Dorsia: banda lança ERS-482

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Solano Alexandre Linck
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em outubro de 2013, a banda Dorsia, então formada por Jonas Germann, o Alemão/Farinha nos vocais, de Santa Cruz do Sul, Leandro Aguilar Neto, o Spetto, na bateria, de Porto Alegre, Wilson de Oliveira, o Billy, no contra-baixo de Estrela, e Solano Alexandre Linck, na guitarra, de Arroio do Meio, finalizava a masterização do segundo álbum. No entanto, antes de divulgação, Alemão/Farinha, não compareceu a um ensaio programado para ajustar o repertório dos novos shows. E nunca mais atendeu aos telefonemas.

Scorpions: a história por trás da música "Wind of Change"Contra-baixo: as melhores introduções do Heavy Metal

Diante da negativa a banda fez testes com outros vocalistas para substituir alemão. Entretanto, questões logísticas e conceituais inviabilizaram a progressão. Com isso, Spetto, também veio a abandonar o barco.

Então, Billy e Solano decidiram regravar todas as linhas de voz do álbum. A gravação foi concluída nas semanas seguintes ao ocorrido. 'Sempre soubemos cantar, mas devido à complexidade dos arranjos, achamos que imprescindível a necessidade de um vocalista. Nunca passou pela nossa mente fazer a dupla função', relataram.

A mixagem com as novas linhas vocais só ficou pronta em março de 2014, principalmente em decorrência do desânimo. 'Por anos deixamos nossa vida pessoal de lado para dedicação a um trabalho artístico, e quando ele fica pronto, não havia mais banda. Tiramos férias dessa rotina louca, para aproveitar um pouco a vida', comentam.

Em meio ao descanso, a dupla conheceu o multi-instrumentista Roger Corotto, de Imigrante, que apostou na amizade e no trabalho da Dorsia. O baterista Augusto Brock, de Arroio do Meio, que já havia tocado na banda nas primeiras formações, foi recrutado para o posto.

Solano e Billy, chegaram a ser convidados para o casamento de Alemão/Farinha em novembro de 2014. No evento, Alemão/Farinha, cogitou a vontade de voltar à Dorsia. Porém, não houve evolução nas negociações.

O ano de 2015 rendeu algumas apresentações e boas aventuras para contar.

Em fevereiro de 2016, Roger Corotto, anunciou o desligamento da banda em busca especialização em Engenharia Mecânica em Frankfurt, Alemanha, a partir de abril. 'Não tenho coragem pra largar investimentos feitos na carreira acadêmica para apostar tudo na música', declarou.

No mesmo embalo, Brock disse que a música pra ele somente era um hobbie, e que não tinha mais o mesmo prazer que antes. 'Na minha empresa tenha a satisfação de ver o crescimento do que é construído, na música não', compara.

Apesar do desligamento, Brock ainda executou os trabalhos de produção de imagem e vídeo da Dorsia. Billy e Solano, seguem o baile agora num projeto de power trio. 'Poderíamos recomeçar as sessões de filmagens do zero, mas tomaria mais tempo, e Brock e Corotto foram importantes no contexto histórico da banda[...] Com um power trio conseguiremos potencializar a essência', complementam.

O nome do álbum ERS-482, remete a estrada que passa no local onde a banda realiza ensaios. O asfaltamento da via iniciado duas vezes em 1998 e 2014, mas não foi concluído. A obra é um dos símbolos do desperdício de dinheiro público e de paciência da população local para realização do maior sonho coletivo da sociedade.

O clipe Funeral, que abre a divulgação do trabalho, é uma homenagem a entes queridos perdidos.

Link Clipe:
https://vimeo.com/162396762?utm_source=email&utm_medium=vime...

Link Álbum:
https://soundcloud.com/bandadorsia




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Dorsia"


Scorpions: a história por trás da música Wind of ChangeScorpions
A história por trás da música "Wind of Change"

Contra-baixo: as melhores introduções do Heavy MetalContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

Iron Maiden: como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?Iron Maiden
Como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?

Andre Matos: confira o incrível alcance do vocalistaAndre Matos
Confira o incrível alcance do vocalista

Scorpions: As 20 melhores canções com temática românticaScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica

Metallica: Cliff não conhecia Diamond Head e manjava Lynyrd e EaglesMetallica
Cliff não conhecia Diamond Head e manjava Lynyrd e Eagles

Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta


Sobre Solano Alexandre Linck

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGooILQ