Resenha - Fistfull Of Metal - Anthrax

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Fistfull Of Metal - Anthrax


  | Comentários:

Nota: 10

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Muito se fala de como teria surgido o Thrash Metal. Para uns, uma derivação mais melódica do Hardcore, para outros um Heavy Metal mais agressivo, desprovido de muita melodia, com guitarras agressivas e bateria super rápida. Mas a verdade é que é um estilo que marcou época, graças a bandas como Metallica, Slayer e Anthrax, que poderíamos considerar como os divulgadores do estilo, já que a paternidade caberia a todas as bandas que praticaram heavy metal e experimentaram a velocidade e agressividade além da conta.

“Fistful of Metal” foi lançado em 1983. A banda tinha em seu line up Neil Turbin nos vocais, Scott Ian e Dan Spitz nas guitarras, Dan Linker (que também viria a tocar no SOD) no baixo e o monstro Charlie Bernante na bateria. O que vemos aqui é uma banda fortemente influenciada por Judas Priest e com uma pegada punk e metal muito acentuada. Isso já fica evidente na faixa de abertura, “Deathrider”, aonde a parede de guitarras abre espaço para o vocal afinadíssimo de Neil Turbin, sem dúvida um grande vocalista, influenciado por Rob Halford, mas que seria substituído mais tarde pelo competentíssimo Joey Belladonna. A segunda faixa é uma pérola hardcore, “Metal Trashing Mad”, que foi tocada pela banda no ao-vivo “The Island Years”, com Joey Belladonna no vocal. O cd investe com maestria na mistura de hardcore e metal, que viriam a se chamar de speed metal, ou seja, muita velocidade e agressividade, como podemos conferir nas faixas “Panic” e “Subjugator”.

A banda ainda nos brindaria com um excelente cover para “I’m Eighteen”, de Alice Cooper, devidamente metalizado, e com faixas mais cadenciadas, como a empolgante “Death from Above” (com show de bateria e guitarras) e a pesadíssima “Anthrax”, com os riffs sempre animais de Scott Ian, sem dúvida uma das melhores guitarras do heavy metal. Ainda haveria espaço para o curto, mas extremamente agressivo instrumental “Across the River”, e para a faixa que fecha o álbum, a mais acessível de todas e sem dúvida o destaque maior, “Howling Furies” (pena que a banda não toque mais essa faixa ao vivo), com direito a duelo maideniano de guitarras.

É claro que outros lançamentos do Anthrax seriam tão bons ou melhores que este, mas esta é uma banda que bate no peito e diz que estreou em grande estilo.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Anthrax"

Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Altitudes & Attitude: projeto de David Ellefson e Frank Bello
Anthrax: Scott Ian se arrisca em novo tipo de show
Scott Ian: melhorando a cada dia no stand up
Scott Ian: ele não é desses de dar conteúdo de graça na Internet
Kiss: Scott Ian defende a decisão do grupo no Rock Hall
Anthrax: para Scott Ian a banda está mais amiga do que nunca
Scott Ian: "Não se enganem. Eu amo Joey Belladona"
Scott Ian: se não se divertisse, não faria mais turnês
Anthrax: Joey Belladona nunca achou seu lugar na banda
Anthrax: Scott Ian otimista quanto a possível reunião do Big Four
Anthrax: jamais encoste na barbicha de Scott Ian
Anthrax: "Não importa o que as outras pessoas fazem ou pensam"
Anthrax: lançados aneis oficiais da banda pela The Great Frog
Metallica: Scott Ian comenta sobre a morte de Cliff Burton

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas