RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemClipe de "From The Ashes" ultrapassa 1 milhão de views e Fernanda Lira celebra

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show


Stamp

Symfonia: A falta de ousadia impera durante todo o álbum

Resenha - In Paradisum - Symfonia

Por Wesley M. Soares
Postado em 26 de março de 2011

Nota: 5

A expectativa criada em torno do SYMFONIA nos últimos meses fez muita gente cruzar os dedos na espera do primeiro trabalho desta banda que já nasceu com status de supergrupo antes mesmo do lançamento de qualquer material. Não era para menos, levando-se em conta a verdadeira constelação de músicos que integram o SYMFONIA, a saber: o vocalista Andre Mattos (ex-SHAMAN, ANGRA, VIPER), Timo Tolki (ex-STRATOVARIUS, REVOLUTION RENAISSANCE) nas guitarras, Jari Kainulanen (ex-STRATOVARIUS, EVERGREY) no baixo, o baterista Uli Kusch (ex-MASTERPLAN, HELLOWEEN, GAMMA RAY) e Mikko Härkin (ex-tecladista do SONATA ARCTICA).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Particularmente, sempre temi pelo material que este "Supergrupo" poderia apresentar na sua estreia. Tinha comigo duas perspectivas: ou os músicos tentariam reerguer suas carreiras apostando em um material ousado e indo na contramão do que o mundo esperava ou tentariam seguir as velhas fórmulas de suas antigas bandas. Para infelicidade deste que vos escreve, preferiram optar pelo óbvio e na minha opinião, erraram feio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum começa com "Fields of Avalon" apresentando um riff característico do STRATOVARIUS era "Forth Dimension, Episode" e a primeira música não chega nem a ficar na promessa já que aquela sensação de "já ouvi isso antes" se confirma ao longo dos 5 minutos iniciais do CD.

Essa preocupação começa a ficar maior ao decorrer do disco quando me surpreendo cantarolando as linhas de vocal dos refrões antes mesmo de terminar de ouví-los por completo. Mas como pode? Mãe Dinah? Infelizmente não é questão de previsão, mas sim de previsibilidade. É, meus amigos, esse novo álbum do SYMFONIA é um festival de arranjos previsíveis, linhas de vocal típicas do mais datado Metal Melódico, com Andre Mattos abusando dos agudos como há muito tempo não víamos (e isso não é um elogio), solos e riffs reciclados dos trabalhos do STRATOVARIUS dos quais Timo Tolki parece não conseguir se libertar, levadas de bateria datadas (quem diria que um dia se poderia falar isso de Uli Kusch, um dos bateras mais criativos do Metal Melódico em todos os tempos), enfim, a falta de ousadia impera durante todo o álbum.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando das músicas propriamente ditas, se você procura por ideias novas e revigoradas, passe longe de "In Paradisum". Para os fãs do metal cíclico que vive dando voltas ao redor do próprio rabo e usam a desculpa de serem trues, músicas como "Fields of Avalon", "Santiago" (o início é uma cópia descarada de I’m Alive do HELLOWEEN), "In Paradisum" entre outras, farão você gozar de felicidade.

Existem momentos legais no CD? Sim, bastante momentos até, mas isso se não levarmos em conta que todas as músicas (TODAS) são reciclagens de clássicos das respectivas bandas dos integrantes do SYMFONIA.

Sei que muita gente vai endeusar esse álbum e dizer que Andre Mattos e companhia estão de volta em grande estilo e blablabla, mas a verdade é que o debut do SYMFONIA chega ao mercado com no mínimo 15 anos de atraso, já que todos os elementos que encontramos nele foi exaustivamente explorado pelas bandas do gênero, soando datado, ultrapassado, como um verdadeiro paraíso (com perdão do trocadilho) de clichês, daqueles que os detratores do Metal melódico tanto gostam de usar nas suas elucubrações contra o estilo.

É uma pena, visto que talento e potencial os caras do tal "supergrupo " não precisam provar para ninguém que eles tem de sobra.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fica pra próxima!!!

Músicas:

1. Fields of Avalon
2. Come by the Hills
3. Santiago
4. Alayna
5. Forevermore
6. Pilgrim Road
7. In Paradisum
8. Rhapsody in Black
9. I Walk in Neon
10. Don’t let me Go


Outras resenhas de In Paradisum - Symfonia

Resenha - In Paradisum - Symfonia

Resenha - In Paradisum - Symfonia

Resenha - In Paradisum - Symfonia

Resenha - In Paradisum - Symfonia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal