Matérias Mais Lidas

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

Anitta lança clipe de Boys Don't Cry, com estética rock e punk; assistaAnitta lança clipe de "Boys Don't Cry", com estética rock e punk; assista

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

Pitty tuíta que moda agora é ser roqueiro e apaga após Anitta e fãs reagiremPitty tuíta que "moda agora é ser roqueiro" e apaga após Anitta e fãs reagirem

Guns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e seu balde de frango na cabeçaGuns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e "seu balde de frango na cabeça"

Slash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DCSlash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DC

Filho do John Lennon fará leilão de NFTs dos Beatles; você ganha, mas não recebe o itemFilho do John Lennon fará leilão de NFTs dos Beatles; você ganha, mas não recebe o item

Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Ghost: música do próximo álbum fala sobre lendário serial killer que nunca foi capturadoGhost: música do próximo álbum fala sobre lendário serial killer que nunca foi capturado

Roger Moreira explica por que é um dos únicos artistas que ainda defende BolsonaroRoger Moreira explica por que é "um dos únicos artistas" que ainda defende Bolsonaro

Cannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metalCannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metal

Alice In Chains: o experimento científico que originou o nome do EP Jar Of FliesAlice In Chains: o experimento científico que originou o nome do EP "Jar Of Flies"

The Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert SmithThe Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert Smith


Stamp

Marcus Miller: No Rio, um encontro marcado há muitos anos

Resenha - Marcus Miller (Mistura Fina, Rio de Janeiro, 06/11/2001)

Por Cláudio Vigo
Em 06/11/01

Nota: 9

Terça-feira última (06/11) estive num encontro marcado há muitos anos. Assisti, depois de muita expectativa, a uma memorável performance do "bass Hero" Marcus Miller no Mistura Fina no Rio de Janeiro. Primeiro concerto da Turnê Sul Americana de lançamento de seu disco novo, o homem arrebentou, e no meio de uma multidão de slaps e linhas de baixo estratosféricas só faltou fazer chover. Noite memorável e inesquecível.

Marcus Miller é uma das lendas vivas do Funk Jazz dos anos 80 (quando comecei a prestar atenção em sua música), tem 42 anos e é um daqueles talentos múltiplos que aparecem uma vez ou outra no horizonte. Desde os oito anos de idade (filho de pianista e organista de igreja) se iniciou nos mistérios do clarinete barítono, recebendo sólida formação musical. Aos treze descobriu o baixo ao participar das bandas de funk das redondezas, daí ao Jazz foi um pulo, e aos dezessete o menino prodígio já acompanhava gente do calibre de David Sanborn, Roberta Flack, George Benson etc...

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O difícil é dizer com quem Marcus Miller não tocou ou produziu; sua discografia é interminável, e podemos dizer que tocou com todo o mundo do Jazz, desde Dizzy Gillespie até a fantástica colaboração com Miles Davis que rendeu tantos frutos. Sem exagerar, podemos afirmar que sua influência na sonoridade da última fase de Miles foi decisiva. São suas a maioria das composições do clássico "Tutu" (1986) em que toca todos os instrumentos, com exceção do trompete do mestre. "Amandla" segue o mesmo modelo e "Music from Siesta" (1987) é um belíssimo trabalho compartilhado onde se ouve ecos dos "Sketches of Spain" que Miles havia gravado com Gil Evans em 1960.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Em 1997 Miller criou para uma excursão uma superbanda chamada Legends que fazia um som fusion, bem Jazz Rock, em que alinhavam simplesmente: Eric Clapton (guitarras), Dave Sanborn (saxes), Joe Sample (teclados) e Steve Gaad (baterias). Um time alucinante, não é? Nada deixaram gravado oficialmente, existem apenas alguns bootlegs (sou o feliz possuidor de um), onde se vê curiosidades como Clapton tocando Jazz.

A carreira solo tem alguns altos e baixos e um excelente registro dos concertos dos anos 90 ("Live & More"). Ou seja, por tudo isto a expectativa era enorme e quase tive um treco quando sonolento li no jornal que o homem estaria tocando só um dia por aqui. Em três horas eu já tinha atravessado a baía de Guanabara e estava com ingresso (um dos últimos) na mão.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Fiquei num local excelente na primeira fila (um bocó havia desistido de ir ao show) e pude ver de muito perto tudo aquilo que estava imaginando. A banda é um capítulo a parte: composta de armários de mais de dois metros de altura, todo mundo de preto com cara de chapação ou poucos amigos (não entendi direito), era composta de Leroy "Scooter" Taylor (teclados), Michael "Patches" Stewart (trompete), Roger Byam (saxes), Nisan Stewart (bateria) e Miller (baixo elétrico e clarinete barítono). Todo mundo muito bom, especialmente o trompetista que emulava o Miles "Tutu" o tempo todo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

À primeira "pegada" do baixo já deu pra todo mundo sentir o que ia ser a noite. Miller mandou uns slaps que bateram lá no fundo, um peso e um virtuosismo impressionantes. Depois de algumas coisas novas (bem funky) veio o clássico de Mingus: "Goodbye Pork Pie Hat" onde a sensibilidade foi à flor da pele. Após uma sucessão de solos absurdos, veio uma linda balada onde sua habilidade no clarinete barítono ficou mais que evidente.

O público estava em êxtase total e a quantidade de baixistas por metro quadrado deve ter batido o recorde mundial. A Bass Player Magazine, revista especializada, colocou Marcus Miller entre os dez mais influentes baixistas de todos os tempos. Apesar de lembrar de muita gente pra dividir esta parada, pelo que vi, não devem estar muito longe da verdade não.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Cláudio Vigo

Da safra de 62 , Claudio Vigo ganha a vida com a poesia, o jazz e o rock n roll. Paga as contas como arquiteto.

Mais matérias de Cláudio Vigo.