Rock: alguns dos discos mais raros (e caros) do mundo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar Correções  

publicidade

A lista abaixo compila alguns dos discos mais raros e caros do universo de quem coleciona música. Foquei apenas em álbuns e EPs, deixando os singles/compactos de fora. Outro corte foi a opção de trazer apenas títulos de artistas populares e conhecidos, e que se encaixam no universo do rock and roll.

publicidade

Desnecessário dizer que todos os títulos referem-se ao formato LP, que os preços indicados variam conforme o estado de conservação (os valores citados são os utilizados em sites destinados a colecionadores de discos como Eil, MusicStack e outros) e são relativos apenas às edições cujas características são explicadas no texto que acompanha cada um dos títulos.

publicidade

Bob Dylan - The Freewheelin’ Bob Dylan (1963)

A primeira versão norte-americana, com prensagem limitada a poucos exemplares, vinha com quatro músicas que foram retiradas das edições anteriores: "Rocks and Gravel", "Let Me Die in My Footsteps", "Gamblin' Willie’s Dead Man’s Hand" e "Talkin' John Birch Blue". A versão com essas faixas incluídas é extremamente rara e vale entre 20 e 30 mil dólares.

publicidade

The Beatles - Please Please Me (1963)

A primeira prensagem em estéreo lançada pela Parlophone vinha com a palavra "Stereo" escrita nas cores dourada e preta no label (o selo circular que fica no centro dos LPs). Essa rara edição vale entre 15 e 20 mil dólares entre os colecionadores.

publicidade

The Beatles - Yesterday … and Today (1966)

A versão em estéreo desta compilação, com a famosa capa em que os Beatles posam ao lado de bonecas decapitadas e membros humanos ensanguentados (conhecida como "Butcher Cover" entre os fãs), é muito difícil de encontrar e, dependendo do estado de conservação, vale entre 7 e 15 mil dólares.

publicidade

The Beatles - White Album (1968)

Versão inglesa exportada para diferentes partes do mundo, onde o label central não é o da Apple Records presente na versão comum, mas sim o da Parlophone nas cores preta e dourada. Além disso, a capa e os pôsteres internos com fotos dos integrantes contém laminação em brilho. Essa edição vale entre 2 e 12 mil dólares para os colecionadores do Fab Four.

publicidade

The Misfits - Horror Business (1979)

A primeira prensagem deste EP, em vinil preto, foi limitada a apenas 25 cópias. Por esta razão, o item está avaliado entre 2.500 e 10 mil dólares no mercado de colecionadores.

publicidade

Led Zeppelin - Led Zeppelin (1969)

O primeiro disco do Led Zeppelin teve uma capa variante onde o nome da banda e a marca da Atlantic foram impressas em azul turquesa. Bastante rara, essa versão vale entre 5 e 7.500 dólares entre os colecionadores.

The Beatles - Yellow Submarine (1969)

Versão inglesa produzida para o mercado externo, com o label da Odeon e limitada a apenas 300 cópias. Cotação: entre 4 e 6 mil dólares.

Led Zeppelin - Classic Records Road Case (2006)

Caixa com 48 LPs trazendo toda a discografia do Led Zeppelin em vinis de 78 rotações acondicionados em um road case de metal. Está cotada entre 3 e 5 mil dólares.

The Misfits - Legacy of Brutality (1985)

Compilação lançada em 1985, cuja tiragem teve 16 cópias prensadas em vinil rosa. Cada uma delas vale entre 2 e 5 mil dólares.

Elvis Presley - Speedway (1968)

Trilha sonora compilando canções do início da carreira de Elvis, com tiragem limitada a cerca de 300 cópias em mono. Algumas trazem um adesivo vermelho na capa e uma foto colorida do Rei do Rock dentro. Cotação entre 2.500 e 5 mil dólares.

The Beatles - Abbey Road (1969)

Versão para exportação com o label da Parlophone em preto e dourado - o label original era o da Apple. Algumas cópias vinham com um adesivo dourado na capa. Vale entre 2 e 4 mil dólares

The Rolling Stones - Sticky Fingers (1971)

Prensagem em mono enviada como item promocional para rádios, DJs e imprensa, com um adesivo nas cores laranja e vermelho trazendo a inscrição "DJ copy monaural" na capa. Incrivelmente rara, essa edição vale entre 2 e 4 mil dólares para colecionadores.

Elvis Presley - Elvis Presley (1956)

O icônico primeiro LP de Elvis, aqui em uma edição limitada vendida apenas pelo correio, acompanhada por um compacto triplo trazendo várias faixas bônus. Raríssima, custa entre 2 e 3.500 dólares.

The Beatles - Help! (1965)

Rara edição suíça com capa diferente da original. Avaliada entre 1.500 e 3 mil dólares.

Genesis - From Genesis to Revelation (1969)

O disco de estreia da lendária banda prog inglesa em prensagem mono da Decca, limitada a cerca de 150 cópias. O item está avaliado entre 1.500 e 3 mil dólares.

NOFX - Liberal Animation (1991)

Lançado originalmente pela gravadora Wassall em 1988, Liberal Animation foi relançado pela Epitaph Records em 1991, e essa edição da Epitaph contou com cinco cópias prensadas em vinil colorido. Custa entre 1.500 e 3 mil dólares.

Pink Floyd - The Wall (1979)

Edição italiana em vinil laranja translúcido, com tiragem limitada a apenas 800 cópias. Avaliada entre 1.500 e 3 mil dólares.

Joy Division - An Ideal for Living (1978)

Primeiro EP do Joy Division, com tiragem de apenas 1.000 cópias. Cada uma delas vale entre 1.250 e 2.500 dólares.

Nirvana - Bleach (1989)

A reedição lançada em 1992 trazia o vinil na cor gelo iceberg, mas foi rejeitada pela Sub Pop Records. O problema é que aproximadamente 200 cópias já haviam sido prensadas, e hoje são muito raras e disputadas a tapa por colecionadores. Vale entre 1.500 e 2.500 dólares.

Bruce Springsteen - Born to Run (1975)

As primeiras cópias promocionais de Born to Run tinham as letras da capa em uma fonte script e vinham acondicionadas em um envelope customizado trazendo os títulos das canções. Está avaliada entre 1.500 e 2.500 dólares.

The Beatles - Let It Be (1970)

Edição limitada lançada em formato de box no mercado inglês. Dificílima de encontrar, a caixa vinha acompanhada de um poster e de um livro de 164 páginas. Vale entre 1 e 2 mil dólares.

Mayhem - Deathcrush (1987)

Apenas 1.000 cópias deste EP da lendária banda norueguesa foram lançados, e todos traziam a numeração escrita a mão pelo falecido Euronymous. Avaliado entre 1 e 2 mil dólares.

Metallica - Metallica (2008)

O box quádruplo lançado pela banda norte-americana em 2008 teve 50 de suas cópias prensadas em vinil branco de 45 RPM. Vale entre 1 e 2 mil dólares.

Mötley Crüe - Too Fast for Love (1981)

Apenas 900 cópias da prensagem original do primeiro disco do Mötley Crüe traziam o label impresso com um material semelhante ao couro. Avaliada entre 1 e 2 mil dólares.

Pink Floyd - The Dark Side of the Moon (1973)

A prensagem original inglesa trazia um triângulo sólido azul no label e vinha com pôsteres e adesivos. Vale entre 1 e 2 mil dólares.

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin