Preto Massa: Música nova com produção do baixista do Jota Quest

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Sidney Filho, Fonte: Preto Massa, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A banda Preto Massa gravou uma música nova ("Chinelo de Dedo"), que contou com a produção do PJ, baixista do Jota Quest! A música foi gravada no estúdio do Jota!

Michael Kiske: "O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"Cinema: 60 filmes pra quem ama Rock e Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante anos, Ale Massau (voz), Fabinho Ferreira (baixo), Egler Bruno (guitarra) e Xande Tamietti (bateria) contribuíram com a música brasileira ao tocarem com artistas revelantes, entre eles Toni Garrido, Emmerson Nogueira e Flávio Renegado, e bandas renomadas, como Pato Fu, Cidade Negra e Berimbrown. O encontro entre eles sempre ocorria entre um show e outro, nos bastidores e em bares. O papo despretensioso e a amizade entre os músicos desencadeou a vontade de montar uma banda de rock autoral. Após amadurecerem a ideia, eles criaram o Preto Massa, que lança o seu disco de estreia, homônimo. Duas músicas do trabalho, Fumaça e O Que a Gente Vê, foram parar na programação da 89FM (a rádio rock) espontaneamente.

A primeira impressão é que o disco se trata de um rock and roll sem frescuras, daqueles que não aparecem há tempos no cenário brasileiro, mas o álbum vai além. A experiência dos integrantes em outros grupos fez com que cada um acrescentasse referências externas à sonoridade. Com uma pegada cheia de groove, eles fazem uma fusão do rock com o hip hop, o funk, entre outros gêneros, o que resulta em um trabalho azeitado e de extremo apelo pop.

O equilíbrio entre o peso e a melodia do conjunto é sentido justamente pela variedade rítmica apresentada, que vai da pauleira com letras de protesto em

Fumaça e O Que a Gente Vê a baladas, como Rege a Vida. A faixa Tudo o Que Eu Preciso evidencia o belo timbre do vocalista Ale Massau e o virtuosismo da guitarra de Egler Bruno. No palco, o grupo ainda mostra entrosamento em shows enérgicos e com bases precisas construídas pelo baixo de Fabinho Ferreira. Os dezoito anos de trabalho ao lado do Pato Fu fez com que o baterista Xande Tamietti desenvolvesse pleno domínio do seu instrumento, assim como uma liderança natural por meio das baquetas e atitude nas apresentações.

Após a participação no programa Superstar com apresentações semanais ao vivo na TV Globo, o grupo segue em turnê enquanto inicia a produção do novo álbum.

Entre as onze faixas do disco, apenas duas não são autorais: Injuriado e Não Pode, do conterrâneo Vander Lee e do compositor Tony Bizarro, respectivamente.

Faixas:
1) Riff
2) Fumaça
3) Frases Mortas
4) O Que A Gente Vê 5 Tua Ausência
6) Injuriado
7) Rege A Vida
8) Tudo O Que Eu Preciso
9) Desabafo
10) Não Pode
11) Por Entre Os Dedos

Site:
www.pretomassa.com.br

"Fumaça":




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Preto Massa"


Michael Kiske: O Iron Maiden vende a morte às pessoas!Michael Kiske
"O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"

Cinema: 60 filmes pra quem ama Rock e MetalCinema
60 filmes pra quem ama Rock e Metal


Sobre Sidney Filho

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336