Sepultura: "Roots", ambivalente na forma, polivalente no conteúdo

Resenha - Roots - Sepultura

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Cunha
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Ao idealizar o disco Roots, os caras do Sepultura imergiram no universo dos nossos ancestrais mais diretos, os índios. A proposta era resgatar às origens brasileiras mediante a experiência dos nossos ascendentes, através de um processo de sociabilização que ocorreu na tribo dos Xavantes, localizada no estado do Mato Grosso/BRA.

Sepultura: duas drum cam de Eloy Casagrande no Rock in RioMetallica: foto rara de formação original do grupo

Tomando esta, como a principal etapa do projeto, o processo criacional do disco na aldeia consistiu de uma breve, mas produtiva interação entre indígenas e músicos, que compartilharam durante três dias, de alguns costumes e ritos da tribo.

Nesse contexto, a incorporação dos elementos percussivo-tribais pela banda, constituiu-se de um processo para além da dinâmica musical. Realizaram uma fusão dos elementos peculiares do estilo Heavy Metal com os sons da terra, resultando numa estética imanente de sons e de imagens.

Roots é um disco experimental. Lookaway, com Mike Patton (Faith No More), é um bom exemplo disto. Mas não é experimental apenas na engenharia do estúdio. Permeado de uma atmosfera sombria e orgânica, as imagens produzidas pelos sons engendram na mente um ambiente que remete a uma existência selvagem, onde a natureza reivindica a supremacia pela terra.

Roots também é conceitual. Suas letras privilegiam os aspectos da cultura do Brasil. Num apanhado geral, pode-se dizer que Roots Blood Roots proclama, num misto de angústia e alegria, o orgulho pelo "dom" de se reconhecer brasileiro; Endangered Species trata da espécie humana como refém de si mesma, e mais do que isto, como uma espécie ameaçada de extinção; Dictatorshit brada contra o golpe de 1964 e da ditadura instalada, que torturou e matou em nome da uma falsa liberdade; Ambush é um manifesto em defesa da Amazônia.

Contrapondo-se ao lado pesado do disco, tem-se dois momentos de suavidade e - porque não dizer - de delicadeza: as instrumentais Jasco, que evoca sentimentos que podem significar uma pausa na destruição das florestas, e, Itsári, que mostra os anfitriões em primeiro plano, contribuindo para um momento de expressiva musicalidade.

Roots, em sua totalidade, é uma miscelânea de sons, cores e formas que levam aos sentimentos mais diversos. Ambivalente na forma, polivalente no conteúdo. Uma obra que, sem dúvida, ressignificou o Heavy Metal enquanto gênero musical, dentro de um projeto de expressão artística universal, no qual a música continua a nos convidar à reflexão sobre a condição humana e sua relação com a natureza.


Outras resenhas de Roots - Sepultura

Sepultura: O mais premiado lançamento da bandaSepultura: entrou para a história da música pesada pela ousadia




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sepultura"


Sepultura: duas drum cam de Eloy Casagrande no Rock in Rio

Sepultura: novo álbum Quadra é conceitual e Andreas Kisser explica ideiaSepultura
Novo álbum Quadra é conceitual e Andreas Kisser explica ideia

Sepultura: banda mostrou a capa do álbum Quadra durante show no Rock in RioSepultura
Banda mostrou a capa do álbum Quadra durante show no Rock in Rio

Sepultura: no Rock in Rio, música nova e homenagem a Andre Matos; vídeosSepultura
No Rock in Rio, música nova e homenagem a Andre Matos; vídeos

Rock in Rio 2019: horários do dia do metal passam por pequena alteraçãoRock in Rio 2019
Horários do "dia do metal" passam por pequena alteração

Sepultura: Amilcar Christófaro substitui Eloy Casagrande durante show em festivalSepultura
Amilcar Christófaro substitui Eloy Casagrande durante show em festival

Sepultura: gravações do novo álbum já foram concluídas pela bandaSepultura
Gravações do novo álbum já foram concluídas pela banda

Sepultura: Faleceu pai de Eloy Casagrande

Sepultura: Andreas Kisser usará guitarra com cores do movimento LGBT no Rock in RioSepultura
Andreas Kisser usará guitarra com cores do movimento LGBT no Rock in Rio

Em 02/09/1993: Sepultura lançava o clássico "Chaos A.D."

Sepultura: novo álbum já tem nome, diz Andreas KisserSepultura
Novo álbum já tem nome, diz Andreas Kisser

Petbrick: ouça novo single de projeto experimental de Iggor Cavalera

Sepultura: conheça o ônibus de turnê da bandaSepultura
Conheça o ônibus de turnê da banda

Porta dos Fundos: Andreas Kisser e a cobrança dos metaleirosPorta dos Fundos
Andreas Kisser e a cobrança dos metaleiros

Igor Cavalera sobre Sepultura: Não gosto de falar de gente mortaIgor Cavalera sobre Sepultura
"Não gosto de falar de gente morta"


Metallica: foto rara de formação original do grupoMetallica
Foto rara de formação original do grupo

Andreas Kisser: Eloy Casagrande talvez não seja humanoAndreas Kisser
"Eloy Casagrande talvez não seja humano"

Dream Theater: semelhanças na capa de álbum?Dream Theater
Semelhanças na capa de álbum?

Metallica: foto rara de formação original do grupoMetallica
Foto rara de formação original do grupo

Andreas Kisser: Eloy Casagrande talvez não seja humanoAndreas Kisser
"Eloy Casagrande talvez não seja humano"

Dio: Vivian Campbell não tem boas recordações de Sacred HeartDio
Vivian Campbell não tem boas recordações de Sacred Heart

Queen: satisfeitos com Lambert, não querem mais ninguém após eleQueen
Satisfeitos com Lambert, não querem mais ninguém após ele


Sobre Ricardo Cunha

Editor no site Esteriltipo - Marketing de Conteúdo.

Mais matérias de Ricardo Cunha no Whiplash.Net.

adGooILQ