Matérias Mais Lidas

imagemRevista Veja diz que Rock in Rio virou "túmulo do rock" e explica motivo

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum de David Bowie que Mick Jagger disse que achou "horrível"

imagemBaixista do Faith No More diz que integrantes odiavam músicas do "The Real Thing"

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemAntes mesmo do fim do primeiro semestre, Mike Portnoy escolhe seu "Álbum do ano"

imagemA história da capa de "Christ Illusion", que fez o Slayer ter problemas

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemRafael Bittencourt, do Angra, explica por quê está usando unhas postiças

imagemSem ter o que fazer, guitarrista do Journey comprou 150 guitarras durante a pandemia

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"


In-Edit

Pink Floyd: Roger Waters explica por que demitiu Richard Wright no "The Wall"

Por André Garcia
Em 15/06/22

A formação mais clássica do Pink Floyd foi composta por Roger Waters (baixo e vocal), David Gilmour (guitarra e vocal), Richard Wright (teclado e vocal) e Nick Mason (bateria). Ao longo dos anos 70, eles conseguiram o incrível feito de lançar uma obra-prima a cada dois anos: "Meddle" (1971), "The Dark Side of the Moon" (1973), "Wish You Were Here" (1975), "Animals" (1977) e "The Wall" (1979).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No entanto, o "The Wall" marcou a separação do quarteto com a demissão de Richard Wright durante as gravações. Além disso, internamente já havia o atrito e tensões entre a banda e seu baixista (e líder), cada vez mais autoritário e intransigente, o que culminou em sua saída em 1985.

Em entrevista de 2000 para a Classic Rock, Roger Waters contou seu lado da história por trás da demissão de Richard Wright.

"O começo do fim foi quando eu trouxe Bob Ezrin para produzir — eu precisava de ajuda para produzir aquele disco, era um projeto ambicioso. Até ali, nós sempre botávamos 'Produzido por Pink Floyd', mas a maior parte do trabalho era feito por mim e Dave [apelido que David Gilmour detesta]. Então informei a Nick [Mason] e Rick [Richard Wright] que Bob Ezrin produziria o disco comigo e Dave, mas, com todo respeito, eles não produziriam, porque nunca produziram. Nós consideramos justo que recebêssemos um ponto (um porcento), e o restante seria dividido por quatro."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme narrado por Waters, o diálogo se deu como segue abaixo:

Nick Mason: Tudo bem, sem problema.

Richard Wright: Eu posso produzir o disco, eu posso ajudar.

Roger Waters: Eu não acho que possa, Rick, você nunca ajudou no passado.

Richard Wright: Eu ajudei sim!

Roger Waters: Ok, vamos fazer o segunte: Vamos gravar o disco e, se você for visto produzindo, você recebe um ponto também. [O restante] a gente divide por quatro. É justo?

O baixista prosseguiu: "Então, após algumas semanas de trabalho, Rick estava no estúdio o tempo todo: do começo do expediente de manhã ao encerramento à noite. Aquilo não era normal. Um dia Bob Ezrin me perguntou o motivo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bob Ezrin: Por que isso?

Roger Waters: Você não está vendo? Ele acha que está produzindo o disco.

Bob Ezrin: Fala sério!

Roger Waters: Ele acha! Ele quer [receber] o ponto. Já notou como ocasionalmente ele diz "Ahn, ahn, ahn, eu não gostei disso"?

Bob Ezrin: Sim, isso é bem irritante.

Roger Waters: Ele pensa que isso é produzir um álbum. Pergunta a ele!

O baixista contou que o produtor foi realmente perguntar, e retornou dizendo: "'Você estava absolutamente certo. Bem, eu o disse que ele não está produzindo.' E depois daquilo Rick não aparecia mais, a não ser que precisássemos de uma parte de teclado. Ele tocava cada vez menos, e geralmente não estava realmente interessado. Se ele acreditasse ter composto uma parte de teclado divina, guardaria para um de seus álbuns solos horríveis. Ele não queria dividir nada com ninguém."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Enfim, estávamos no sul da França gravando o disco, e eu renegociei o contrato com a Sony para conseguir mais alguns pontos, mas a condição deles foi que recebessem o disco até o final de outubro. Nós tiramos férias em agosto. Eu montei um cronograma para nos reencontrarmos dia 5 de setembro, [mas] percebi que seria impossível. Eu perguntei a Ezrin se ele toparia concluir as partes de teclado a partir de 28 de agosto. Ele falou: 'Ah meu Deus, ok.'"

"Eu mandei Steve O’Rourke [agente do Pink Floyd] chamar Rick. Uns dois dias depois ele descobriu que Rick estava na Grécia. A mensagem foi: 'Manda Roger se f*der!' Então eu dei a ele um ultimato para obedecer, terminar o disco, receber sua parte e, então, pacificamente cair fora — ou nos veríamos no tribunal. Muito sabiamente, ele aceitou a proposta. De qualquer forma, eu não estava mais trabalhando com ele."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"E foi naquele ponto que eu tive uma reunião com Dave onde ele conhecidamente — ou infamemente — disse: 'Por que não nos livramos de Nick também?' E eu fiquei, tipo: 'Dave, Nick é meu amigo.'"

Para a turnê do The Wall, o Pink Floyd não encontrou um tecladista. Assim, ironicamente, Richard Wright retornou à banda, mas não mais como um membro, e sim como um mero músico contratado.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Pink Floyd: Waters e Mason topam se reunir em Glastonbury mas...


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.