RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


A aparentemente simples música que John Bonham não conseguia tocar

Por André Garcia
Postado em 11 de junho de 2022

Formado em 1968, o Led Zeppelin foi uma das maiores bandas do mundo nos anos 70. E é comumente apontado como uma das maiores influências do heavy metal em muito por conta da guitarra de Jimmy Page e a bateria de John Bonham.

Led Zeppelin - Mais Novidades

Foto: Rhino - Atlantic Records - Michael Ochs
Foto: Rhino - Atlantic Records - Michael Ochs
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O baterista não apenas combinava técnica, velocidade e peso, como ainda foi um dos pioneiros em acompanhar os riffs de guitarra em seu instrumento. Falecido em 1980, deixou um legado que ainda influencia músicos surgidos décadas depois, como Matt Helders, baterista do Arctic Monkeys.

"Ele é alguém a quem eu sempre volto", declarou Matt enquanto falava da faixa "Moby Dick". "Aquilo me dá arrepios... sem exagero! Eu nem consigo explicar como aquilo mexe comigo. É perfeito, absolutamente perfeito. Soa intangível alcançar aquele nível. Não é que seja difícil — muitos podem aprender a tocar, com certeza muitos aprenderam. Mas a forma como ele executa é tão única, porque há tanta personalidade própria nela."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entretanto, apesar de ter sido um baterista monstruoso, conforme publicado pela Far Out Magazine, em uma música do Led Zeppelin em específico ele teve dificuldade para tocar: "Four Sticks", uma das mais obscuras faixas do "Led Zeppelin IV" (1971).

Apesar de conduzida por um riff simples, possui uma batida percussiva pouco convencional no compasso 5/4, e que ainda muda no refrão para 6/8. Dominar esses tempos e transitar entre eles de forma ao mesmo tempo fluída e brusca, deu um tremendo trabalho a John Bonham, como disse o baixista John Paul Jones:

"Levou um tempão para ele [John Bonham] pegar 'Four Sticks'. "Eu devia ser o único que conseguia realmente contar [os compassos]. [Jimmy] Page tocava algo e [John] dizia: 'Legal! Mas qual é a primeira batida?' Ele não conseguia contar o que estava tocando. Se colocar a primeira batida no lugar errado, você está totalmente ferrado."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jimmy Page certa vez disse que a intenção de "Four Sticks" era ser abstrata, e que, no final das contas, Bonham a finalizou em duas tentativas — não por ter acertado em cheio, mas porque "era fisicamente impossível para ele gravar outro [take]."

Duas coisas ajudaram o baterista a superar aquele obstáculo: uma cerveja e a bateria de "Keep a Knockin'", de Little Richard. Música de onde Bonham tirou a introdução de "Rock and Roll", ela foi gravada por Charles Connon, aquele que de acordo com James Brown "foi o primeiro baterista a botar funk no ritmo".

No fim das contas, se recusando a ser derrotado pela faixa, o lendário baterista do Led Zeppelin não apenas conseguiu tocar a música como ainda o fez usando duas baquetas em cada mão. Daí vem o título, que significa "quatro baquetas", em livre tradução. E ele ainda conseguiu trinfar sobre ela a tocando ao vivo (mesmo que apenas uma vez), como pode ser ouvido abaixo:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS