Lemmy Kilmister: a música, as drogas, a família e a morte

  

Por João Pedro Andrade
Enviar correções  |  Comentários:   | 

Ian “Lemmy” Kilmister, membro fundador, vocalista e baixista do Motörhead morreu no último dia 28 de dezembro, apenas 4 dias após seu 70° aniversário, vítima de um câncer, descoberto dois dias antes de seu óbito. A informação foi inicialmente revelada pelo apresentador Eddie Trunk em sua conta no Twitter e logo foi confirmada na página oficial da banda no Facebook.

Imagem

Ao longo de sua vida, que foi vivida ao extremo - tomando Jack Daniel´s com Coca (a não ser pelos seus últimos dois anos de vida, em que foram substituídos por suco de laranja e vodca, por conta de sua diabétes), fumando Malboro vermelho e dormindo com milhares de mulheres (Keith Richards vezes 10, de acordo com o comediante Jim Florentine), Lemmy ajudou a desenhar o que se entendia por rock n’roll. Foi amado pelo público e odiado pelo mercado, que não podia lhe dizer quem ser ou o que fazer.

E nesse texto, através de 4 tópicos, vamos tentar desvendar um pouco desse personagem tão carismático e complexo.

MÚSICA

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Lemmy tinha um jeito único de tocar seu baixo Rickenbacker; usava distorções e fazia acordes, tudo com muita classe. Seu estilo se assemelhava mais à guitarra base de uma banda do que de fato ao baixo. A fusão que a banda fazia entre o rock n’roll cru e a raiva do punk serviu de inspiração para a criação de outros estilos como o speed metal, thrash metal e o hardcore. E o batida rápida com que o Motörhead tocava suas músicas foi um estímulo para uma série de garotos montarem suas bandas; e alguns deles, mais tarde, vieram a arquitetar o futuro do rock, como Metallica, Slayer, Megadeth, Sepultura, Anthrax, Guns n’ Roses, Nirvana, Queens of the Stone Age e muitos outros.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

E apesar de seu estilo simples de fazer heavy metal, Lemmy falava em todas as suas apresentações “Nós somos o Motörhead, nós tocamos rock n’ roll.” Isso se dava pela enorme influência que a música feita nos anos 50 por Little Richards e Gene Vicent tinha sobre ele. E talvez seja essa a mistura que fez com que sua música se tornasse tão popular. Alguns dos discos do Motörhead se tornaram grandes clássicos, como Overkill e Bomber (1979), Ace of Spades (1980) e No Sleep ‘Til Hammersmith (1981) – a melhor representação do que era a banda ao vivo: músicos tocando desesperadamente e um vocalista que uivava como um animal selvagem.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Lemmy contribuiu ainda com outros artistas, como os Ramones, com a música tributo R.A.M.O.N.E.S., que foi primeiro lançada pelo Motörhead em 1991 e depois pelos próprios Ramones em 1995; e Ozzy Osbourne, que Lemmy contribuiu com uma série de músicas para o disco No More Tears, de 1991, incluindo o single “Mama I´m Coming Home” – que, de acordo com Lemmy, rendeu mais dinheiro para ele do que toda a carreira do Motörhead.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

DROGAS

Imagem

Tomava ácido desde seu período como roadie de Jimi Hendrix. Ele dizia que a droga o tornava mais tolerável às outras pessoas. Tomava tanto ácido que, por vezes,não conseguia achar o palco - e depois que achava precisava que alguém lhe dissesse em qual direção o público estava.

Foi fortemente viciado em anfetaminas, droga que começou a usar ainda nos anos 70 e inspirou o nome da banda (motorhead é o nome dado para o viciado nessa droga); e seu vício foi intensificado para combater o desgaste ocasionado pelas turnês do Motörhead nos anos 80. Há boatos que dizem que Lemmy, uma vez, tomou um saco inteiro da droga junto com tranquilizantes para que não fossem confiscados pela polícia.

No entando, Kilmister se posicionava fortemente contra o uso da heroína, desde que perdeu uma namorada para a droga em 1973. Seu nome era Susan Bennett, uma dançarina de 19 anos, o único amor que Lemmy teve em sua vida. Mais tarde, ele perdeu um amigo ao qual ele emprestou dinhieiro para comprar a droga, mas foi enganado com veneno de rato. Lemmy tinha tanto medo da droga que nunca a experimentou.

FAMILIA

Nascido na véspera de Natal de 1945, seu pai era vigário, prestava serviços à Força Aérea Real e abandonou a familia quando ele tinha apenas 3 meses. Como resultado da ausência do pai, Lemmy se tornou muito próximo à sua mãe e admirou a companhia de mulheres até o fim de sua vida. O encontrou novamente aos 25 anos em Londres. Na ocasião, seu pai quis lhe tirar a idéia de ter uma banda de rock – queria que ele fosse entregador. Lemmy pediu para que ele lhe desse dinheiro para equipamentos novos ou que fosse embora. Ele foi. O fato de seu pai ser da igreja modificou sua maneira de ver Deus e a instuição. Como poderia um homem que vive em constante contato com Deus ter feito ele e sua mãe sofrerem tanto?! Por isso, “Foda-se Deus; foda-se o diabo; e foda-se a igreja. Sou responsável por minha próprias ações. Ninguém me mandou fazer nada. Fui responsável por tudo que eu fiz”.

Lemmy teve dois filhos, até onde soube. O primeiro foi dado a adoção, porque a mãe tinha apenas 15 anos e eles não estavam prontos para formar uma família. Ela, anos depois, se tornou assistente social e reencontrou o filho em 2000. Ele foi adotado por um casal de idosos e ela não teve coragem de dizer quem seu pai era. Lemmy não se importava com isso. Dizia que não queria arruinar a vida do filho.

Imagem

Conheceu seu segundo filho no início da década de 70, quando reencontrou uma ex-namorada. Um garotinho loiro disse a ele “Você é meu pai” e o garoto estava certo. Mas Lemmy não tinha interesse em participar da vida do menino. Paul Inder foi criado pela mãe assim como o pai fora, tornou-se guitarrista, toca melhor que seu genitor, de acordo com o próprio, e tem um excelente senso de humor, que Lemmy diz ser seu legado para o menino. Já adulto, foi convidado a tocar em algumas apresentações do Motörhead, quando, Paul se recorda, foi mencionado como o orgulho do pai.

Imagem

Lemmy nunca teve relacionamentos longos, nem permitia que seus companheiros de banda e equipe trouxessem as esposas nas turnês. Essas pessoas eram quem Lemmy chamava de família e os defendia como o chefe da matilha ou como um irmão mais velho ou tio desajustado, como o próprio Lemmy se referia a si (no documentário Behind The Music: Motörhead, o baterista Mikkey Dee diz que Lemmy chegava a expulsar pessoas do camarim se desconfiasse que alguém estivesse sendo desrespeitoso.)

MORTE

A morte não o assustava. Em seu funeral ele pediu que tocassem o tema de O Gordo e o Magro. Gostaria de ser lembrado como um homem honesto; um homem de honra (o que de acordo com ele, está fora de questão). Morreu em decorrência de um câncer terminal no cérebro, em casa, jogando video game, enquanto seu agente ligava para os companheiros de Motörhead os convidando para se despedir enquanto Lemmy estava bem.

“A morte é inevitável, né? Você fica mais atento a isso quando chega na minha idade. Eu não ligo. Estou preparado. Quando eu for, eu quero ir fazendo o que faço melhor. Se eu morresse amanhã, não teria do que reclamar. Foi bom.”

(Lemmy Kilmister, 1945 – 2015, nasceu para perder e viveu para ganhar)
A♠

Imagem

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

  

Morte de Lemmy Kilmister

Motorhead: Morre, aos 70 anos, o lendário Lemmy KilmisterLemmy: Mike Portnoy comenta morte do lendário baixistaMotorhead: nota oficial sobre o falecimento de LemmyOzzy para Lemmy: nos veremos do outro ladoKing Diamond: "Perdemos Lemmy, uma lenda entre as lendas!"Duff McKagan para Lemmy: "Você fará muita falta, irmão"Lemmy Kilmister: Veja algumas das homenagens nas redes sociaisCorey Taylor: "Seu nome era Lemmy e ele tocava Rock n Roll"Andreas Kisser: "Lemmy Kilmister era maior do que Jimi Hendrix"Metallica: Lemmy, um dos principais motivos desta banda existirLemmy Kilmister: Com câncer no cérebro, médicos previam poucos meses de vidaRush: Geddy Lee comenta a morte de Lemmy"Fast" Eddie Clarke: o mundo parece um lugar muito, muito vazioLemmy: Bill Ward, Kiko Loureiro, Zakk Wylde e Lita Ford comentam morteAlta Fidelidade: Adeus ao grande LemmyNando Moura: Lemmy, a morte e a mente da lendaMatt Sorum: "Hoje perdemos o cara mais fodão do rock'n'roll"Lemmy Kilmister: Enquanto isso, lá em cima...Regis Tadeu: "Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"Mikkey Dee: "O Motorhead acabou, claro. Lemmy Era o Motorhead."Bruno Sutter: "O corpo vai, a obra fica. Vai com Deus grande Lemmy!"Metal Injection: Cinco provas de que Lemmy é DeusLemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininhaLemmy Kilmister: Enquanto isso, lá embaixo...Lemmy Kilmister: Multishow e BIS homenageiam com programação especialTony Iommi sobre Lemmy: "Sua lenda nunca morrerá"Motorhead: Sebastian Bach está com Lemmy em sua última fotoMotorhead: assista vídeo do último show da bandaLemmy Kilmister: câncer no cérebro e pescoço matou o músicoMotorhead: Quando os deuses se encontramMotorhead: Dave Grohl faz tatuagem em homenagem a LemmyIron Maiden: nota sobre falecimento de Lemmy KilmisterDave Lombardo: a triste coincidência na TV sobre a morte de LemmyOzzy Osbourne: Um tocante tributo a Lemmy na Rolling StoneTony Iommi: "Lemmy era a síntese do Rock n' Roll"Planno D: "Obrigado, Lemmy Kilmister!"Noturnall: tecladista homenageia Lemmy KilmisterLemmy Kilmister: alguns dos muitos tributos no YoutubeLars Ulrich: quando conheci o Motorhead decidi montar o MetallicaKillswitch Engage: banda faz um brinde-tributo a Lemmy em showCorey Taylor: ele viu Motorhead pela primeira vez em série de TVLemmy Kilmister: até a WWE fez tributo ao falecido frontmanMotorhead: onde todos os bangers concordam com as lendasLemmy Kilmister: Ele disse que pode voltar para assombrar showsMorreu Dormindo: as últimas horas de vida de Lemmy KilmisterSlash: Homenagem a Lemmy Kilmister com cover de "Ace of Spades"Slash: Assista cover de "Ace of Spades" em tributo a LemmyMotorhead: Venom se pronuncia sobre a morte de LemmyJackdevil: Banda lança cover do Motörhead em homenagem a Lemmy KilmisterLemmy Kilmister: Memorial vai rolar no bar favorito do vocalistaMotley Crue: o tributo de Vince Neil a Lemmy Kilmister no dia de sua morteMotorhead: memorial de Lemmy ocupará toda a Sunset StripMotorhead: funeral de Lemmy será transmitido ao vivo pelo YouTubeRevista Kerrang: a capa tributo a Lemmy KilmisterMotorhead: E Lemmy se foi...Motley Crue: Vince Neil homenageou Lemmy no dia de sua morteMotorhead: funeral será hoje - veja o link da transmissãoMotorhead: destaques do funeral de Lemmy KilmisterLemmy: a emocionante despedida de seu amigo SlashLemmy: chorando, Dave Grohl se despede do grande amigoMotorhead: Gene Simmons lembra o "coração de ouro" de LemmyMotorhead: Fast Eddie Clarke explica ausência do funeral de LemmyLemmy e David Bowie: a conexão entre dois artistas tão diferentesMotorhead: Dee pede um minuto de silêncio por LemmyMotorhead: funeral de Lemmy está disponível na íntegra no YoutubeMotorhead: Phil Campbell explica porque não foi ao funeral de LemmyDavid Bowie e Lemmy: "Espere até ver como é o bar!"Lemmy Kilmister: Artistas da Heavy And Hell Press homenageando este grande íconeMotorhead: Fast Eddie Clarke explica porque não foi ao funeralLemmy: revista Food & Beverage renomeia Jack e Coca em honra da lendaMotörhead: A finitude dos eternosCasos de Rock: A herança que Lemmy nos deixouLemmy: cinzas foram depositadas próximo ao túmulo de DioLemmy Kilmister: Jack Daniels vai lançar uma edição personalizada?Motorhead: obituário do Lemmy em HQPaulo Baron: Empresário lamenta morte de nossos ídolosMotorhead: goleiro de hóquei canadense coloca Lemmy em sua máscaraLemmy Kilmister: imortalizado como personagem de GTA VLemmy: família contratou empresa especializada para criar sua urnaLemmy Kilmister: Com o músico também vai o Motörhead; Mas e o Rock, também?Lemmy: o lance da morte é que ela é o fim de tudoLemmy Kilmister: Camisa tributo para arrecadar fundos para estátuaMotorhead: a causa da morte de LemmyRob Halford: Lemmy sempre "viveu para vencer"Resenha - Motörhead (Düsseldorf, Alemanha, 17/11/2015)Jason Newsted: Ele acha que Lemmy de certa forma o salvouBloco dos Camisa Preta: Tributo a Lemmy na capital MineiraOzzy Osbourne: "Lemmy não era apenas meu amigo, ele era amigo de todo mundo"Motorhead: Lemmy Kilmister na capa da nova edição da Classic RockGeezer Butler: Lemmy foi o cara mais inteligente que eu conheciLemmy Kilmister: Na capa da nova edição da RockHardAlice Cooper: Homenagem a Lemmy com Hollywood Vampires no GrammyMetal Hammer: Lemmy Kilmister vira capa da edição 280 da revistaÀ Flor da Pele: Mustaine vai às lágrimas vendo foto de LemmyLemmy Kilmister: estátua em tamanho real será construída no Rainbow BarPhil Anselmo: Ele viu a tristeza nos olhos de LemmyUdo: Ele não quer seguir o caminho de Lemmy KilmisterMax Cavalera e Lemmy: A relação teve um começo tempestuosoLemmy: Brent Hinds e astro de Walking Dead fazem tatuagensLemmy Kilmister: Um aviso importante aos terroristas...Motorhead: Lemmy vai ser homenageado com um lounge no RainbowMotorhead: Rainbow Bar & Grill inaugura estátua de LemmyTodas as matérias sobre "Morte de Lemmy Kilmister"

Todas as matérias da seção Matérias

Todas as matérias sobre "Morte de Lemmy Kilmister"Todas as matérias sobre "Motorhead"

Black Sabbath
Geezer Butler preso por briga em bar na Califórnia

Sebastian Bach
"Minha esposa não é uma ex-stripper"

Burnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de janeiro de 2016

Sobre João Pedro Andrade

Paulista, Beatlemaníaco, a pessoa por trás do jmescuta.wordpress.com, uma das pessoas por trás do canal Jornal Musical e do podcast BarbalhadaCast. Produtor audiovisual de formação, jornalista musical de vocação. Guitarrista e ukulelista da banda de skacore Nokaos.

Mais matérias de João Pedro Andrade no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.