RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemSlash se sente feliz por não existir internet nos primórdios do Guns N' Roses

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemVocalista do Skid Row divulga cover matador de "Painkiller", do Judas Priest

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok


Stamp

Alice In Chains: banda de peso da cena Grunge de Seattle

Resenha - Dirt - Alice In Chains

Por Klayton Castro
Postado em 26 de setembro de 2012

Nota: 10

Os anos 90 foi uma década revelando novas bandas e novos registros de quem estava na cena. Foi um período em que a forma de se fazer rock tornou-se ainda mais simples e agressiva, nos brindando com ótimas obras sonoras. Uma delas é o ALICE IN CHAINS, banda de peso da cena Grunge de Seattle.

Vindos da escola do Hard Rock e Heavy Metal, os integrantes lançaram o seu primeiro álbum de estúdio intitulado "Facelift". Distanciando do Glam Metal da época do DIAMOND LIE e da demo Alice N' Chains, a banda aprimorou trabalhar em músicas mais pesadas, sombrias, bebendo da fonte de bandas como Black Sabbath, Led Zeppelin e Van Halen. Sendo assim, tiveram significante sucesso na época ganhando dois discos de platina.

Em 1992 , a banda resolveu elevar seu som para outro patamar. Sem perder as influências do Hard Rock e Heavy Metal, buscaram fazer canções mais alternativas e experimentais. Apostando em uma cozinha mais ampla, o Alice In Chains conseguiu sucesso e o reconhecimento no mundo todo, tornando "Dirt" um grande clássico dos anos 90.

O nome "Dirt" foi escolhido por Layne Staley, pois dizia se sentir sujo pelo uso exagerado da heroína. Portanto, os problemas com heroína que Layne enfrentava foi uma das peças chave do álbum, dando vida às canções como 'Sickman', 'Junkhead', 'Dirt' 'Godsmack', 'Hate To Feel' e 'Angry Chair'. Além do tema "droga", outros temas foram expostos no álbum. Alguns marcantes em músicas como 'Rooster', onde Jerry Cantrell fala sobre a experiência de seu pai na guerra do Vietnã e 'Would?' baseada na morte do vocalista Andrew Wood do MOTHER LOVE BONE. Além disso, temas pessoais de Jerry foram expostos em canções como 'Dam That River' em que fala de sua briga com o baterista Sean Kinney e em 'Down In A Hole' dedicada para sua namorada na época.

Considerado o álbum de maior trabalho, a banda lançou cinco singles, apostando em peso e melodia na medida certa. Sendo elas canções como: 'Would?', 'Them Bones', 'Angry Chair', 'Rooster' e 'Down In A Hole'. Vendo a força que cada uma possuía, vídeos clipes foram gravados para cada single.

Tirando os hits de sucesso do CD, ótimas músicas foram apresentadas. Marcando e prendendo a atenção do ouvinte. Podemos lembrar um pouco de "Facelift" ao ouvirmos canções como 'Dam That River' e 'Godsmack' por apresentar uma veia mais "Hard & Heavy", passando por experimentos como na épica 'Rain When Die', a doentia 'Sickman', o interlúdio insano 'Iron Gland' referindo à uma citação do filme "O Iluminado" com participação de Tom Araya do SLAYER, dando espaço para a sombria e densa 'Hate To Feel', lembrando a canção 'Dazed & Confuzed' do LED ZEPPELIN no riff da introdução e verso, logo de cara. Sem esquecer também da maravilhosa faixa título, mostrando uma estrutura mais elaborada com levada oriental e 'Junkhead', onde Jerry Cantrell despeja riffs sombrios e simples, nos remetendo ao BLACK SABBATH.

Contudo, "Dirt" é um disco que prende a atenção e faz o ouvinte se apaixonar de primeira. Ganhando disco de platina quatro vezes, o segundo registro da banda tornou-se grande referência no meio roqueiro e metálico. Perto de fazer seus vinte anos de vida, "Dirt" mostra a grande importância de, sendo lembrado sempre pelos fãs da música pesada.

Track List:
01 - Them Bones
02 - Dam That River
03 - Rain When Die
04 - Down In A Hole
05 - Sickman
06 - Rooster
07 - Junkhead
08 - Dirt
09 - Godsmack
10 - Iron Gland
11 - Hate To Feel
12 - Angry Chair
13 - Would?


Outras resenhas de Dirt - Alice In Chains

Resenha - Dirt - Alice In Chains

Resenha - Dirt - Alice in Chains

Resenha - Dirt - Alice in Chains

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Lista: os 50 melhores discos ao vivo de todos os tempos, em lista da Classic Rock

James Hetfield: como ele soa sem o Metallica?

Alice In Chains: Análise vocal de Layne Staley

Alice in Chains: padrasto revela como Layne estava na sua última foto em 2002


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal