Canilive: Novo nome do Death nacional

Resenha - Psychosomatic Schizophrenia - Canilive

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vicente Reckziegel
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O Canilive surgiu no Rio de Janeiro há exatamente 10 anos, e passaram por aqueles contratempos que quase todas nossas bandas enfrentam, o que inclusive ocasionou um hiato em suas atividades. Mas que enfim lançam seu EP de estréia, “Psychosomatic Schizophrenia”, onde já de cara dá para destacar a bela capa, condizente com as letras contidas no álbum.

Death Metal: menina de 6 anos detona no America's Got TalentRegis Tadeu: Cinco bandas de metal nacional que nada devem aos "gringos"

Imagem

E temos aqui todos os predicados que fazem a alegria dos fãs do Death Metal. Riffs e bateria absurdamente pesados, criando um clima perfeito para o pesadelo sonoro que o quinteto mostra para seus aficionados. As faixas em si são bem uniformes, sendo difícil escolher maiores destaques, mas a pesadíssima “The Celebration of Ignorance” ficou perfeita, sem dever nada as grandes bandas do estilo, mostrando o caminho a ser seguido pela banda.

O vocal de Gustavo Moreira também é um dos destaques, passeando pelo gutural e o rasgado da forma correta, parecendo em alguns momentos com Glen Benton e Chris Barnes. Só que justamente um dos destaques acaba sendo o maior senão de “Psychosomatic Schizophrenia”, pois o mesmo às vezes exagera no chamado Pig Squeal, o que acabou por deixar a audição do EP em alguns momentos um pouco cansativo, principalmente na faixa “Modification”, onde inclusive achei que um grilo havia entrado no cd player...

Tirando esse detalhe, que é facilmente corrigível, os próximos passos do Canilive devem ser observados com toda atenção, pois potencial para constar nas fileiras do Brutal Death Metal nacional os mesmos possuem. Mas é mais recomendado para os verdadeiros fãs do estilo.

Formação:
Gustavo Moreira – vocal
Raphael Dizus – guitarra
Alcindo Neto – guitarra
Caio Planinschek – baixo
Alberto Armada – bateria

5 Faixas – 17:25

Tracklist:
01. The Posthumous State Of Mind
02. The March For Excellence
03. The Celebration Of Ignorance
04. Witnessing Your Fall
05. Modification (Bônus)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Psychosomatic Schizophrenia - Canilive

Canilive: brutalidade, técnica e velocidade do Brutal Death MetalCanilive: EP dá mostras de um grande poder de fogo

Todas as matérias e notícias sobre "Canilive"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Canilive"

Death Metal
Menina de 6 anos detona no America's Got Talent

Regis Tadeu
Cinco bandas de metal nacional que nada devem aos "gringos"

Black Sabbath
Banda é inspiração para o Restart?

Iron Maiden: o que os grandes músicos acham da banda?Slipknot: causando medo no cantor Latino durante o Rock In RioAs regras do Death MetalLoudwire: Os 20 melhores álbuns de Rock de 2014Death Metal: uma impressionante performance com um gato gordoJack Black: "Dio era meu vocalista de Heavy Metal favorito"

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online