Alice In Chains: banda de peso da cena Grunge de Seattle

Resenha - Dirt - Alice In Chains

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Klayton Castro
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Os anos 90 foi uma década revelando novas bandas e novos registros de quem estava na cena. Foi um período em que a forma de se fazer rock tornou-se ainda mais simples e agressiva, nos brindando com ótimas obras sonoras. Uma delas é o ALICE IN CHAINS, banda de peso da cena Grunge de Seattle.
3669 acessosKurt Cobain: Com membros do AIC e Sepultura numa jam no Rio em 1993?5000 acessosMetallica: Bob Rock revela segredos do "Black Album"

Vindos da escola do Hard Rock e Heavy Metal, os integrantes lançaram o seu primeiro álbum de estúdio intitulado "Facelift". Distanciando do Glam Metal da época do DIAMOND LIE e da demo Alice N' Chains, a banda aprimorou trabalhar em músicas mais pesadas, sombrias, bebendo da fonte de bandas como Black Sabbath, Led Zeppelin e Van Halen. Sendo assim, tiveram significante sucesso na época ganhando dois discos de platina.

Em 1992 , a banda resolveu elevar seu som para outro patamar. Sem perder as influências do Hard Rock e Heavy Metal, buscaram fazer canções mais alternativas e experimentais. Apostando em uma cozinha mais ampla, o Alice In Chains conseguiu sucesso e o reconhecimento no mundo todo, tornando "Dirt" um grande clássico dos anos 90.

O nome "Dirt" foi escolhido por Layne Staley, pois dizia se sentir sujo pelo uso exagerado da heroína. Portanto, os problemas com heroína que Layne enfrentava foi uma das peças chave do álbum, dando vida às canções como 'Sickman', 'Junkhead', 'Dirt' 'Godsmack', 'Hate To Feel' e 'Angry Chair'. Além do tema "droga", outros temas foram expostos no álbum. Alguns marcantes em músicas como 'Rooster', onde Jerry Cantrell fala sobre a experiência de seu pai na guerra do Vietnã e 'Would?' baseada na morte do vocalista Andrew Wood do MOTHER LOVE BONE. Além disso, temas pessoais de Jerry foram expostos em canções como 'Dam That River' em que fala de sua briga com o baterista Sean Kinney e em 'Down In A Hole' dedicada para sua namorada na época.

Considerado o álbum de maior trabalho, a banda lançou cinco singles, apostando em peso e melodia na medida certa. Sendo elas canções como: 'Would?', 'Them Bones', 'Angry Chair', 'Rooster' e 'Down In A Hole'. Vendo a força que cada uma possuía, vídeos clipes foram gravados para cada single.

Tirando os hits de sucesso do CD, ótimas músicas foram apresentadas. Marcando e prendendo a atenção do ouvinte. Podemos lembrar um pouco de "Facelift" ao ouvirmos canções como 'Dam That River' e 'Godsmack' por apresentar uma veia mais "Hard & Heavy", passando por experimentos como na épica 'Rain When Die', a doentia 'Sickman', o interlúdio insano 'Iron Gland' referindo à uma citação do filme "O Iluminado" com participação de Tom Araya do SLAYER, dando espaço para a sombria e densa 'Hate To Feel', lembrando a canção 'Dazed & Confuzed' do LED ZEPPELIN no riff da introdução e verso, logo de cara. Sem esquecer também da maravilhosa faixa título, mostrando uma estrutura mais elaborada com levada oriental e 'Junkhead', onde Jerry Cantrell despeja riffs sombrios e simples, nos remetendo ao BLACK SABBATH.

Contudo, "Dirt" é um disco que prende a atenção e faz o ouvinte se apaixonar de primeira. Ganhando disco de platina quatro vezes, o segundo registro da banda tornou-se grande referência no meio roqueiro e metálico. Perto de fazer seus vinte anos de vida, "Dirt" mostra a grande importância de, sendo lembrado sempre pelos fãs da música pesada.

Track List:
01 - Them Bones
02 - Dam That River
03 - Rain When Die
04 - Down In A Hole
05 - Sickman
06 - Rooster
07 - Junkhead
08 - Dirt
09 - Godsmack
10 - Iron Gland
11 - Hate To Feel
12 - Angry Chair
13 - Would?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Dirt - Alice In Chains

3655 acessosAlice In Chains: os vinte anos de "Dirt"5000 acessosTradução - Dirt - Alice In Chains

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 26 de setembro de 2012

Kurt CobainKurt Cobain
Com membros do AIC e Sepultura numa jam no Rio em 1993?

1540 acessosHeart: "As bandas de Seattle festavam direto na minha casa"2553 acessosAlice in Chains: "a canção Would é em homenagem a Andy Wood"1814 acessosAlice In Chains: "abençoados" por terem William DuVall1364 acessosL7: apresentação ao vivo na Rádio Cidade, antes perdida, ressurge0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Alice In Chains"

Max CavaleraMax Cavalera
As histórias de guerra com Layne Staley

AudioslaveAudioslave
Morello esclarece história do teste de Layne Staley

MetallicaMetallica
Lars Ulrich conta qual seu maior parça no meio musical

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Alice In Chains"

MetallicaMetallica
Bob Rock revela segredos do "Black Album"

Paul DiAnnoPaul Di'Anno
"Harris é como Hitler e estar no Maiden é entediante!"

A7XA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

5000 acessosA História do Burzum5000 acessosGuns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose expulsa pessoa do show em Curitiba5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosMalmsteen: "A 1ª vez que fui ao Brasil não consegui acreditar"5000 acessosDave Lombardo: o que ele realmente acha de Lars Ulrich?

Sobre Klayton Castro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online