Em 05/11/2012 | Aerosmith: "este pode ser o nosso último registro"

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Aerosmith: "este pode ser o nosso último registro"

Traduzido por Paulo Giovanni G. Melo | Fonte: Noisecreep

  | Comentários:

Matéria publicada em 05/11/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Imagem

Eles estão na estrada há quarenta anos. Agora, muitos anos depois do lançamento de seu último álbum de estúdio, "Honkin' on Bobo" de 2004 e alguns altos e baixos, o AEROSMITH está de volta com "Music From Another Dimension".

Um registro honesto, divertido e interessante, que nos lembra porque adoramos estes caras por todos estes anos. Com uma óbvia direção comercial (o disco possui um dueto com a cantora de Country, Carrie Underwood, e uma canção escrita por Diane Warren), o álbum tem o lado blues das guitarras de Joe Perry e Brad Whitford, a parte confiável e autêntica do baterista Joe Kramer e do baixista Tom Hamilton e o vocal clássico de Steven Tyler. É claro, tendo o veterano produtor do AEROSMITH, Jack Douglas, por trás de tudo isso não poderia ser diferente.

O site Noisecreep teve a honra de se sentar à mesa com os cinco caras da banda. Pessoalmente, a irmandade entre eles impressiona. As piadas, os olhares tortos, os olhares entrelaçados, dão uma pista de como esta banda tem sido ao longo de tantos anos.

Noisecreep: rapazes, foi uma longa jornada e houve muitos falsos rumores. Que tipo de pressão vocês sentiram quando voltaram e fizeram este álbum?

Tom Hamilton: "todos queríamos fazer uma declaração. Não que eu queria comprar esta idéia, mas este pode ser o nosso último registro. É bem possível. E foi um tempo longo, então estávamos focados em fazer o melhor para a banda."

Joe Perry: "este é um disco importante. Steven tem usado o termo 'evento'. E é realmente um acontecimento, um marco, uma grande peça na terra do Rock n´Roll."

Tom Hamilton: "quando fizemos o álbum Rocks (1976), nós tínhamos o resto de nossas vidas à nossa frente caso o disco não saísse grandioso. O lance é que agora pode ser a última chance. Fazer isso bem feito."

Noisecreep: parece que Jack Douglas está para vocês assim como George Martin estava para os BEATLES - uma força realmente orientadora em estúdio. É assim?

Brad Whitford: "com certeza. Ele sabia desde o primeiro dia sobre como seria o álbum. A primeira vez que estivemos com Jack Douglas, tocamos em um colégio ao norte de Boston. Ele chegou e viu nosso show e viu como nós éramos. Trocamos idéias depois do show e foi muito bom. Então ele sempre está com a gente, desde o começo. Bruce Fairbairn [produtor] esteve conosco por um período. Ele era ótimo. Mas Jack? Jack é o nosso George Martin. Ele é como um membro da banda."

Joey Kramer: "temos um bom treinador no Jack Douglas. Ele tem em mente que nenhuma idéia é uma má idéia. E por isso nós tentamos tantas idéias. Entre a produção dele e nós tocando em estúdio é que aparecem muitas coisas que finalizamos. Foi assim em Toys in the Attic (1975) e em Rocks. Então, ter Jack lá é como ter um sapato velho."

Tom Hamilton: "começamos a trabalhar com Jack no segundo álbum, Get Your Wings (1974). Então, Toys in the Attic, Rocks e Draw the Line (1977). Fomos aprendendo a nos relacionar em estúdio e juntar as gravações naquela época e aprendemos tudo com ele. Aquele jeito de fazer as coisas é o mesmo para este novo álbum também. Queríamos fazer algo fiel à nossa história, sem tentar inventar qualquer coisa."

Noisecreep: tem um monte de material neste álbum, incluindo algumas faixas bônus. Vocês irão voltar ao cofre da banda ou focar em coisas inteiramente novas?

Joe Perry: "existem algumas músicas que podem ter alguns riffs semelhantes - por exemplo, 'Legendary Child' - mas ainda não estou certo em finalizá-las. A imprensa coloca um selo em qualquer coisa antiga. Se isso não dá um álbum, isso não é bom o suficiente, é o que eles dizem. Mas isso não é verdade. Sempre temos riffs. Qualquer álbum que fazemos, puxamos coisas do anterior. Mas também tem um monte de coisas novas e desenvolvidas. Uma coisa sobre o AEROSMITH é que nós não somos uma banda que faz um disco, depois uma tour e então dizemos "te vejo daqui a cinco anos". Estivemos na estrada durante dez anos ao mesmo tempo em que fazíamos este novo álbum."

Steven Tyler: "Joe tinha um monte do boas canções - coisas maravilhosas. Por isso tem todas estas faixas bonus. Todas elas são boas músicas. Talvez nós estamos pensando neste disco como nosso último registro. Mesmo assim, não é porque fizemos bem feito, então, quem sabe?"

Tom Hamilton: "você acumula coisas para faixas bônus e a música 'Up on the Montain' é uma delas. Com tantas coisas neste disco estávamos como 'seria legal se...'. Então, antes que caia sua ficha, as faixas já estão lá. O que me deu confiança cantando foi saber que eu teria Steven como backing vocal [risos]."

Joe Perry: "aquela sintonia com Tom cantando é uma faixa bônus lado 'B' [risos]."

Steven Tyler: "eu realmente gostei de 'Street Jesus'. Ela começou como 'Sweet Jesus'. Era uma jam. Eu estava cantando sweet Jesus, então Jack mencionou street Jesus - e cada vez que eu ia para o estúdio e cruzava a Sunset Strip e via um cara vestido como Jesus, eu gritava 'hey, Jesus!' e ele fazia um movimento como se estivesse me abençoando - então se tornou 'Street Jesus'. Se tornou uma nova música. Muito bom ter bastante coisa nova para tocar."

O 15º álbum de estúdio do AEROSMITH, "Music From Another Dimension" está nas lojas desde 6 de novembro de 2012 através da Columbia Records.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Aerosmith"

Aerosmith & Slash: veja Steven Tyler mandar Welcome To The Jungle
Ultimate Classic Rock: Os 10 melhores singles de estreia
Aerosmith e Slash: anunciada turnê conjunta pelos EUA
Ultimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas
Aerosmith: Steven Tyler é contra a liberação de remixes
Aerosmith: Michael Schenker lembra do teste para a banda em 1979
Tyler, Slash, Fogerty e Grohl: faixas em homenagem a Howard Stern
NME: os clipes mais legais da história, na opinião dos leitores
NAMM: Manson, Cooper, Tyler e Johnny Depp tocam juntos
Bon Jovi, Aerosmith e Alice Cooper: jam de ano novo no Hawaii
Aerosmith: Joe Perry é escalado para o filme "Cottonwood"
Steven Tyler: qual o ingrediente secreto de sua torta favorita?
Corey Taylor: cantando Aerosmith, Van Halen e mais em show
Joe Perry: defendendo liberdade de expressão de ator homofóbico
Aerosmith: interpretando clássicos natalinos diversos

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N´ Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas