Emblema: Entre o Rock Alternativo e o Vintage

Resenha - Keep Out From Me - Emblema

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É interessante ver como, muitas vezes, as maiores surpresas que temos vêm quando e de onde menos esperamos, e enchem os olhos de quem busca algo de novo e refrescante para os ouvidos e mentes, tão cansados das tendências repetitivas e clonagens. O EMBLEMA vem da Itália, e nos brinda com um belo CD em ‘Keep Out From Me’, quarto lançamento da banda desde sua formação, em 2004.
5000 acessosHeavy Metal: as 10 capas mais "de macho" de todos os tempos5000 acessosPhil Anselmo: Vocalista explica e se retrata por episódio racista

A banda trilha os caminhos do Rock Pop grudento, com certas nuances mais viscerais e diretas, algo entre o Rock Alternativo e o Vintage. Seria como um OASIS menos deprê, mais variado, agradável e bem feito, com algumas pitadinhas de AOR, e mesmo de JOY DIVISION, MORRISEY e THE SMITHS aqui e ali, que só fazem bem ao ouvinte. E vamos falar a verdade: fazer este estilo não é lá muito simples, pois podem existir muitos problemas se a banda não tiver talento e não gostar do que faz, o que não é o caso deste ótimo quarteto italiano.

A produção visual, apesar de bem simples, é bem cuidada, com apresentação muito bem feita. A parte sonora é bem limpa, mas quando a banda cisma de mostrar mais garra e rebeldia, eles conseguem sem o mínimo pudor, graças às guitarras bem feitas, cozinha eficiente e bons vocais.

As 8 faixas do CD são bem feitas e muito legais de se ouvir quando se quer diversão e curtição, tomar umas e conversar com aquela mina boazuda, o que não é errado, e há momentos em que você se pega cantarolando as músicas, pois empolgam bastante.

Faixas como a intensa ‘Break the Cover’, bem sentimental; a quase hard ‘Justified’, cujo refrão é bem empolgante e grudento; ‘Rusting All’, que tem um certo ‘q’ de PEARL JAM ‘old’; a faixa ‘Keep Out From Me’, onde o baixo trás à mente bandas com certos elementos do extinto Funk O’ Metal noventista; a ótima semi balada ‘A Step Ahead’, que emociona bastante o ouvinte; e a última, ‘Cut Them Entirely’, outra música mezzo balada, mezzo Rockão, que é de extremo bom gosto e bem legal.

Tem bastante futuro, e recomendo aos menos radicais e aos que curtem uma bela balada com bastante sexo, bebidas e, obviamente, muito ROCK AND ROLL!

Tracklist:

01. Break the Cover
02. Justified
03. Thrashing Smashing
04. Rusting All
05. Keep Out From Me
06. Day Off
07. A Step Ahead
08. Cut Them Entirely

Contatos:
http://www.emblema.name
http://www.myspace.com/emblemarockband
info@emblema.name

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Emblema"

Heavy MetalHeavy Metal
Manowar e outros entre as capas mais "de macho"

Phil AnselmoPhil Anselmo
Vocalista explica e se retrata por episódio racista

MetallicaMetallica
A reação de James a famosos usando camisetas da banda

5000 acessosFama: 5 bandas que são grandes no exterior e nem tanto no Brasil5000 acessosEurope: toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl Rose5000 acessosAndre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?5000 acessosMegadeth: para baixista, Mustaine inventou o Thrash5000 acessosFotos de Infância: Lemmy Kilmister, do Motorhead5000 acessosManowar: vídeo antigo mostra quebra de recorde mundial

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online