Vinil: os 10 discos mais caros do mundo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mário Pescada, Fonte: Hypeness
Enviar correções  |  Comentários  | 

O site Hypeness fez uma seleção com os 10 bolachões mais caros e raros do mundo.

171 acessosPaul McCartney e Bono: em vídeo, falando sobre aquecimento global5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar

Como era de se esperar, devido a sua enorme fama e frenesi em torno do nome, os BEATLES ocupam a maioria das posições - 4 para ser mais exato.

Confira abaixo os discos:

01 BEATLES
Cópia numerada 0000001 do álbum duplo “The Beatles” (mais conhecido como White Album)

Um dos mais famosos discos do quarteto de Liverpool tinha uma sequência numérica de fábrica, sendo que as quatro primeiras foram dadas de presente a Paul, George, Ringo e John. Coube a Ringo a cópia com o número de série 0000001. Em 2015 o disco foi colocado à venda num leilão beneficente organizado por ele e sua esposa junto com alguns instrumentos. Foi arrematado por US$ 790 mil dólares (quase R$ 2,5 milhões hoje).

02 BEATLES
Cópia única da gravação de “That’ll Be The Day/In Spite Of All Danger”

O segundo da lista é raridade mesmo: trata-se de uma peça única de 78 rpm de 1958 que contém a gravação de apenas duas músicas: um cover de BUDDY HOLLY para “That’ll Be The Day” e “In Spite Of All Danger”, a primeira gravação reunindo Paul, John e George e o então baterista Colin Halton. O disco hoje está com Paul McCartney e é avaliado em £ 100 mil ou algo em torno de R$ 407 mil.

03 BEATLES
Cópia única não editada de “Love Me Do”

Aqui na verdade temos um pré-vinil, já que essa gravação foi feita em acetato (disco de alumínio banhado em acetato de celulose usado em prévias de gravações ou feitos na hora em estúdios para serem ouvidos em casa). O disquinho possui um lado em branco e do outro a música “Love Me Do” de Lennon-McCartney sem edição, incluindo até a contagem para que a banda começasse a tocar junta. Seu preço? Avaliado em £ 80.500 ou R$ 327 mil.

04 JEAN MICHEL JARRE
“Music For Supermarkets”

O quarto lugar é mais uma jogada inteligente de JEAN MICHEL JARRE do que marco musical: convidado a compor a trilha de uma exposição de arte em 1983, ele decidiu que haveria apenas uma cópia do disco e para valorizar ainda mais o produto, destruiu a fita máster. O disco foi vendido por £ 30 mil, algo em torno de R$ 122 mil.

05 FRANK WILSON
“Do I Love You (Indeed I Do)”

O falecido Frank Wilson além de produtor da famosa gravadora de funk/soul Motowm também resolveu se aventurar como cantor lançando esse compacto de tiragem limitada de apenas 250 cópias e segundo consta, restariam apenas duas: uma perdida e outra estaria em poder do dono da Motowm. Preço: £ 25 mil ou cerca de R$ 102 mil reais em um leilão em 2009.

06 SEX PISTOLS
“God Save The Queen” compacto impresso pela gravadora A&M

Apenas seis dias depois da assinatura do contrato com a A&M Records, os Pistols ofenderam diretores da gravadora, destruíram banheiros, derramaram o próprio sangue nos carpetes e ameaçaram alguns sócios de morte. Já com 250 mil cópias impressas, o contrato foi cancelado e foi ordenada a destruição de todos eles. Claro, algumas poucas cópias escaparam, e podem ser encontradas por £ 12 mil ou cerca de R$ 49 mil.

07 BILLY NICHOLLS
“Would You Believe”

Mais um disco que se tornou caro não pelo conteúdo, mas por conta da história por trás dele: Andrew Loog Oldham era empresário dos ROLLING STONES e apostou nesse disco como sendo uma resposta ao “Pet Sounds” dos BEACH BOYS, porém as coisas não deram certo e apenas 100 cópias promocionais foram impressas (apesar disso ele ainda lançou mais 8 discos ao longo da carreira). Valor: £10 mil libras ou pouco mais de R$ 41 mil.

08 BEATLES
As primeiras cópias impressas do disco “Please, Please Me”.

O último disco dos BEATLES nesse top 10. O que faz esse disco ser raro é um mínimo detalhe: as duas primeiras levas vinham ainda com o rótulo anteriormente utilizado pela gravadora Parlophone que lançou a banda. Com a arte em preto e dourado, quando a gravadora mudou seu rótulo, tornou os discos dessas duas primeiras fornadas objetos de colecionador. Valor: £ 7.500 libras ou pouco mais de R$ 31 mil por um rótulo diferente.

09 ROBERT JOHNSON
Compacto de “Kind Hearted Woman Blues”

A nona posição é do mítico Robert Johnson, o famoso bluesman que supostamente fez um pacto com o diabo em uma encruzilhada. Essa foi sua primeira gravação, de um total de apenas 29 faixas. Devido a tudo que cerca o músico e pela data do disco (quase 100 anos), uma cópia em bom estado pode chegar a £7 mil ou cerca de R$ 29 mil.

10 QUEEN
Kit especial de “Bohemian Rhapsody/”I’m In Love With My Car”

Esse compacto foi vendido em lojas e obteve boa vendagem na época. Porém, o que faz esse aqui ser especial foram os 200 kits de divulgação montados na época com compacto, caneta, ingresso, cardápio, cartão comemorativo, echarpe e um cálice da gravadora dentro de uma caixa personalizada. Seu valor já atingiu £5 mil ou cerca de R$ 20 mil.

Para não dizer que não tem brazuca no meio, o Hypeness deu uma menção honrosa para o Rei Roberto Carlos: seu primeiro disco, “Louco Por Você”, que vendeu apenas de 3.500 cópias na época. Segundo o site, Roberto Carlos detesta tanto o disco que chega a colocar pessoas atrás dele para compra-lo e destruí-lo! Uma cópia pode ser vendida entre R$ 4 e R$ 10 mil - para quem interessar há dois a venda em um famoso site brasileiro de compra e venda em geral.

Comente: Qual o álbum mais caro da sua coleção e quanto vale?

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 24 de julho de 2017

John LennonJohn Lennon
Em carta inédita ele fala a sua ex esposa sobre Yoko e LSD

171 acessosPaul McCartney e Bono: em vídeo, falando sobre aquecimento global1142 acessosAleister Crowley: em vídeo, 8 fatos obscuros sobre a "Besta 666"1522 acessosBásico: 100 discos que você precisa ter para não passar vergonha491 acessosBiografias: apenas mais um motivo para gostar de rock0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Super BowlSuper Bowl
Quando as guitarras fizeram touchdown

Rock e cinemaRock e cinema
Veja grandes astros e seus intérpretes no cinema

The BeatlesThe Beatles
27 músicas em 3 minutos

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "Queen"0 acessosTodas as matérias sobre "Robert Johnson"0 acessosTodas as matérias sobre "Sex Pistols"

GuitarrasGuitarras
As 15 músicas mais complicadas para tocar

SlipknotSlipknot
Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir

MetallicaMetallica
Lars Ulrich: "Eu não sou um baterista talentoso!"

5000 acessosFloor Jansen: "Eu não sou uma puta arrogante"5000 acessosAs regras do Black Metal5000 acessosMarilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"5000 acessosCapas: Os grandes artistas do rock progressivo4517 acessosMike Portnoy: explicando por que ele não dá aula de bateria para o filho5000 acessosEdu Falaschi: vídeo com a banda Mitrium em 1993

Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online