Death Angel: resenha do primeiro show da tour brasileira

Resenha - Death Angel (John Bull Music Hall, Curitiba, 22/10/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fabio Fistarol
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quando tem show de metal em Curitiba, e principalmente, show internacional, acontece uma mobilização headbanger, algo como uma energia metal.

Loudwire: os dez melhores álbuns de thrash metal do século 21Galeria - Tatuagens em homenagem ao Guns N' Roses

Antes da atração principal, havia bandas locais de abertura. A primeira a subir no palco foi a RHESTUS de Blumenau-SC, apesar do pequeno público enquanto eles tocavam, conseguiu dar conta do recado mandando um thrash porrada. Entre as músicas do setlist estavam: “Rage is my food, hate is my guide!”; “Bullet in point”; “Games of joy… games of war” e “Hate! Is what I feel”. Na sequência SACREDEATH de Curitiba-PR, já com um público um pouco maior tocou: “Spreading Death”; “Bestial Night”; “Punishment of Gods”; “Emperor of Souls”, entre outras.

Aí o clima começou a esquentar. O público se agita cada vez mais. E de repente, as luzes se apagam.

O quinteto thrash da Bay Area: DEATH ANGEL sobe no palco. Abrindo sua primeira turnê no Brasil, eles tocam “I Chose The Sky”, do novo álbum "Relentless Retribution". Daí pra frente foi uma sequência de clássicos incluindo “Evil Priest” e “Voracious Souls”, ambas do primeiro álbum "The Ultra-Violence". A música mais ovacionada pelo público foi “Lord of Hate”, que realmente é uma música contagiante.

Imagem

No fim eles tocaram “Thrasers”, pura euforia do público, “Bored” e a clássica “Kill As One” para finalizar.

Foram dezenas e dezenas de fãs subindo no palco para dar moshs e mais moshs. E claro que banda estava incentivando e às vezes até empurrando a galera do palco.

Curitiba: primeiro destino da primeira turnê do Death Angel no Brasil. E segundo palavras dos próprios integrantes da banda, eles estão muito felizes e surpresos com a recepção do público brasileiro.

Resumindo: quem foi não se arrependeu nem um pouco. E quem não foi...

Setlist:
I Chose the Sky
Evil Priest
Buried Alive
Voracious Souls
Relentless Revolution
Claws In So Deep
Seemingly Endless Time
3rd Floor
This Hate
Thrown to the Wolves
Lord of Hate
Falling Asleep
Truce
Thrashers
Bored
Kill as One

Mais fotos no site do fotógrafo Fábio Fistarol.

http://fabiofistarol.com/2010/10/death-angel/

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Thrash Metal
Os 10 melhores discos do século 21, segundo o Loudwire

Loudwire: os dez melhores álbuns de thrash metal do século 21Todas as matérias e notícias sobre "Death Angel"

Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1990

Rock e Metal
E se as capas dos álbuns fossem honestas?

Kiss
As dez mais pesadas releituras de músicas da banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Death Angel"

Tatuagens
Homenagens ao Guns N' Roses na pele dos fãs

Slipknot
Demônio avistado em fogo durante show?

Rush
Brasileira de cinco anos toca"Tom Sawyer" na bateria

Chinese Democracy: Talaricagem, galinheiros e megalomaniaMetallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explicaTempo implacável: os rockstars também envelhecem parte 1Led Zeppelin: Como não se perder no meio de "Dazed and Confused"?Keith Richards: Stone fala de relacionamento com os BeatlesHeavy Metal: o que acontece quando você chega atrasado nos shows

Sobre Fabio Fistarol

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online