Resenha - Rubicon - Tristania

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Rubicon - Tristania


  | Comentários:

Quando vi que os noruegueses do Tristania se preparavam para lançar um novo álbum, sem Morten Veland ou mesmo Vibeke Stene, já imaginava que os tempos de "Beyond The Veil" e "Widow´s Weeds" não voltariam, mas fiquei curioso para ver o que teríamos desta vez. "Rubicon" é o sexto trabalho da banda e conta com a novata Mariangela Demurtas nos vocais, trazendo uma banda com sonoridade bem diferente de trabalhos anteriores.

Nota: 7

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Logo de cara, a abertura com "Year Of The Rat", nos mostra certo peso, além de um refrão bem encaixado e grudento, juntamente com bons teclados, o que a torna uma das melhores do disco. "Protection" pode até ter uma pegada mais "dark" em raros momentos, com um bom instrumental, surgindo também os primeiros guturais, mas ainda nos causa a impressão de faltar algo.

"Patriot Games" nos mostra os vocais masculinos de Kjetil Nordhus, com agressividade no refrão e com Mariangela em um tom mais diferenciado de voz, no conjunto, uma faixa mais pesada. "Exile" proporciona similar experiência, com um bom casamento das vozes masculina e feminina, mas talvez muitos sentem falta daquela coisa mais lírica que Vibeke Stene proporcionava.

Não temos em "Rubicon" aquele peso característico do metal, o que coloca a banda um pouco distante do gothic metal que a caracterizou em trabalhos anteriores. Por mais que esta afirmação seja fato, a faixa "Amnesia" até apresenta uma atmosfera mais doom/gothic, com bons arranjos de teclado e a ótima "Illumination" pode ser considerada a melhor composição do álbum, com um ritmo mais lento e com alguma complexidade.

Talvez no álbum falte a melancolia e os vocais líricos das fases anteriores, a voz de Mariangela é ótima, mas definitivamente falta algo, uma abordagem mais comercial se seguiu neste trabalho. Se você não conhece a fase antiga da banda, provavelmente irá adorar o álbum, mas para os fãs que já tiveram o prazer de ter trabalhos como "Widow´s Weeds" e "World Of Glass", "Rubicon" é bem diferente e com alguns poucos (e raros) elementos antigos.

Faixas de "Rubicon":

01. Year of the Rat
02. Protection
03. Patriot Games
04. The Passing
05. Exile
06. Sirens
07. Vulture
08. Amnesia
09. Magical Fix
10. Illumination

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Rubicon - Tristania

Tristania: Não espere por aquele som melancólico de antes
Tristania: Banda mais uma vez muda o som em novo trabalho


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Tristania"

Tristania: Noruegueses apresentam um show mais maduro agora
Vibeke Stene: comentando gravação do projeto God of Atheists
Tristania: vocalista faz cover acústico do Faith No More
Dani Filth e Mariangela Demurtas: participação no game Karmaflow
Tristania: um metal cheio de pitadas industriais e alternativas
Vibeke Stene: ex-vocal do Tristania ressurge e quebra o silêncio
Tristania: Anders resenha o novo álbum faixa a faixa
Tristania: mais novidades sobre o próximo álbum
Tristania: ouça teaser do novo ábum, Darkest White
Tristania: Anders fala sobre a produção do novo álbum
Tristania: revelada track list de novo álbum
Tristania: tracklist do novo álbum divulgado
Tristania: guitarrista Anders Høyvik Hidle fala sobre novo álbum
Tristania: divulgada a capa e o título do novo álbum
Tristania: presença confirmada em festival costarriquenho

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre José Antonio Alves

Nascido em 02/07/1989, sou estudante de Informática e me aventuro nos caminhos do rock desde os treze anos. Comecei ouvindo os clássicos, Iron Maiden, Black Sabbath, Motorhead. Hoje ouço um leque variado de bandas dentro do Metal, sem radicalizações de estilo. Posso ser encontrado no twitter no @jose665.

Mais matérias de José Antonio Alves no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas