Matérias Mais Lidas

Eric Clapton: detonado por Ginger, Alex Skolnick e outros; uma vez FDP, sempre FDPEric Clapton
Detonado por Ginger, Alex Skolnick e outros; "uma vez FDP, sempre FDP"

Doutrinador: Bruce usa camiseta de anti-herói brasileiro para falar sobre novo álbumDoutrinador
Bruce usa camiseta de anti-herói brasileiro para falar sobre novo álbum

Baixo: por que tocar o instrumento é mais difícil do que parece, segundo Paul GilbertBaixo
Por que tocar o instrumento é mais difícil do que parece, segundo Paul Gilbert

Eddie Van Halen: por que a parte mais legal dele era ser um atleta, segundo Paul GilbertEddie Van Halen
Por que a parte mais legal dele era ser um atleta, segundo Paul Gilbert

Renato Russo: Falei merda né?; quando a inveja tomou as bandas brasileirasRenato Russo
"Falei merda né?"; quando a inveja tomou as bandas brasileiras

Iron Maiden: a reação de Bruce Dickinson ao ficar sabendo do título do próximo álbumIron Maiden
A reação de Bruce Dickinson ao ficar sabendo do título do próximo álbum

Guns N' Roses: a curiosa história da última foto de Axl e Slash num show em 23 anosGuns N' Roses
A curiosa história da última foto de Axl e Slash num show em 23 anos

Pitty: cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidasPitty
Cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidas

Bruce Dickinson: participação em tributo a Jon Lord com Roger GloverBruce Dickinson
Participação em tributo a Jon Lord com Roger Glover

Eric Clapton: músico diz sentir vergonha de comentários racistasEric Clapton
Músico diz sentir vergonha de comentários racistas

Killswitch Engage: os fãs do Iron Maiden são muito impacientes, mas eu entendoKillswitch Engage
"os fãs do Iron Maiden são muito impacientes, mas eu entendo"

Iron Maiden: ouvindo reclamações dos fãs, artista brasileiro melhora capa de SenjutsuIron Maiden
Ouvindo reclamações dos fãs, artista brasileiro melhora capa de "Senjutsu"

Tim Ripper Owens: cantando clássicos do Judas Priest, Iced Earth, Sabbath e DioTim "Ripper" Owens
Cantando clássicos do Judas Priest, Iced Earth, Sabbath e Dio

America's Got Talent: jovem de 14 anos é ovacionado com Somebody To Love, do QueenAmerica's Got Talent
Jovem de 14 anos é ovacionado com "Somebody To Love", do Queen

David Gilmour: surpreendendo ao revelar sua música favorita de todos os temposDavid Gilmour
Surpreendendo ao revelar sua música favorita de todos os tempos


Pentral

AC/DC: Obrigado Malcolm. Muito obrigado mesmo.

Por Guilherme Lemke Zimmermann
Fonte: Mediocridade Agressiva
Em 02/12/17

Já era tempo de escrever-lhes esta resenha mais do que atrasada. Durante muito tempo eu quis escrever algo assim, mas nunca me tinha surgido a oportunidade pra fazer isso. Mas considerando as circunstâncias e a recente morte de um dos guitarristas mais emblemáticos do nosso tempo, acho que agora é uma hora melhor do que qualquer outra.

Não deve ser segredo pra mais ninguém a morte do Malcolm Young, fundador do AC/DC. A notícia, apesar de não ser uma surpresa, não deixa de aparecer como choque, principalmente devido ao modo como morreu. Não foi um cliché do Rock N' Roll, morrendo de overdose, ou bêbado em algum lugar (me desculpe, Bon Scott, não era tão cliché na sua época). Ainda mais a personalidade calma e reservada dele nos fazia sempre esquecer de quem era realmente a cabeça pensante por trás do AC/DC e principalmente, quem realmente havia revolucionado o jeito de se fazer Rock N' Roll, da forma mais pura, simples e direta que se tem notícia até hoje.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas esse texto não é mais uma daquelas homenagens simplórias a uma pessoa que nunca conheci. Acho que essa é a hora mais sensata de se fazer algo que eu venho querendo fazer há já um bom tempo. Resenhar o primeiro disco do AC/DC.

Tarefa difícil, principalmente quando se ouve esse disco à luz de tudo o que veio depois. Além disso, porque resenhar um álbum lançado em 1976? (Em 1975, somente na Austrália). Mas ouvir com os ouvidos críticos um disco tão antigo, e que teve tanta importância na história da música, mais de quarenta anos depois do seu lançamento é sem dúvida, no mínimo, uma experiência interessante.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Eu me lembro muito bem da primeira vez que eu ouvi esse álbum. Só não lembro a época, mas o dia está bem claro na minha mente. Eu devia ter uns doze, talvez menos. Estava com uns amigos na casa de praia jogando videogame (Tony Hawk Pro Skater 4, grande jogo) e de repente começam os primeiros acordes de T.N.T., enquanto o vocal potente e delirante de Bon Scott entrava nos meus ouvidos como uma bala cortando tudo, como uma verdadeira explosão de pura adrenalina, mais do que qualquer jogo de videogame seria capaz de me proporcionar. Eu fiquei ali naquela tarde, jogando quase o dia inteiro, esperando ansiosamente cada vez que essa música começava, e tentava (em vão) fazer as manobras com botões, enquanto a guitarra de Angus Young vociferava na minha cabeça de um jeito que nenhuma música tinha feito até então. Era algo poderoso, mais do que qualquer outra coisa que já tivesse acontecido comigo.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Eu já gostava de Rock, sim, mas eram as bandas que estavam na moda na época. Era o início dos anos 2000, Green Day e Offspring dominavam as rádios e os pôsteres do meu quarto. E por mais que eu ainda seja muito fã dessas duas bandas, nenhuma outra me pegou tão desprevenido e de forma tão intensa quanto o poder do AC/DC.

Me lembro claramente do dia em que perguntei pro meu amigo (que era também o dono do videogame) que porra de música era aquela. Eu nunca tinha ouvido nada daquele tipo. Nada tão clássico e atemporal. E ele me disse quem era.

Na época o acesso a internet não era tão simples, então eu tive que esperar pelo menos algumas semanas até poder pesquisar sobre quem eram aqueles malucos que eu tinha ouvido. E me deparei com a música T.N.T., ao vivo, já com Brian Johnson. Isso me leva novamente a me lembrar de como é interessante a primeira experiência que temos quando ouvimos uma música nova. E principalmente, como é bizarro a forma como o AC/DC é poderoso, como cada música nova, cada disco, cada show ao vivo nos surpreende, nos pega pelos pés, nos põe de cabeça pra baixo e nos enche de tapas na cara gritando no ouvido "Isso aqui é ROCK N' ROLL"!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aquele show que eu vi, não me lembro até hoje qual era, me pegou de surpresa. Era Rock N' Roll puro. Era clássico. Era eletrizante. Não consegui tirar aquilo da minha cabeça. Mesmo quando eu ia dormir eu sentia minha cabeça batendo no mesmo compasso.

E o primeiro álbum que eu ouvi inteiro do AC/DC foi justamente o primeiro. Me parece que eles não só chegaram na minha playlist como uma martelada na cabeça. Foi assim no mundo inteiro. High Voltage é uma força poderosa, uma coisa sem igual, podendo ser comparada somente com os outros álbuns do próprio AC/DC. Tem tudo ali. Tudo o que uma grande banda precisa ter. Sincronia, uma voz poderosa, uma pegada sem igual, solos alucinantes. E principalmente, sem perder a compostura, tudo muito bem marcado, tudo muito bem feito, com alma.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

É isso. Rock N' Roll com alma. Coisa que já não se vê hoje em dia, em época de Instagram, bandas Nutella e sei lá mais o quê. Foda-se. Ouça a música. Sinta o poder que aquilo pode te proporcionar. Esqueça do celular, do computador, do seu ego ranzinza, da sua dor nas costas e deixe a música te levar aonde ela me levou, enquanto balançávamos nossas cabeças naquela sala de estar, na frente de um videogame gritando "T.N.T."!

E foi naquele dia, quando eu ouvi o High Voltage pela primeira vez que eu soube que queria tocar guitarra. "Porra, eu tenho que tocar tão bem quanto esse cara"! Mal sabia eu que o cara que eu achava o melhor do mundo, era na verdade o showman, o cara que aparecia na capa do disco, enquanto que o irmão dele, recluso e reservado atrás do palco era a verdadeira cabeça, o verdadeiro Guitar Hero (jogo que eu nunca joguei, estava ocupado demais tocando guitarra de verdade).

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Não me levem a mal, eu sempre considerei o Angus Young um dos meus guitarristas preferidos. E também não tenho nada contra Guitar Hero. Mas quando eu lembro dessas histórias, das primeiras vezes que eu ouvi Rock clássico, do show do AC/DC que eu fui em 2009 (história que fica pra outro texto), não posso deixar de reconhecer a importância dessa grande lenda que foi o Malcolm Young. O cara por trás do poder. O cara com o poder nas mãos.

High Voltage é até hoje um dos meus discos preferidos. Sempre ando com ele no carro, junto de toda a discografia do AC/DC, enquanto tento acelerar, xingando alto o velhinho do Corolla na minha frente que não sabe pra que serve o pedal da direita. Porque convenhamos, quem realmente consegue ficar parado com uma cerveja na mão ouvindo The Jack? (Se dirigir não beba).

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas depois de tudo isso, depois de tudo o que eu disse nesse texto, não acho que há mais o que falar. Sobre o High Voltage, o disco ainda está aí, é uma das maiores obras-primas da história da música e ponto. Ouça e confirme por si mesmo.

E pra terminar essa resenha (que nem sei se posso chamar de resenha), só tenho realmente uma única coisa a dizer que pode resumir tudo o que eu escrevi. Obrigado Malcolm. Muito obrigado mesmo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

AC/DC: banda lança linha de roupas para os pequenos rockeirosAC/DC
Banda lança linha de roupas para os "pequenos rockeiros"

AC/DC: membros do Exodus e Death Angel prestam tributo chamado AC/DZAC/DC
Membros do Exodus e Death Angel prestam tributo chamado AC/DZ

AC/DC: nova cerveja da banda terá 6.66% ABVAC/DC
Nova cerveja da banda terá 6.66% ABV

Rock in Rio: a jogada de mestre que fez o festival ter tantas grandes bandas em 1985Rock in Rio
A jogada de mestre que fez o festival ter tantas grandes bandas em 1985

Youtube: Os 100 vídeos de Rock mais vistos na plataforma (vídeo e playlist)Youtube
Os 100 vídeos de Rock mais vistos na plataforma (vídeo e playlist)

YouTube: de Metallica a AC/DC, os próximos clipes de rock a atingir 1 bilhão de viewsYouTube
De Metallica a AC/DC, os próximos clipes de rock a atingir 1 bilhão de views

Lista: cinco bandas que continuaram na ativa após morte trágica de algum integranteLista
Cinco bandas que continuaram na ativa após morte trágica de algum integrante

AC/DC: Axl Rose atrasava para os shows com a banda? Chris Slade respondeAC/DC
Axl Rose atrasava para os shows com a banda? Chris Slade responde

AC/DC: Sabia que seríamos um sucesso mundial, mas não tão grandeAC/DC
"Sabia que seríamos um sucesso mundial, mas não tão grande"

Ted Nugent: Ele conta que recusou droga de Jimi Hendrix e que Bon Scott vivia bêbadoTed Nugent
Ele conta que recusou droga de Jimi Hendrix e que Bon Scott vivia bêbado

AC/DC: Chris Slade elogia Axl Rose na banda; não fazia ideia que ele cantava assimAC/DC
Chris Slade elogia Axl Rose na banda; "não fazia ideia que ele cantava assim"

Dee Snider: veja o vocalista cantando AC/DC e Ratt com o supergrupo Kings of ChaosDee Snider
Veja o vocalista cantando AC/DC e Ratt com o supergrupo Kings of Chaos

Rock e organização: músicas para deixar a faxina do final de semana mais animadaRock e organização
Músicas para deixar a faxina do final de semana mais animada

AC/DC: a reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vezAC/DC
A reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vez

AC/DC: confira o vídeo oficial de Witch's Spell, lançado nesta quarta-feira (9)AC/DC
Confira o vídeo oficial de "Witch's Spell", lançado nesta quarta-feira (9)


AC/DC: Phil Rudd topa voltar se Axl Rose cair foraAC/DC
Phil Rudd topa voltar se Axl Rose cair fora

Ultimate Classic Rock: Quem pode substituir Brian Johnson no AC/DC?Ultimate Classic Rock
Quem pode substituir Brian Johnson no AC/DC?

Total Guitar: os melhores e piores covers da históriaTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista