Matérias Mais Lidas

Iron Maiden: a reação de Bruce Dickinson ao ficar sabendo do título do próximo álbumIron Maiden
A reação de Bruce Dickinson ao ficar sabendo do título do próximo álbum

Guns N' Roses: a curiosa história da última foto de Axl e Slash num show em 23 anosGuns N' Roses
A curiosa história da última foto de Axl e Slash num show em 23 anos

Iron Maiden: ouvindo reclamações dos fãs, artista brasileiro melhora capa de SenjutsuIron Maiden
Ouvindo reclamações dos fãs, artista brasileiro melhora capa de "Senjutsu"

Renato Russo: Falei merda né?; quando a inveja tomou as bandas brasileirasRenato Russo
"Falei merda né?"; quando a inveja tomou as bandas brasileiras

David Coverdale: anunciando última tour; quase 70, tá difícil vestir minhas calçasDavid Coverdale
Anunciando última tour; "quase 70, tá difícil vestir minhas calças"

Post-metal: 10 bandas obscuras que deveriam ser grandes, pela Metal HammerPost-metal
10 bandas obscuras que deveriam ser grandes, pela Metal Hammer

James Hetfield: o profundo conselho que ele deu aos fãs após a morte de Chris CornellJames Hetfield
O profundo conselho que ele deu aos fãs após a morte de Chris Cornell

Iron Maiden: veja prévia da versão de Senjutsu exclusiva do fã-clube da bandaIron Maiden
Veja prévia da versão de "Senjutsu" exclusiva do fã-clube da banda

Megadeth: todos os álbuns, do pior para o melhor, segundo o canal Ruthless MetalMegadeth
Todos os álbuns, do pior para o melhor, segundo o canal Ruthless Metal

Luiz Carlos Jr: narrador do SporTV surpreende ao tocar clássico do Dio no baixo; assistaLuiz Carlos Jr
Narrador do SporTV surpreende ao tocar clássico do Dio no baixo; assista

Steve Harris: como o método de composição dele se diferencia dos demais, segundo BruceSteve Harris
Como o método de composição dele se diferencia dos demais, segundo Bruce

Eloy Casagrande: eleito o melhor baterista de metal por leitores da Modern DrummerEloy Casagrande
Eleito o melhor baterista de metal por leitores da Modern Drummer

Andreas Kisser: com esse cara na presidência, a galera acha que pode sair do armárioAndreas Kisser
"com esse cara na presidência, a galera acha que pode sair do armário"

Sai, Capeta: 10 músicas que pessoas cristãs (e sensíveis) devem evitarSai, Capeta
10 músicas que pessoas cristãs (e sensíveis) devem evitar

Metal Hammer: os 10 clipes mais ridículos lançados nos anos 1980 (e nenhum é do Manowar)Metal Hammer
Os 10 clipes mais ridículos lançados nos anos 1980 (e nenhum é do Manowar)


Pentral

Steve Vai: resenha do show em SP no Minuto HM

Resenha - Steve Vai (Citibank Hall, São Paulo, 08/12/2013)

Por Eduardo Bianchi Rolim
Fonte: Minuto HM
Em 15/12/13

publicidade

Quem tem mais de 40 anos e não se lembra do filme "A Encruzilhada" (Crossroads) da década de 80 em que o nosso "Karatê Kid" Ralph Macchio enfrentava em um duelo nervoso de guitarras com o então "guitarrista do inferno" Steve Vai? É claro que sua grandiosidade como artista foi - e Vai com perdão do trocadilho – muito além dessa participação. Como nunca fui fã de Zappa e Alcatraz, digo com certeza que minhas passagens preferidas foram suas participações nos headliners com Dave "Diamond" Lee Roth ao lado de Greg Bissonette e Billy Sheehan e a sua multiplatinada participação na formação do Whitesnake e sua guitarra em formato de coração com double neck. Pois ele mesmo, em carne e osso – e uns passinhos de dança – esteve neste último domingo no palco do então rebatizado Citibank Hall para mais uma apresentação em solo paulistano mostrando por que ainda é um dos melhores de sua geração, apresentando a turnê do seu novo trabalho, "The Story of Light".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Por Rolfdio e Eduardo Bianchi Rolim

Como foi falado, a disponibilidade de lugares para o show mudou na casa e a pista, outrora generosa, estava abrigando cadeiras numeradas que foram muito bem ocupadas pelo público presente – a disposição de pista e cadeiras muda de acordo com o tipo de show. Eram 19h49 – 10 minutes antes do início previsto do show – e a pista, que estava configurada pela metade, não estava nem pela metade ocupada. Mas os 15 minutos que se seguiram foram um alívio: a casa encheu suficiente para fazer bonito ao visitante com um público repleto de pessoas com camisas de Rush, Jimi Hendrix e Dream Theater.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vai entrou no palco às 20h10 trazendo um lineup extremamente competente como era de se esperar: Philip Bynoe no baixo, tocando na maior parte do show com um Music Man de 6 cordas - Dave Weiner na guitarra (base?) que fez um solo de violão alternando entre batidas e levadas muito bem elaborado em sua apresentação solo no show, com direito ao Steve Vai anunciando o seu material solo nas mesas de merchandising, e Jeremy Colson na bateria, que mostrou muita garra, disposição e precisão. Em uma determinada parte do show, Colson trouxe pro palco uma proposta de bateria-percurssão feita de materiais pouco convencionais como cones de sinalização, sinalização de limpeza "cuidado" e o que pareciam ser latas dispostas em um rack que é empurrado para o palco feito uma alegoria de escola de samba. Não me empolgou muito e tão pouco o público presente. Colson toca com um kit de bateria "mínimo", digamos assim, e foi, de longe, o mais simples dos músicos, não demonstrando um virtuosismo diferenciado comparado ao resto da banda. Sem dúvida fez muito bonito, ainda mais se tratando de um público mais atento aos instrumentos de cordas.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vai falou bastante com o público que foi bastante receptivo. Após executar Tender Surrender, o equipamento de Vai apresentou um problema e disse ao público "vocês me fizeram tocar de forma tão louca, que meu equipamento quebrou". Foram 5 minutos a 8 minutos aproximadamente de espera até que os roadies resolvessem algum problema em seus, digamos assim, "pedais de efeito". Acho que esse termo "pedal" deve ter ficado pejorativo, dado a evolução tecnológica que os efeitos sofreram ao longo de décadas, mas acho que para os coroas como eu, isso nunca vai deixar de ser "pedaleira".

