Ace Frehley: "Tentei ser bissexual! Não é para mim!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Pontes, Fonte: Rolling Stone
Enviar correções  |  Ver Acessos

Recentemente, uma extensa reportagem foi realizada por Brian Hiatt para a revista Rolling Stone, abordando os 40 anos de estrada da lendária banda KISS. Entre as entrevistas concedidas pelos membros originais da banda, Ace Frehley falou sobre as acusações que Peter Criss fez em sua biografia, quando deu detalhes sobre as experiências bissexuais de Frehley nos anos 70, o guitarrista disse:

Álbuns: os vinte piores discos de todos os temposScorpions: As 20 melhores canções com temática romântica

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando você está doidão, faz qualquer coisa. E daí? Não significa nada. Sempre fui heterossexual. Tomei todas as drogas. Fiz ménage à trois e tudo o mais. Tentei ser bissexual. Não é para mim!".

A reportagem completa, pode ser lida na edição número 92 da revista Rolling Stone Brasil, lançada em maio de 2014.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Kiss"Todas as matérias sobre "Ace Frehley"


Kiss: Ace Frehley diz que turnê de despedida não pode ocorrer sem eleKiss
Ace Frehley diz que turnê de despedida não pode ocorrer sem ele

Carnaval 2016: Angra, Sepultura e Carlinhos Brown tocando KissCarnaval 2016
Angra, Sepultura e Carlinhos Brown tocando Kiss


Álbuns: os vinte piores discos de todos os temposÁlbuns
Os vinte piores discos de todos os tempos

Scorpions: As 20 melhores canções com temática românticaScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica


Sobre Paulo Pontes

Nascido em Valinhos, interior de São Paulo, é estudante de jornalismo e iniciou-se no universo do rock ouvindo Guns n' Roses. É fã de Led Zeppellin, Richie Kotzen e Edguy, mas adora o rock em todas as suas vertentes, do Classic Rock ao Black Metal. Depois de escutar o refrão de "Eagle Fly Free" pela primeira vez, passou a curtir muito Power Metal, e achou que jamais iria ouvir um refrão tão bom quanto aquele dentro de tal vertente, realmente estava certo, ainda não ouviu. Casado e pai de duas lindas meninas, também se diverte muito com bons filmes e livros.

Mais matérias de Paulo Pontes no Whiplash.Net.

Goo336x280