Vlad in Tears: dark rock italiano classudo e empolgante

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Durr Campos, Fonte: Site oficial
Enviar correções  |  Comentários  | 


5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie5000 acessosIron Maiden: conheça parte da equipe e dos parentes

Os italianos do VLAD IN TEARS prometem fazer do próximo outono
europeu (nota do redator: primavera no Brasil) algo memorável. Berlim está na lista pois em setembro o já renomado evento NIGHT OF THE DAMNED, responsável por algumas das melhores baladas dark rock, darkwave, gothic e death rock, trará o grupo para uma apresentação especial na cidade. O local escolhido, Last Cathedral, possui a atmosfera perfeita ao som do quarteto. Para completar a noite dos amaldiçoados, o renomado DJ espanhol Richy Nox, hoje radicado em Berlim.

Foto: Francesco Torrice
Foto: Francesco Torrice

Mas quem diabos é o VLAD IN TEARS, você deve estar se perguntando. Um pouco de história então. Formada em 2005 por Kris Vlad, o embrião da banda tomou forma após o mesmo convidar seus irmãos Lex e Dario aos postos de guitarrista e baixista, respectivamente, além de seu melhor amigo, Alex, para o comando das baquetas. O nome foi aceito após sugestão do vocalista, pois sintetizava em si a proposta musical imediata dos italianos.

Após algumas dezenas de concertos veio a primeira demo-tape, “After The End”, contendo 10 canções repletas de lágrimas, obscuridade, melancolia e muita, muita paixão. A repercussão foi tamanha que algumas gravadoras começaram a enviar propostas à banda para o lançamento de um possível primeiro álbum de estúdio. A escolhida foi a Aural Music e com ela veio o debut “Seed of an Ancient Pain”, o qual recebeu da crítica o singelo título de “o melhor lançamento gótico independente de 2007”.

Três anos após o VLAD IN TEARS edita seu segundo disco, “Underskin”, o qual vai direto aos charts europeus por causa de canções como “You‘ll burn my dream” e “You‘ll come back to me”. Há alguns meses o terceiro registro em estúdio chegou às lojas sob o nome “Welcome to Vladyland”, trazendo consigo um leque maior de sonoridades e novos hinos fúnebres. Infelizmente, pouco após o lançamento, Lex deixou a banda, mas foi prontamente substituído por outro grande amigo, Antonio “Tony” Tari.

Os planos agora incluem o lançamento de um EP contendo cinco faixas previsto ainda para setembro, já batizado de “Night in Vladyland”, mostrando um direcionamento mais pesado, além de um full-length para a primavera de 2013, desta vez já de casa nova: a Echozone, uma subdivisão da major Sony.

Links relacionados:

Site oficial
http://www.vladintears.com
Facebook oficial
https://www.facebook.com/vladintears
MySpace
http://www.myspace.com/vladintears
Twitter
twitter.com/Vladintearsband
Gerenciamento
MORDHORST MUSIC - office@mordhorst-music.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Vlad in Tears"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosMomentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outros5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais5000 acessosAbout.com: site elege os 5 melhores álbuns do Slayer2185 acessosMetalblade: os 30 melhores lançamentos dos 30 primeiros anos5000 acessosVan Halen: o típico vocabulário da era David Lee Roth5000 acessosStones: alguém gritou "fora Dilma", alguém tomou as dores e começou a discussão

Sobre Durr Campos

Graduado em Jornalismo, o autor já atuou em diversos segmentos de sua área, mas a paixão pela música que tanto ama sempre falou mais alto e lá foi ele se aventurar pela Europa, onde reside atualmente e possui família. Lendo seus diversos artigos, reviews e traduções publicados aqui no site, pode-se ter uma ideia do leque de estilos que fazem sua cabeça. Como costuma dizer, não vê problema algum em colocar para tocar Napalm Death, seguido de algo do New Order ou Depeche Mode, daí viajar com Deep Purple, bailar com Journey, dar um tapa na Bay Area e finalizar o dia com alguma coisa do ABBA ou Impetigo.

Mais matérias de Durr Campos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online