RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Iced Earth: promotores pedem que Jon Schaffer não seja solto sob fiança

Por Igor Miranda
Postado em 20 de janeiro de 2021

Os promotores que atuam no caso de Jon Schaffer, guitarrista do Iced Earth preso por participar da invasão ao Capitólio dos Estados Unidos, pedem ao juiz responsável que negue o pedido de liberdade condicionada ao pagamento de fiança. A informação é da Wish-TV, rede local do estado de Indiana.

Iced Earth - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Schaffer, que se entregou às autoridades no último domingo (17), ficará como um detento federal, na prisão de Marion County, ao menos até a próxima sexta-feira (22). O guitarrista deve comprovar ao magistrado que não oferece ameaça a outras pessoas, nem a si próprio, para estar apto à liberdade condicional sob fiança, enquanto responde ao processo em liberdade.

Apesar do pedido da promotoria, outros presos acusados pela invasão ao Capitólio estão sendo soltos mediante pagamento de fiança. Porém, todos eles estão sendo obrigados a entregar suas armas de fogo, evitar contato com outros acusados e ficar distante de todos os edifícios do governo. Alguns deles também foram proibidos de usar redes sociais e participar de eventos políticos. Tudo isso, claro, enquanto o processo é analisado e julgado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jon Schaffer preso

No último domingo (17), Jon Schaffer se entregou às autoridades e foi preso, em Columbus, Indiana, por participar da invasão ao Capitólio, nos Estados Unidos, no dia 6 de janeiro. Um grupo de apoiadores do presidente Donald Trump entrou sem permissão no local, cometendo uma série de crimes e alegando, sem provas, assim como Trump, que a eleição presidencial vencida por Joe Biden foi objeto de fraude.

No último dia 8, dois dias após a invasão, o Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos (FBI) divulgou fotos de várias pessoas envolvidas na entrada ilegal ao Capitólio, que resultou em violência. Foram registrados diversos atos de vandalismo e relatos de tiros dentro do prédio - quatro pessoas foram mortas, em circunstâncias que ainda não foram totalmente esclarecidas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em meio às fotos, estava Jon Schaffer, que usava um chapéu da Oath Keepers, uma milícia antigovernamental de extrema-direita. Ele estava ao lado de outros manifestantes e, na imagem, aparecia dentro do prédio.

Estima-se que pelo menos 170 pessoas estão sendo investigadas pelo FBI por terem feito parte da invasão. Ao menos 54 cidadãos já foram acusados criminalmente pelo ato.

O músico é acusado de seis crimes:

- Entrar ou permanecer, de forma consciente, em um edifício ou terreno restrito sem autoridade legal;
- Perturbar a conduta de ordem da rotina governamental;
- Participar, de forma consciente, de um ato de violência física contra qualquer pessoa ou propriedade em qualquer edifício ou terreno restrito;
- Entrar, de forma violenta e desordeira, em um edifício do Capitólio;
- Envolver-se em um ato de violência física em um edifício do Capitólio;
- Realizar desfile, manifestação ou piquete em um edifício do Capitólio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em nota, o FBI declarou: "Jon Schaffer, de Columbus, Indiana, foi preso devido à conexão com o incidente de 6 de janeiro no Capitólio dos Estados Unidos. Schaffer enfrenta seis acusações, incluindo envolvimento em um ato de violência física no prédio do Capitólio. Schaffer, supostamente, estava entre os desordeiros que dispararam 'spray de urso' (uma variação mais forte do spray de pimenta, usada para conter ursos; imagens abaixo) no policiamento no Capitólio".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A invasão ao Capitólio

Um grupo de apoiadores de Donald Trump invadiu o Capitólio e entrou em confronto com a polícia, no dia 6 de janeiro, em meio à contagem oficial dos votos do Colégio Eleitoral americano nas eleições presidenciais, do último mês de novembro. Na ocasião, Joe Biden venceu Trump, que buscava continuar no cargo, e está prestes a se tornar o próximo presidente dos Estados Unidos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com o ato dos manifestantes, a contagem oficial foi interrompida, bem no momento em que eram avaliadas objeções ao resultado no estado do Arizona, onde Joe Biden ganhou de Donald Trump. O atual presidente americano afirma, sem apresentar provas, que a eleição de Biden foi fraudada, provocando a vitória do candidato democrata - por isso, ele não aceita o resultado apresentado pelo Colégio Eleitoral.

De acordo com a Agência Brasil, antes da invasão, Trump fez um discurso de cerca de três horas para a multidão na praça do obelisco de Washington. Ao discursar, ele voltou a dizer que venceu as eleições. "Você não cede quando há roubo envolvido. Nosso país está farto e não vamos aguentar mais", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após diversos atos de vandalismo e relatos de tiros dentro do prédio - quatro pessoas foram mortas, em circunstâncias que ainda não foram totalmente esclarecidas -, o Congresso dos Estados Unidos precisou ser bloqueado por agentes da Guarda Nacional.

Músicos do Iced Earth e Hansi Kürsch se manifestam sobre invasão

O vocalista Stu Block, o baixista Luke Appleton, o guitarrista Jake Dreyer e o baterista Brent Smedley, quatro dos cinco integrantes do Iced Earth, divulgaram um comunicado sobre a invasão ao Capitólio no fim de semana após o ocorrido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |

No texto, que não teve participação de Jon Schaffer, os músicos dizem que não apoiam a violência registrada em meio ao protesto e disseram que confiam na investigação da Justiça sobre os atos.

"Queremos agradecer a todos que enviaram palavras de apoio nos últimos dias. Alguns de vocês estão preocupados com nosso silêncio, o que entendemos. Precisávamos de algum tempo para processar adequadamente as informações e apurar alguns fatos antes de fazermos uma declaração", diz a nota, inicialmente.

Em seguida, os músicos declaram: "Em primeiro lugar, NÃO toleramos nem apoiamos os motins ou atos de violência em que os manifestantes estiveram envolvidos em 6 de janeiro no edifício do Capitólio dos Estados Unidos. Esperamos que todos os envolvidos naquele dia sejam levados à justiça para serem investigados e responder por suas ações".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, eles afirmam: "Com o coração partido, destinamos nosso amor e compaixão a todos que sentiram a dor dos acontecimentos de 6 de janeiro. Estamos muito tristes e nossos sentimentos estão com as famílias das vidas perdidas naquele dia. Não há palavras adequadas para consolá-los. Apenas saibam que estamos com vocês em seu estarrecimento, tristeza e dor. Muito amor a todos vocês. Stu, Luke, Jake, Brent".

Hansi Kürsch, vocalista do Blind Guardian que trabalha com Jon Schaffer no Demons & Wizards, também emitiu uma nota condenando os atos registrados no Capitólio.

"Estamos profundamente chocados e nossos pensamentos estão com os familiares da falecida. Nos distanciamos expressamente de qualquer tipo de violência, independentemente se aplicada contra instituições ou pessoas. Os incidentes serão investigados exaustivamente e os responsáveis serão levados à justiça Pedimos que entendam que, tendo em vista a situação das notícias de última hora, não faremos mais comentários no momento", afirmou Kürsch.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Invasão do capitólio americano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS