RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


O grave erro do Pink Floyd que há décadas complica a vida de um renomado cientista

Por Bruce William
Postado em 09 de março de 2023

O Pink Floyd é uma das bandas mais icônicas e influentes da história da música, com uma longa carreira que abrange várias décadas, tendo apresentado ao longo dos anos obras trazendo musicalmente elementos de psicodelia, rock sinfônico e música eletrônica com doses precisas de experimentalismo praticados com criatividade ímpar. A guitarra de David Gilmour, o baixo de Roger Waters, os teclados de Richard Wright e a bateria de Nick Mason criaram um som único e inovador.

Pink Floyd - Mais Novidades

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E além das características musicais de sua obra, a banda é conhecida por suas letras profundas e metafóricas que abordam temas como alienação, loucura, guerra, política e a condição humana. Para criar estas imagens, as letras do Pink Floyd muitas vezes apresentam licenças poéticas, com o uso de linguagem figurada, neologismos e estruturas incomuns de frases. Por exemplo, na música "Comfortably Numb", a letra inclui a frase "Caught a fleeting glimpse, Out of the corner of my eye" que significa "Quando eu era criança tive uma visão fugaz saindo pelo canto do olho", uma frase de efeito que não segue a estrutura gramatical que seria de esperar e até parece estar errada, mas cria uma imagem visual intensa e marcante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outro exemplo é a música "Wish You Were Here", que contém a frase "And did they get you to trade your heroes for ghosts?", que em tradução literal quer dizer "Eles fizeram você trocar os seus heróis por fantasmas?", sendo que, neste caso, a palavra "ghosts" é usada metaforicamente para se referir a algo que não existe mais ou que já perdeu seu significado.

Além disso, as letras do Pink Floyd frequentemente utilizam rimas e repetições de palavras e frases, como em "Another Brick in the Wall (Part II)", onde a frase "We don't need no education" é repetida várias vezes para enfatizar a mensagem da música. Então fica claro que o uso de licença poética é uma parte importante da sua abordagem lírica, o que permite que a banda crie imagens fortes e profundas através de uma linguagem incomum e poética.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum que é uma obra prima do Pink Floyd e traz um erro no seu título

.

Em 1973 o Pink Floyd lançou seu oitavo disco de estúdio, "Dark Side of the Moon", que é considerado um dos maiores álbuns da história da música, combinando letras introspectivas e atmosféricas com arranjos complexos e experimentais e apresentando uma variedade de temas, incluindo a mortalidade, a insanidade, a guerra, a ganância e a alienação. A música é acompanhada por efeitos sonoros e vozes de fundo, que ajudam a criar uma atmosfera única e coesa.

Com um conceito que se desenvolve de forma contínua do início ao fim do álbum, "Dark Side of the Moon" é uma obra-prima que continua a inspirar e emocionar os ouvintes décadas após seu lançamento. E não somente isso, mas também difundir uma informação que não corresponde à verdade, disse o cientista e apresentador Neil deGrasse Tyson em agosto de 2017 durante conversa com a Hollywood Reporter. "Não existe um lado negro da lua", diz Tyson, que conta ter passado boa parte de sua vida explicando para as pessoas, sejam ou não fãs do Pink Floyd, que esta afirmação está incorreta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu coloco a culpa no Pink Floyd por causa disso. Não existe um lado negro. Existe um lado que está mais longe e outro que está mais próximo, mas os dois recebem a luz do sol. Porém como o Pink Floyd possui um disco com este nome, há décadas que eu venho lidando com esta ideia das pessoas, prossegue Neil, que depois faz uma observação irônica: "Como educador, se eu dispusesse de uma máquina do tempo, retornaria ao passado e alteraria o nome do álbum para 'The Far Side of the Moon' ("O lado distante da Lua"), e isto teria poupado muito tempo da minha vida".

O cientista observa ainda que, ao final da canção "Eclipse", alguém sussurra: "não existe um lado escuro da lua", mas a frase seguinte traz a confusão de volta ao dizer: "Tudo está escuro". Conforme aponta o Ultimate Classic Rock, quem narra a frase é Gerry O' Driscoll, um dos vários colaboradores do álbum, mas ele diz também uma outra frase que foi cortada na edição final do álbum e, caso tivesse sido deixada grafada nos sulcos, talvez até fosse elogiada por Tyson: "The only thing that makes it look light is the sun" ("A única coisa que faz a lua parecer brilhante é o sol").

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Bruce William

Quando Socram chegou no Whiplash.net era tudo mato, JPA lhe entregou uma foice e disse "go ahead!". Usou vários nomes, chegou a hora do "verdadeiro". Nunca teve pretensão de se dizer jornalista, no máximo historiador do rock, já que é formado na área. Continua apaixonado por uma Fuchsbau, que fica mais linda a cada dia que passa ♥. Na foto com a Melody, que já virou estrelinha...
Mais matérias de Bruce William.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS