Life Or Death: Passeio por tudo de bom da música pesada

Resenha - Abomination - Life Or Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alexandre Fernandes
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Mas que bela descoberta este lançamento do ano passado desses norte americanos do Life Or Death. Praticantes de um Groove/Thrash/Hardcore/Death Metal moderno e pesadíssimo, eles sentam a lenha neste ótimo "Abomination".

Músicas ruins: As 100 piores segundo o Aol Radio BlogKurt Cobain: a teoria de assassinato do músico

Ficou meio difícil mesmo rotular os caras, pois eles dão uma passeada geral por tudo que há de bom na música pesada e extrema. "Spirit Of Pain" já começa mostrando quem são os caras: um pouco de melodia, pra descambar em um riff muito pesado cheio de groove, que se torna algo mais rápido, beirando um Thrash Metal, que também flerta com o Death Metal, pra terminar em um breakdown que vai quebrar seu pescoço, vindo direto daquele hardcore praticado nos EUA atualmente. E olha, que estamos apenas na primeira faixa!

Mas a coisa continua violenta na incrível "Hammer To Teeth" (que riffs!), essa sim flertando ainda mais com o Death Metal. O peso segue na cadenciada "Backslasher", e na thrash "Saint Satan", talvez a melhor do álbum. Em seguida, vem a igualmente ótima "Sixes". Mas que sequência de tijoladas do Life Or Death!

"Assassins" e "Dwelling Lies" ainda mantém as coisas interessantes, nos brindando com tudo aquilo que os caras tem de melhor: as boas vocalizações raivosas que lembram muito o Phil Anselmo (Pantera) nos momentos mais gritados; os riffs pesadíssimos, ora velozes, ora cheios de groove; a bateria destruidora e o baixo pesado (ainda que quase inaudível) que dá às músicas a cadência que elas precisam.

Porém, nem tudo são flores: tirando os grandes riffs, inspiradíssimos, o resto você já ouviu por aí, parecem ter sido reciclados; faltaram mais alguns solo; as outras canções soam meio repetitivas, pois não há grande variação entre as faixas do álbum, e elas já não mantém o mesmo pique da ótima primeira metade do cd. Além do mais, a última faixa "Whitered And Beat", que é bem esquisita por sinal, está totalmente deslocada nesse trabalho. Desnecessário tentar mostrar essa veia melódica.

Mas o cd dos caras é muito bom, e merece uma audição de quem está a fim de tomar uma pedrada sonora nos tímpanos. Aumente o volume e vá correndo atrás dessa abominação!

Life Or Death
Abomination
2011

Tracklist
01 - Spirit Of Pain
02 - Hammer To teeth
03 - Backslasher
04 - Skeptic
05 - Saint Satan
06 - Sixes
07 - Humanity's Demise
08 - Assassins
09 - Dwelling Lies
10 - Abolitionist
11 - Human Threshold
12 - Allegory Of The Slave
13 - Withered And Beat




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Life Or Death"


Músicas ruins: As 100 piores segundo o Aol Radio BlogMúsicas ruins
As 100 piores segundo o Aol Radio Blog

Kurt Cobain: a teoria de assassinato do músicoKurt Cobain
A teoria de assassinato do músico


Sobre Alexandre Fernandes

De cabeça no mundo do rock há 7 anos, este jovem funcionário público, estudante de Comunicação Social (Jornalismo), busca contribuir à sua maneira com algo que gosta, resenhando, fazendo matérias e reportagens sobre o mundo da música pesada em geral. Fã de Death Metal/Grindcore à Metal Alternativo, não se priva de nada por causa de rótulos. Assim tem sido por esses 25 anos.

Mais matérias de Alexandre Fernandes no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336