Nigromancia: horda ritualística de neo-folk brasileiro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pablo Davus, Fonte: Besta Mítica - Assessoria de i, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Nigromancia é uma horda ritualística que ambienta uma melancólica mistura de Neo-folk com Ritual ambient, e intensos elementos do Medieval Dark-atmospheric e Ethereal Wave, sob fortes influências de Ordo Funebris/Narsilion e Trobar de Morte.

Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelMetallica: a regressão técnica de Lars Ulrich

Formado em 2017 pelo Pablo "Davus" (musicista do projeto solo Heivok) na cidade de São José do Rio Preto/SP.

O imaginário do grupo e o conteúdo das letras, são fortemente influenciadas pelo tradicionalismo radical, com sua antipatia ao mundo moderno e materialista, abordando temas sobre "A sepultura da humanidade e sonhos do submundo". Com uma temática envolvendo muito misticismo e visões sobre a Terra, o cosmos e tudo ao redor do globo. Uma influência particular foi o ocultista britânico Aleyster Crowley.

O título anunciado do album de estréia da banda "Ceremonial Magic" é uma alusão ao ser Aiwass, "uma entidade" que conjurou a lei de thelema.

O nome deriva dos cultos de comunicação com os mortos, uma prática de fundamento ocultista que busca manter contato com as almas dos "mortos" através de rituais específicos; sendo este musical. Tornando quase certo que o trabalho virá de alguma forma da inteligência superior do submundo comunicando a mensagem na Magia Cerimonial da Nigromancia. Essa inteligência é Aiwass.

O início dos trabalhos da Nigromancia datam do ano de 2010, inicialmente com o nome Heivok, quando Davus iniciou um projeto solo onde o lado fantástico da reminiscência medieval ambientava faixas com sons marcantes, de certo modo "viajantes", inspiradas pela grandeza da natureza, a solidão e os mistérios da noite como marcos essenciais...

Não muito mais tarde, no ano 2011, Davus registra sua primeira demonstração, uma fita de ensaio com cinco faixas experimentais foi gravada, mas nunca foi lançada devido à má qualidade.

No fim, o Heivok chegou a se concretizar em outro projeto, ficando apenas pedaços de seus fragmentos, e logo este renomeado para Nigromancia. Eventualmente, durante este tempo, Davus conseguiu viver em várias partes do mundo, incluindo a Europa, onde a música continuaria amadurecendo à medida que produzia seus novos trabalhos.

Enquanto Davus continuava a ser o fundador original,contribuindo com os efeitos de sintetizadores, ele se rodeou de um excelente grupo de músicos...

"...No início de Setembro do ano de 2017, cruzam-se os caminhos três almas com um mesmo sonho, o sonho de realizar a música que lhes saísse das entranhas, uma música cheia de fantasia e mistério. Em seu primeiro ensaio já perceberam que eram unidos por sentimentos semelhantes e que sua linguagem musical se complementava. Deram vida então ao que chamaram de Nigromancia; composta por Brenda Rodrigues "Lady Ravenna" (Vocal e piano), Davus (Vocal de apoio, sintetizador e produção), incluindo Kathryn Gentzke "Mortem" (flauta, dulcimer e percussão).

Depois de uns poucos ensaios, quiseram ter em suas mãos algo sólido que se pudesse escutar e fazer-se conhecer; assim puseram-se a produzir seu álbum de estréia (em andamento),intitulado "Ceremonial Magic" que vêm sendo projetado em tempos que acontecem nas encostas do vale inóspito (estúdio da floresta) com previsão de lançamento para o ano de 2018.

"Ceremonial Magic" inspira-se na noite, a obscura progenitora, o doce abraço da morte, o eterno sussurro do vento, a tristeza de seu silêncio, os mágicos bosques que embelezam as almas, o mar e seu profundo lamento e a nigromancia que permanece ancestral no mais profundo do submundo... Longe do nosso mundo, embrulhado em florestas eternas e encantados contos que vão além dos pilares da noite, onde dez faixas já estão sendo produzidas do verdadeiro coração da Natureza...

Contatos:
facebook.com/HordaNigromancia




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Nigromancia"


Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

Metallica: a regressão técnica de Lars UlrichMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

Slipknot: 12 histórias que retratam o quão insana a banda éSlipknot
12 histórias que retratam o quão insana a banda é

Sexo Anal: saiba onde encontrar esse prazer no cenário RockSexo Anal
Saiba onde encontrar esse prazer no cenário Rock

Metallica: os fantasticos carros de James HetfieldMetallica
Os fantasticos carros de James Hetfield

Sad & Useless: as fotos mais constrangedoras do Heavy MetalSad & Useless
As fotos mais constrangedoras do Heavy Metal

System Of A Down: Daron Malakian diz que nunca praticou guitarraSystem Of A Down
Daron Malakian diz que nunca praticou guitarra


Sobre Pablo Davus

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336