O show teve um set acústico grande e espero que o público tenha gostado. Para mim, foi grande demais e poderia ser sido facilmente reduzido pela metade. Vai cantou e mostrou o que se esperava com o violão e encheu um pouco os meus pacovas, incitando alguns a gritar "toca Raul" algumas vezes! No mais, no decorrer de mais de horas de show, Vai desfilou suas guitarras signatures – grande destaque fica para a guitarra "Mojo" com efeitos visuais com leds azuis que, após seu set acústico, compôs bem seu visual "Kraftwerk" com uma roupa repleta de leds e efeitos visuais de dar inveja a qualquer artista Techno – e destruiu trazendo composições extremamente elaboradas, riffs pesados, blues, uma catarse de solos absurdos, bends inalcançáveis, alavancas pra todo lado – amo muito!!! - e um carisma natural como poucos demonstraram.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

No mais, o resto é chover no molhado: Vai é um músico extraordinário e esperamos poder vê-lo mais vezes por aqui. A julgar pela resposta do público brasileiro, fica quase uma certeza de que ele estará sempre por aqui nos prestigiando com seu virtuosismo e talento no instrumento que é o topo da cadeia alimentar do nosso Heavy Metal de cada dia.

Para ver mais vídeos do show e o setlist completo, acesse a matéria original no Minuto HM:

http://minutohm.com/2013/12/10/cobertura-minuto-hm-steve-vai-em-sp-parte-2-resenha/

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Steve Vai (Citibank Hall, São Paulo, 08/12/2013)

Steve Vai: Impossível ficar indiferente ao talento e criatividadeSteve Vai
Impossível ficar indiferente ao talento e criatividade

Steve Vai: A arte da guitarra desembarcou em São PauloSteve Vai
A arte da guitarra desembarcou em São Paulo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Steve Vai: guitarrista parabeniza o aniversariante Satriani com declaração emocionanteSteve Vai
Guitarrista parabeniza o aniversariante Satriani com declaração emocionante

Steve Vai: músico pagou apenas 5 dólares em sua primeira guitarraSteve Vai
Músico pagou apenas 5 dólares em sua primeira guitarra

Andreas Kisser: surpreendendo ao listar, de forma eclética, seus heróis na músicaAndreas Kisser
Surpreendendo ao listar, de forma eclética, seus heróis na música

Sepultura: quando Steve Vai ficou travado ao tentar tocar Roots Bloody RootsSepultura
Quando Steve Vai ficou travado ao tentar tocar "Roots Bloody Roots"

Steve Vai: concorra a itens da coleção do guitarristaSteve Vai
Concorra a itens da coleção do guitarrista

Steve Vai: celebrando 35 anos de Yankee RoseSteve Vai
Celebrando 35 anos de "Yankee Rose"

Steve Vai: vídeos relançados em alta definiçãoSteve Vai
Vídeos relançados em alta definição


Devin Townsend: ele já defecou em case de guitarra de Steve VaiDevin Townsend
Ele já defecou em case de guitarra de Steve Vai

Steve Vai: Ele não coleciona guitarrasSteve Vai
Ele não coleciona guitarras

Guitarra: Pentatônica a lá Steve Vai, Petrucci, Steve Morse, Edu Ardanuy, Bonamassa, etcGuitarra
Pentatônica a lá Steve Vai, Petrucci, Steve Morse, Edu Ardanuy, Bonamassa, etc


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Eduardo Bianchi Rolim

Paulistano, nascido em 1982, bacharel em Sistemas de Informação pelo Mackenzie e pós-graduado em Administração de Empresas (CEAG) pela FGV. Tem como paixão as bandas Iron Maiden e MetallicA, mas é fã de rock e metal internacional em geral. Alguns hobbies são: acompanhar o time do coração, Corinthians; doente por Back To The Future e Indiana Jones; viajar; Playstation; jogar o eterno Duke Nukem 3D. Carros em geral e F1 em especial. Tudo que pode ser relacionado à tecnologia (software e hardware). Ama os velhos receivers valvulados e aquelas maravilhosas caixas pesadas e potentes. Fã do Whiplash desde os primórdios. Criador e administrador do Minuto HM (www.minutohm.com), o blog da família do Heavy Metal (Twitter: @minutohm).

Mais matérias de Eduardo Bianchi Rolim.