Iron Maiden: A estreia perfeita e fundamental em 1980

Resenha - Iron Maiden - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Diego Cesar Bortolatto Simi
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Na Inglaterra em 1980, mais de 30 anos atrás, a banda que é considerada por muitos headbangers a maior de todos os tempos dava seu primeiro passo. O Iron Maiden lança seu disco de estréia homônimo, um dos maiores clássicos de todos os tempos, e foi a partir daí que começaria essa história de paixão pelo Heavy Metal que arrebataria gerações.
1890 acessosIron Maiden: Blaze explica por que Andre Matos teria sido melhor5000 acessosVitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do Backstage

O som do Iron Maiden nesse seu primeiro registro oficial, apesar de ser meio “cru” comparado aos discos vindouros, era agressivo e cheio de energia, percebia-se toda a garra, disposição e dedicação que era colocado em cada acorde de cada música. Nesses mais de 30 anos desde que “Iron Maiden” foi lançado, foi raro ver um álbum tão puro e verdadeiro como esse.

O disco abre com um clássico esquecido pela Donzela de Ferro, a música “Prowler”. Com riffs bem simples, o segredo dessa música está no refrão que te obriga a cantar junto. Logo em seguida, mais outro clássico, “Sanctuary” que possui um riff bem simples também e tem aquela pegada punk que só mesmo o vocalista Paul Di’Anno trazia ao Maiden.

Aliás, nenhum vocalista nesse mundo jamais cantou as músicas desse álbum como Paul Di’Anno. Ele não tem a mesma técnica e a mesma potência de Bruce Dickinson (que pra mim é o melhor vocalista da carreira do Maiden), mas Di’Anno compensava tudo com seu “feeling” inconfundível e sua agressividade, por isso ninguém nunca conseguiu superá-lo cantando esses clássicos, e é isso que vemos na ótima “Running Free”, outro hino da banda.

Embora a maioria das músicas desse disco ser bem simples, rápidas e curtas, o Iron Maiden conseguiu compor dois clássicos muito bem elaborados e até mais complexos, apontando os rumos futuros que a Donzela seguiria, e estes são “Remember Tomorrow” que é cheia de mudanças de andamento e tem um clima meio sombrio, e finalmente um dos maiores hinos da banda: “Phantom of the Opera”, que em cada acorde, cada riff e cada mudança de andamento revelam que Steve Harris é um mestre na arte de compor e tocar baixo.

Seguindo com a melhor música instrumental da história do Metal, a inesquecível “Transylvania”, o Iron Maiden abre caminho para a contagiante “Charlotte The Harlot”, mas o melhor estava por vir. Dave Murray e Dennis Stratton começam a executar um dos riffs mais famosos e assustadores do Heavy Metal, e quando entra a avassaladora bateria de Clive Burr, a pancadaria começa e surge um dos maiores clássicos de todos os tempos: “Iron Maiden”! tudo nessa música é perfeito, desde o simples solo de baixo no meio da música ao seu poderosíssimo refrão. Encerramento perfeito de um disco perfeito.

Definitivamente, foi uma estréia perfeita e fundamental para a construção dessa verdadeira entidade da música pesada, e que com certeza sobreviverá para sempre no coração dos fãs e de cada geração que se torna seguidora da Donzela de Ferro. “Iron Maiden” é um disco imortal.

Track list:
01 – “Prowler” – 3:55
02 – “Sanctuary” – 3:14
03 – “Remember Tomorrow” – 5:27
04 – “Running Free” – 3:17
05 – “Phantom of the Opera” – 7:08
06 – “Transylvania” – 4:19
07 – “Strange World” – 5:30
08 – “Charlotte The Harlot” – 4:12
09 – “Iron Maiden” – 3:35

Line-up:
Paul Di’Anno – vocal
Dave Murray – guitarra
Dennis Stratton – guitarra
Steve Harris – baixo
Clive Burr - bateria

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Iron Maiden - Iron Maiden

5000 acessosIron Maiden: 37 anos atrás, o primeiro álbum era lançado2705 acessosIron Maiden: já começava a definir seu estilo e personalidade3101 acessosIron Maiden: a explosão sonora que marcou a NWOBHM5000 acessosTradução - Iron Maiden - Iron Maiden

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

1890 acessosIron Maiden: Blaze explica por que Andre Matos teria sido melhor1475 acessosIron Maiden: Book Of Souls Tour chega ao fim ainda sem "Hallowed..."539 acessosIron Maiden: Quadrinhos e action figures na Comic-Con de San Diego860 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1281 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Sua primeira gravação e sua vida antes do Samson

Iron MaidenIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

Iron MaidenIron Maiden
Quando Benício Del Toro tietou filha de Adrian Smith

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Collectors RoomCollectors Room
A imensa coleção do apresentador Vitão Bonesso

BateristasBateristas
Os dez músicos mais loucos de todos os tempos

MegadethMegadeth
As 10 maiores tretas da história de Dave Mustaine

5000 acessosLinkin Park: Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?5000 acessosAs I Lay Dying: Banda cristã explica a proximidade com o Behemoth5000 acessosRock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionais4540 acessosBlack Sabbath: vocalista de 10 anos faz cover de "War Pigs"5000 acessosKiss: Gene Simmons não usa drogas nem bebe por respeitar a mãe5000 acessosKiss: a trágica história que inspirou "Detroit Rock City"

Sobre Diego Cesar Bortolatto Simi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online