Shows de Rock: e os preços não param de subir

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Milano Riveglini
Enviar correções  |  Ver Acessos

Lembro-me como se fosse hoje, mesmo que tenha acontecido em 1998, assisti pela primeira vez o IRON MAIDEN. Era a festa de aniversário da 89 FM, a mesma que fora oficialmente "a rádio rock", e o festival trazia ainda os alemães do HELLOWEEN e o RAIMUNDOS, na época no auge da carreira.

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasNuno Bettencourt: Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pense em um show desse porte nos dias de hoje. Provavelmente o setor mais barato custaria algo por volta de cento e vinte reais. Pois é, paguei quinze reais. Está bem que foi meia entrada, na época eu cursava o Ensino Médio, mas se fosse hoje eu pagaria trinta reais. De quinze a trinta reais acredito que eu gastaria para assistir uma boa banda de tributo ao IRON MAIDEN nos dias de hoje.

Claro que os tempos são outros, mas algumas coisas merecem ser pontuadas, vamos a elas:

1) O mundo da internet criou a situação inevitável de redução nas vendagens de álbuns e as bandas ganham dinheiro hoje essencialmente com os shows, o que provavelmente gerou a subida de valores nos cachês.

2) Muitas bandas estão fazendo turnês de enorme produção, aumentando também os custos do evento, o que é revertido para o público.

3) O aumento da classe média no Brasil fez com que um público maior estivesse disposto a desembolsar gordas quantias em dinheiro para assistir suas bandas prediletas.

4) A expansão da Área VIP, pois os valores desse setor são abusivos, mas os demais setores não sofrem reduções, ou são mantidos, ou acompanham as subidas da Área VIP.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A situação é abusiva, mas é uma realidade de mercado. O que mais causa irritação, é o fato de grande parte do aumento ser fruto da promoção dos eventos. Se os preços estivessem atrelados aos cachês somente, seria um mal compreensível, mas o lucro maior está com os produtores. Basta comparar os valores dos espetáculos de uma mesma banda em diferentes estados, chega-se ao extremo de ingressos reduzidos pela metade.

Claro que não estou propondo um boicote aos eventos, tão pouco a organização de um sindicato do rock, mas é importante que tenhamos clareza de que cada vez que pagamos quinhentos, seiscentos, novecentos reais em um ingresso de show, não estamos bancando somente os cachês de nossos ídolos, estamos dando nosso dinheiro também a alguém que não está preocupado com quem está no palco, seja o METALLICA, a MADONNA ou a LADY GAGA.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Opiniões

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasIndústria
Atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Nuno Bettencourt: Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com elaNuno Bettencourt
Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela


Sobre Felipe Milano Riveglini

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280