Matérias Mais Lidas

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemHalford relembra o dia que caiu em pegadinha armada por Tony Iommi e Geezer Butler

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs


Stamp

Metallica: Lars Ulrich fala sobre Jon Lord

Por Douglas Morita
Fonte: Metallica Remains
Em 17/07/12

publicidade

O site oficial do Metallica foi atualizado com o seguinte texto de Lars Ulrich, a respeito do falecimento de Jon Lord do Deep Purple.

Desde que meu pai me levou para vê-los em 1973 em Copenhagen, na impressionante idade de 9 anos, o Deep Purple tem sido a mais contante, contínua e inspiradora presença musical em minha vida. Eles significaram mais para mim do que qualquer outra banda que existiu, e tiveram uma grande influência em moldar quem eu sou. Então obviamente eu estou mais que deprimido, triste e devastado pela notícia de hoje sobre o falecimento do tecladista Jon Lord.

Nós todos somos culpados de soltarmos adjetivos como "único" e "pioneiro" quando queremos descrever nossos heróis e pessoas que nos tocaram, mas não há palavras que se encaixam melhor do que essas no momento e simplesmente não há outro músico como Jon Lord na história do hard rock. Ninguém. Ponto final.

Não havia ninguém que tocasse como ele. Não havia ninguém que soasse como ele. Não havia ninguém que escrevesse como ele. Não havia ninguém que parecesse com ele. Não havia ninguém mais articulado, cavalheiro, caloroso, ou mais legal que já tocou teclado ou que chegou perto de um teclado. O que ele fez foi tudo por conta própria. Incluindo obviamente seu som único. Seja o que for que ele fez com o orgão Hammond, a forma que Leslie distorceu o que ele estava tocando e levou a um lugar nunca ouvido antes, a forma que ele a atacou enquando estava jogando-a por aí, seja o que for mais que estava rolando entre Jon e "A Besta", como ele chamava seu orgão, foi algo como nunca visto antes, durante ou depois. Simples assim.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Deep Purple, claro, consiste em uma entidade própria, sempre imprevisível, sempre impulsivo, nunca repetitivo e a maioria do tempo, do outro mundo. Eu tive sorte de vê-los três vezes em Copenhagen entre 1973 e 1975, várias vezes de novo na turnê de reunião entre 1985 e 1987. Nós até tocamos alguns shows na Alemanha com eles no verão de 1987 e, nem preciso dizer, toda vez foi uma experiência que teve grande impacto em mim. Ver Jon no palco tocando os riffs, as colorações, as texturas, os solos de outro nível, introduções, outros, trechos de blues, peças clássicas e o que mais viesse em sua cabeça cada noite E além disso, seguindo o Ritchie Blackmore música após música, noite após noite, foi um sinal da grandeza de sua arte... O mais talentoso, original e único tecladista de hard rock que já andou neste planeta.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Em 1992, quando nós tocamos em Munich na turnê do Black Album, Jon Lord e o vocalista Ian Gillan vieram até o show e ficaram no snake pit o tempo todo. Eu estava nos céus. Tocar em frente aos membros da banda que significaram mais para mim do que qualquer coisa em minha vida foi um sonho que se tornou realidade. E quando eu consegui uma nota autografada depois do show de que eles tinham que sair e voltar e se prepararem para as sessões de gravação no dia seguinte, eu estava mais que animado. Meu(s) herói(s) no snake pit!!!!! "Olha, mãe, no topo do mundo!!"

....Um ciclo completo para o impressionável menino de 9 anos de KB Hallen em Copenhagen em Fevereiro de 1973.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Descanse em paz Jon e OBRIGADO por tudo,

Lars


Morte de Jon Lord

Deep Purple: Ian Paice comenta saúde de Jon Lord

Deep Purple: Jon Lord, mito dos teclados, morre aos 71 anos

Marcos De Ros: declaração sobre o falecimento de Jon Lord

Jon Lord: reveja as notícias sobre a doença do tecladista

Geezer Butler: "Muito triste" ao saber da morte de Jon Lord

Jon Lord: repercussão de sua morte entre outros astros

Slash: "Um dia triste na história do Rock N' Roll"

David Coverdale: "alegria e prazer" em conhecer Jon Lord

Deep Purple: mensagem sobre Jon Lord no site oficial

Rick Wakeman: declaração sobre Jon Lord

Jon Lord: principais sites do mundo noticiam a morte

Jon Lord: vários rockstars repercutem falecimento

Jordan Rudess: "Jon Lord foi uma inspiração para mim"

imagemTony Iommi: "foi uma honra poder tocar junto com Jon Lord"

Jon Lord: Bill Ward também fala sobre o mito

E o rock perdeu um dos seus 'lordes'...

O adeus a Jon Lord

Jon Lord: leia trechos de última entrevista de sua vida

Todas as matérias sobre "Morte de Jon Lord"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Satan: Brian Ross diz que o Metallica fez um ótimo trabalho ao defender Metal britânico


USA Today: as 20 maiores bandas de todos os tempos nos EUA



Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita.