Slash: Uma alusão aos velhos tempos

Resenha - Apocalyptic Love - Slash

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Vilela
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O novo álbum do homem da cartola e óculos escuros, que desde a turnê passada "We're All Gonna Die" tornaram-se acessórios fixos, abre com a faixa titulo "Apocalyptic Love" iniciando com um riff que somente ele sabe domar junto ao seu pedal Wah Wah. Seu refrão em primeira vista não tem tanto gás como seu riff principal, mas assim que conhecemos a canção ela se torna agradável. Seu solo é bastante trabalhado e com um alto ganho, não é a melhor do disco mas é uma boa canção.
5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose erra o carro, fica irritado e confuso5000 acessosLinkin Park: Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?

"One Last Thrill" abre com um riff de power acordes seguindo uma base ao estilo Rock in Roll. A letra do estrofe que antecede o refrão parece uma alusão aos velhos tempos do inicio do GUNS N ROSES. Ótima música para ouvir no volume maximo.

A terceira faixa nomeada "Standing In The Sun" tem um riff bastante simples juntamente com um quadrado de acordes bem hendrixiano. Esta faixa em si é bastante simples, porém gostosa de ouvir, principalmente o interlúdio e seu solo muito bem escrito. É a única música do álbum no qual foi gravada com a afinação padrão em E (Mi).

"You’re a Lie" primeiro single do album, Slash usou diferentes acordes nesta canção, o que não era de seu costume. Na faixa "Promise", do album solo de 2010, pode-se ouvir acordes semelhantes, desde então tais acordes vêm aparecendo com frequência em algumas de suas músicas. Seu refrão encaixou-se perfeitamente, o backing vocal de TODD KERNS e o vocal rasgado de MYLES KENNEDY.

"No More Heroes" vem com uma pegada mais pop, com um riff na mesma idéia de "Loving The Alien" do VELVET REVOLVER. Seu solo amassa e joga no lixo o rótulo de música pop, um ótimo solo, muito bem trabalhado.

Sem dúvida nenhuma, umas das melhores do album é "Halo" com um riff inicial matador, que lembra de longe a introdução de "Nothing to Say". Seu 2º riff, que tambem é tocado no refrão, é ótimo, bem complexo, uma melodia cravada ao estilo SLASH. MYLES KENNEDY coloca uma linha vocal extremamente bela e empolgante em toda a canção, isto sem contar no solo genial que SLASH mandou, uma pancada direto no queixo! Com certeza é a segunda melhor música do álbum.

Ouvindo "We Will Roam" pela primeira vez, todos imaginam que a qualquer momento poderá sair algum lick dos solos de "Civil War", apesar de aparentar uma leve semelhança, seu solo é melhor que a música.

Eis que surge "Anastasia", a maior e mais trabalhada canção do álbum. Abre as portas com um dedilhado de violão belo e sombrio. Essa linha, dedilhado de violão/riff principal lembra e muito "Serial Killer", uma das melhores canções de SLASH`S SNAKEPIT. O solo/riff principal é ótimo, rápido e dinâmico. Os fãs mais detalhistas que acompanham os shows podem notar que SLASH sempre tocava este solo principal de "Anastasia" juntamente com The Godfather desde a turnê de 2010 e também pode ser visto no DVD Made in Stoke. Com certeza "Anastasia" é umas das melhores do álbum.

A balada "Not For Me" também entra para o ranking das melhores. Sua introdução levemente relembra "Coma" do GUNS N ROSES, pela sequência de notas maiores e menores. MYLES KENNEDY alcança agudos incríveis e arrepiantes. Já a letra, que aborda sobre álcool, drogas, farras e algo mais, SLASH mostra que sua vida passada não existe mais e nota-se claramente como era o dia a dia no GUNS N ROSES.

Com afinação Drop C# (Dó sustenido), "Bad Rain" aparece na faixa número 10, com uma pegada tranquila no início, um refrão forte e confortável além de um bom solo de wah wah. O curioso dessa faixa é sentir que quem está tocando Bad Rain é o VELVET REVOLVER.

Como o próprio nome já diz, "Hard & Fast" é duro, veloz e animal, puríssimo Rock`n Roll, encaixaria perfeitamente como canção de encerramento do álbum.

"Far and Away" é a mais calma e tranqüila do disco, mas em compensação tem um dos melhores solos. Com pouco ganho, captador do braço e uma Les Paul, SLASH conseguiu compor um solo incrivelmente mágico.

"Shots Fired" baseia-se muito com "Standing In The Sun" principalmente no primeiro riff. Seu solo é bastante ágil e técnico com altos bends de dois tons, um belo solo para a música de encerramento do álbum.

"Apocalyptic Love" mostra como está o novo som de SLASH, a química homogênea com MYLES KENNEDY, diferente dos anos 90, mas com o bom e velho rock n roll, solos muito bem trabalhos e a energia contagiosa que SLASH sempre passou.

Apocalyptic Love - Slash
por Hellion Records
Com: Myles Kennedy (vocais), Slash (guitarra solo, guitarra rítimica), Todd Kerns (baixo), Brent Fitz (bateria).

01 - Apocalyptic Love
02 - One Last Thrill
03 - Standing In The Sun
04 - You’re a Lie
05 - No More Heroes
06 - Halo
07 - We Will Roam
08 - Anastasia
09 - Not For Me
10 - Bad Rain
11 - Hard & Fast
12 - Far and Away
13 - Shots Fired

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Apocalyptic Love - Slash

4462 acessosSlash: O álbum mais pesado de toda a sua carreira3124 acessosSlash: Misturando riffs clássicos com refrões atuais5000 acessosSlash: Pra que insistir nesta novela de volta do Guns?4335 acessosSlash: Nada revolucionário, só um excelente disco de rock2770 acessosSlash: Apocalyptic Love marca um novo capítulo na carreira5000 acessosSlash: Subestimado, ele não se importa em surpreender

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl Rose erra o carro, fica irritado e confuso

1962 acessosGuns N' Roses ou Raça Negra: Faça o quiz e veja se acerta1914 acessosGuns N' Roses: os 30 anos de Appetite na capa da nova Kerrang!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Duff McKaganDuff McKagan
Arrependido por ceder nome para cerveja

Guns N RosesGuns N' Roses
"Os Últimos Foras-Da-lei do Rock" diz Metal Hammer

Logos de BandasLogos de Bandas
Blog elege o Top 10 dos mais bonitos

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Slash"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Linkin ParkLinkin Park
Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?

As I Lay DyingAs I Lay Dying
Banda cristã comenta proximidade com o Behemoth

Rock in RioRock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

5000 acessosJared Leto: a reação ao se ver no papel do Coringa5000 acessosMas afinal... o que é rock progressivo?5000 acessosPink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns5000 acessosDave Mustaine: As teorias conspiratórias que ele apoia5000 acessosAndreas Kisser: não se arrepende da separação do Sepultura5000 acessosGuns N' Roses: os vídeos da banda, do pior para o melhor

Sobre Ricardo Vilela

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online