Matérias Mais Lidas


Jethro Tull
Stamp

Twisted Sister: segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"

Por Damaris Hoffman
Fonte: Top Link Music
Postado em 05 de abril de 2013

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O texto abaixo é um trecho traduzido da autobiografia de DEE SNIDER, 'SHUT UP AND GIVE ME THE MIC'.

Twisted Sister - Mais Novidades

"Está chovendo. Que maravilha. É assim que uma situação ruim fica ainda pior. É 1993 e enquanto eu sento dentro da minha surrada minivan 1984 da Toyota com mais de 215 mil quilômetros rodados [nada a ver com ‘rock star’], eu leio os panfletos pela última vez. CABELO E MAQUIAGEM PARA CASAMENTOS. LIGUE PRA SUZETTE, e daí o nosso número de telefone. Simples, direto, e um modo de Suzette ganhar uns cem pilas pra trabalhar umas duas horas em um fim de semana. Nada como ser cafetão dos talentos da sua mulher.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Perdedor.

Eu coloco o capuz do meu moletom bem apertado na cabeça, não só pra me proteger da chuva, mas pra que as pessoas não me reconheçam. Quase dez anos depois do meu auge, e mesmo com um chapéu e óculos, as pessoas ainda vem até a mim todo dia e dizem, 'Hey, você não é o...?' Que merda ter essa cara! Eu me lembro de trabalhar com BILLY JOEL e ele dizer, 'Ser rico e famoso é difícil; ser pobre e famoso deve ser uma baita duma merda'. Ele estava certo. Vocês acham que Billy está colocando panfletos em carros essa noite?

Mas isso tinha sido uma década antes, e eu estava sentado no topo do mundo com a minha banda, Twisted Sister. Estávamos no topo das paradas, queridinhos da mídia mundial, com um disco multiplatinado e turnês internacionais. Eu era a imagem do heavy metal. Eu tinha bons carros, barcos e uma casa cara em uma vizinhança rica. Tínhamos uma governanta e uma babá, jardineiros, pessoal de manutenção e contadores que pagavam minhas contas. Eu tinha conta em toda loja, guarda-costas e primeira classe em tudo. Agora eram os anos 90, e eu tinha perdido tudo. Tudo. Exceto pelas coisas verdadeiramente importantes em minha vida – minha esposa e filhos... e eu tinha que sustentá-los."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Bruce Dickinson
Jethro Tull


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Damaris Hoffman

Damaris Hoffman, 28 anos, concluiu seu curso de Licenciatura em Filosofia, porém logo partiu para a área da Comunicação Social. Desenvolveu um estilo único de trabalho atuando no departamento de marketing artístico e produção de sua própria empresa. Responsável pela comunicação das bandas Cavalera Conspiracy e Soulfly na América Latina e assessora de imprensa full time das bandas Angra, Project46, Sioux66, Rygel, Capadocia, La raza, Bioface, Worst, e inúmeras outras. Assessora de comunicação das empresas Top Link Music e Honorsounds.
Mais matérias de Damaris Hoffman.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS