Motorocker: álbum de estréia do ACDC brasileiro

Resenha - Igreja Universal do Reino do Rock - Motorocker

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por André Molina
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“Igreja Universal do Reino do Rock” é o nome do primeiro disco autoral da banda curitibana Motorocker. Gravado em 2006, o trabalho já emplacou alguns sucessos nas noites da capital paranaense e nas rádios locais como a faixa título, “Blues do Satanás” e “Salve a Malária”. Antes de estrear com um trabalho próprio, o grupo adquiriu maturidade com o lançamento de um disco tributo ao AC/DC no circuito underground de Curitiba.
332 acessosMarrilo: Ex-Motorocker lança vídeo com versão de "Thunderstruck"5000 acessosRafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

O trabalho assume destaque devido à honestidade do Motorocker. Em nenhum momento a banda demonstra que deseja fazer uma música inovadora, que soe diferente de seus ídolos australianos: o AC/DC. Vale lembrar que, antes de seguir o caminho de composições próprias, a banda se consagrou como a principal banda tributo de AC/DC do mundo, recebendo o aval dos integrantes originais. Na turnê do disco Ballbreacker (1996), realizada também em Curitiba, os irmãos Young e Brian Johnson afirmaram que “era a melhor banda tributo que ouviram até então”.

Para provar a fidelidade aos australianos, a bolachinha é encerrada com bônus track da cover “Back in Black”. É incrível a dificuldade que se tem para diferenciar a versão da original. A canção também inspirou a concepção visual do CD. A capa preta com o logo da banda em branco lembra o disco “Back in Black”, que se tornou o segundo mais vendido da música pop no início da década de 80, atrás somente de “Thriller” de Michael Jackson.

O trabalho tem dez canções. Metade é cantada em português e o resto é em inglês. Nas faixas em português, é que a banda demonstra seu estilo. Nas faixas em inglês como “Rock ‘N’ Roll Old Fashioned” e “Shadow Road” não é difícil confundir com a banda dos australianos.

Em “Igreja Universal do Reino do Rock”, o grupo celebra a ideologia musical de maneira bem humorada. “Rogai por nós ó deuses do Rock. Mantenham-nos longe da música pop. E que se explodam essas modas do inferno. Estas drogas passam mas o rock é eterno”, diz trecho da letra. Segundo a banda, a faixa título “cria o mundo ideal para os seus seguidores”.

Na maioria das canções, o grupo homenageia o público que acompanha o trabalho desde meados da década de 90, principalmente, em “Salve a Malária”.

Às vezes dá a impressão de se escutar Brian Johnson cantando em português, o que é engraçado e acaba imprimindo uma atmosfera de originalidade na música do Motorocker. Mesmo sem a intenção de ser diferente, o grupo consegue acidentalmente criar um estilo próprio.

O vocalista Marcelus Motorocker mantém o pique sem dificuldades. Fato justificado pelos inúmeros shows que realizou nas casas noturnas de Curitiba. Os riffs e solos do guitarrista Luciano Pico, como não poderiam deixar de ser, são inspirados no trabalho de Angus Young. A bateria de Juan exibe uma levada simples e segura como de Phil Rudd. O baixo marcante de Sílvio colabora com a cozinha que mantém o peso do Motorocker.

A produção do disco não pode deixar de ser mencionada. O som extremamente limpo não compromete o peso e só colabora com a qualidade final do trabalho. As dez faixas do CD resumem o estilo do Motorocker. Muito AC/DC somado ao bom humor brasileiro.

O disco de estréia da banda serve como um aviso à indústria da música. Em tempos de vacas magras no rock brasileiro, as grandes gravadoras poderiam deixar a exaustiva busca pela novidade e encontrar a felicidade no “bom e velho Rock ‘N’ Roll”.

Marhceco/Rock Brigade Records

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

332 acessosMarrilo: Ex-Motorocker lança vídeo com versão de "Thunderstruck"484 acessosMotorocker: fãs fazem vídeo em homenagem a banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorocker"

AC/DCAC/DC
Bandas similares, algumas mais, outras menos

AC/DCAC/DC
7 bandas e cantores que tentam a fórmula da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Motorocker"

Collectors RoomCollectors Room
Conheça o sujeito que invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

Thrash MetalThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

VocalistasVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

5000 acessosCrianças: veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras5000 acessosMetallica: prejudicando as finanças da Igreja Universal5000 acessosQueen: Uma das maiores coleções sobre a banda está no Brasil5000 acessosMetallica: "One" fez a ponte entre o Venom e eles4148 acessosScreaming Lord Sutch & the Savages5000 acessosLed Zeppelin: sexo explícito na entrega de discos de ouro em 1973

Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online