Iron Maiden: a explosão sonora que marcou a NWOBHM

Resenha - Iron Maiden - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Se você fosse fazer uma lista dos melhores álbuns de estréia, algo como um “Top 10”, quais discos você colocaria? “Black Sabbath”? “Appetite For Destruction”? “Kill `Em All”? Verdade é que, com exceção de dois ou três nomes, as listas não mudam muito. Afinal, mesmo de forma subconsciente, os critérios são mais ou menos os mesmos: histórico posterior das bandas, criatividade, inovação, representatividade, energia.
774 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosPhotoshop: Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

Em 1980, o IRON MAIDEN já tinha uma certa bagagem. Assim como os BEATLES pegaram experiência, vinte anos antes, tocando até a exaustão nos puteiros de Hamburgo, a banda inglesa já estava em atividade desde 1975 e, apesar de várias mudanças em sua formação (já ouviu falar em TONY MOORE nos teclados e TERRY WAPRAM na guitarra?), contavam com um fundador determinado, quase obstinado chamado STEVE HARRIS.

Assim, em 14 de abril daquele ano foi lançado na Inglaterra o debut da banda que, além de HARRIS, contava com DAVE MURRAY e DENNIS STRATTON (em seu único registro pela banda) nas guitarras, CLIVE BURR na bateria e PAUL DI'ANNO no vocal. “Iron Maiden” inauguraria uma nova fase do metal, capturando as guitarras duplas de WISHONE ASH e THIN LIZZY, a energia do JUDAS PRIEST e a sujeira punk dos BUZZCOCKS, resultando em uma explosão sonora que marcou, em definitivo, a história da NWOBHM.

“Prowler” aparece aqui em uma versão muito mais madura que a apresentada anteriormente em “The Soundhouse Tapes”: guitarras bem trabalhadas, costurando as terças com enorme precisão. “Remember Tomorrow” nos remete aos melhores registros do THIN LIZZY, com uma puta harmonia de fundo e com DI'ANNO provando que era muito mais que um cantor “tosqueira” - como muitos fãs radicais de DICKINSON o apontam.

Se “Running Free” é um manifesto punk, com a famosa letra (não autobiográfica, segundo consta) sobre uma suposta noite na cadeia e do espírito skinhead de PAUL, “Phantom Of The Opera” (com uma das melhores introduções da história do metal!!) e "Charlotte the Harlot" mostram toda a capacidade de síntese da banda - que permanece até hoje em suas composições: utilizar-se de vários elementos - sobretudo riffs e solos - sem cansar o ouvinte.

Agora, vale um parágrafo a parte para tratar de um mega clássico: “Iron Maiden” - a faixa – é mais do que a cereja do bolo - é o cartão de visita da banda. Repleta de pequenas variações e emoldurada por um baixo de alta intensidade – tudo isso tocado em pouco mais de três minutos - fez um “estrago” no mundo do metal comparado ao impacto do riff de “Whole Lotta Love” para o hard de doze anos antes.

“Iron Maiden” é o melhor disco do IRON? Não. Mas certamente é um dos melhores registros de estréia da história do rock n´roll.

Track list:

1. "Prowler"
2. "Remember Tomorrow"
3. "Running Free"
4. "Phantom of the Opera"
5. "Transylvania"
6. "Strange World"
7. "Charlotte the Harlot"
8. "Iron Maiden"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Iron Maiden - Iron Maiden

5000 acessosIron Maiden: 37 anos atrás, o primeiro álbum era lançado2704 acessosIron Maiden: já começava a definir seu estilo e personalidade3416 acessosIron Maiden: A estreia perfeita e fundamental em 19805000 acessosTradução - Iron Maiden - Iron Maiden

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 04 de julho de 2012

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

774 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa465 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela427 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Conheça outras capas do criador de The Book Of Souls

Iron MaidenIron Maiden
Veja Bruce abandonando o palco em 1999

Iron MaidenIron Maiden
Um brasileiro registrado com o nome da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "New Wave Of British Heavy Metal"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

PhotoshopPhotoshop
Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

Helter SkelterHelter Skelter
A música que Charles Manson "roubou" dos Beatles

Guns N RosesGuns N' Roses
O que ninguém deve fazer ao se tornar um rockstar

5000 acessosBin Laden: possível sucessor era músico de Death Metal5000 acessosIntrigas: Bandas em família que terminaram mal5000 acessosVinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?5000 acessosGuns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl Rose5000 acessosLinkin Park: Bennington fala sobre alcoolismo e abuso na infância5000 acessosVirais true: vídeos sobre Rock e Heavy Metal que bombaram em 2012

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online