música “All you need is love” (Beatles) tocava no Credicard Hall. Sem hipocrisias, o Maná prova ser uma das grandes promessas do pop/rock mexicano.

Para mais informações sobre o Maná, acesse: www.mana.com.mx

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Maná"

Bateristas
Os dez melhores em vídeo, com algumas surpresas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Maná"

Jim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Slayer
Tom Araya explica a capa do álbum "Christ Illusion"

Dave Mustaine
Se rasgando em elogios para Kiko Loureiro

Simplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundoLemmy: "Coleciono apenas material nazista, não as ideias"Janick Gers: descartável ou essencial ao Iron Maiden?Smoke on the Water: gravação que reuniu bandas clássicas em 1989Lobão na Veja: "Vou fazer uma camiseta 100% elite branca"Angra: Ricardo Confessori fala sobre a música "Nothing to Say"

Sobre Daniela Penna

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online