Resenha - Aeolian - Ocean

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Um "quebra-cabeças-faltando-um-monte-de-peças", "irrotulável" e "irritante". Estas foram minhas precipitadas conclusões tiradas durante a primeira audição de "Aolian", o quarto CD da banda alemã The Ocean.

Mas há algo aqui que se torna viciante. Depois de mais algumas audições que vão ajudando o ouvinte a compreender melhor sua música, conclui-se enfim que a arte desta banda é magnífica, simultaneamente insana e genial.

publicidade

O projeto inicial aqui seria lançar um registro duplo, mas a idéia foi vetada pela antiga gravadora. A saída então foi liberar dois discos independentes. A primeira parte, "Fluxion", é lançada em 2004, apresentando um lado bastante orquestrado e atmosférico; e no finalzinho do ano seguinte chega ao mercado "Aolian", este último já pela gravadora Metal Blade Records.

publicidade

E "Aolian" praticamente deixa de lado as orquestrações, as canções são pesadíssimas e muito intrincadas. Participaram das gravações sete (!!!!!!) vocalistas, mas predominam linhas vocais guturais e gritadas, aumentando ainda mais o nível de caos que este disco transmite. Mudanças de andamento e pausas inesperadas dão ao ouvinte atordoado alguns poucos momentos para raciocinar, para logo em seguida começar tudo novamente, diferente, quebrado e brutal.

publicidade

A precisão e "finesse" das composições surpreendem, com estruturas épicas e delirantes, passagens lentas, quase doom, que culminam em pura distorção cadenciada, beirando o metal extremo e técnico. Há ainda a inclusão de samples de, por exemplo, fragmentos de composições de Chopin ou arranjos de cordas tocados em monastérios.

Pode não soar espontâneo, mas é hipnótico. O termo que define "Aolian" é ousadia, total liberdade de expressão, tanto que a banda também é chamada de "The Ocean Collective", pois usa um grande número de músicos contratados para as gravações dos discos. E uma música tão difícil provavelmente não conseguirá atingir as grandes massas, mas há uma certeza: terá seus admiradores.

publicidade

E garanto que já sou um destes.

Músicos em "Aolian":
Torge Liessmann – bateria
Jonathan Heine – baixo
Gerd Kornmann – tolls e percussão
Robin Staps – guitarras e programação
Meta – voz
Nico Webers – voz
Tomas Lallbom – voz
Sean Ingran – voz
Nate Newton – voz
Ercüment Rasalar – voz
Carsten Albrecht – voz

The Ocean – Aeolian
(2006 – Metal Blade Records – importado)

publicidade

01. The City in the Sea
02. Dead Serious & Highly Professional
03. Austerity
04. Killing the Flies
05. Une Saison En Enfer
06. Necrobabes.com
07. One With the Ocean
08. Swoon
09. Queen of the Food-Chain
10. Inertia

Homepage: www.theoceancollective.com


Outras resenhas de Aeolian - Ocean

Resenha - Aeolian - Ocean




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Alemanha: as dez maiores bandas de Metal do paísAlemanha
As dez maiores bandas de Metal do país


Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth

Jimi Hendrix: Ele participou de um vídeo de sexo explícito?Jimi Hendrix
Ele participou de um vídeo de sexo explícito?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin