Matérias Mais Lidas

Gloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrouGloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrou

Ozzy Osbourne: a piada que virou música e fez a banda do Madman ganhar um GrammyOzzy Osbourne: a piada que virou música e fez a banda do Madman ganhar um Grammy

Rock Progressivo: 4 bandas atuais que provam ainda haver espaço para expansão criativaRock Progressivo: 4 bandas atuais que provam ainda haver espaço para expansão criativa

Metallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstageMetallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstage

Korn: Eu vi alguém que eu gosto morrer e não vou fazer isso de novo, afirma vocalistaKorn: "Eu vi alguém que eu gosto morrer e não vou fazer isso de novo", afirma vocalista

Hypocrisy: cético, eremita e preocupado com crianças, Peter só tomará vacina pra turnêHypocrisy: cético, eremita e preocupado com crianças, Peter só tomará vacina pra turnê

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Zakk Wylde: citando Jesus Cristo, ele afirma que apenas Hendrix está acima de Van HalenZakk Wylde: citando Jesus Cristo, ele afirma que apenas Hendrix está acima de Van Halen

Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992

Lista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astralLista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astral

Megadeth: canhoto Kiko Loureiro explica por que toca guitarra com a mão direitaMegadeth: canhoto Kiko Loureiro explica por que toca guitarra com a mão direita

Rock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (26/11) para você ouvirRock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (26/11) para você ouvir

Clássicos: hits que foram lançados há mais de 30 anos e fazem sucesso até hoje - Parte 1Clássicos: hits que foram lançados há mais de 30 anos e fazem sucesso até hoje - Parte 1

Mais ou menos: 10 discos de estreia que não são tão bons, em lista da Classic RockMais ou menos: 10 discos de estreia que não são tão bons, em lista da Classic Rock

Charlie Brown Jr: Chorão fez dívida impagável com gravadora em 2005, diz filhoCharlie Brown Jr: Chorão fez dívida impagável com gravadora em 2005, diz filho


Stamp
Tarmat

Pra ser sincero - Humberto Gessinger

Por Cassionei Niches Petry
Fonte: Porém, ah, porém
Em 09/02/10

Black Friday: CDs, LPs e livros de rock e metal com até 75% de desconto na Amazon

Humberto Gessinger parece gostar muito do número 3 ou deve ser o próprio número que o persegue. Penso nisso para tentar entender o porquê do subtítulo do seu livro lançado no final do ano passado, "Pra ser sincero: 123 variações sobre um mesmo tema" (Editora Belas Letras, 304 p.). Segundo o autor, é "o som de baquetas contando o início da canção: 1... 2... 3...", além de ele ter "encasquetado com o número", utilizando-o em todo o livro. Mas se pensarmos sobre as curiosidades sobre o 3 na trajetória do líder dos ENGENHEIROS DO HAVAII, podemos entender melhor a escolha.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Em primeiro lugar, HG nasceu em 1963. A banda teve em sua formação original 3 membros: Gessinger, Carlos Maltz e Marcelo Pitz. O primeiro show foi num dia 11/1 (somando, dá o número 3). Já no primeiro LP, o número aparece nos versos da música "Longe demais das capitais", que dá nome ao disco: "O 3º sexo, a 3ª guerra, o 3º mundo". Mais adiante, Augusto Licks entra no lugar de Pitz, completando aquela que seria a formação mais importante da banda. No segundo LP, o número está presente nos versos de "Revolta dos Dândis II": Esquerda e direita, direitos e deveres,/ os 3 patetas, os 3 poderes". Inspirados em outro "power trio", os canadenses do RUSH, os ENGENHEIROS estabeleceram que depois de 3 discos, iriam gravar sempre um outro ao vivo, plano que eles cumpriram até o final dos anos 90. Também criaram várias trilogias de seus discos, uma delas é a trilogia da bandeira tricolor do Rio Grande do Sul, formada pelos álbuns "A revolta...", "Ouça o que eu digo..." e "Várias Variáveis", cada um com uma das cores da bandeira gaúcha na capa. Quando resolveu realizar um trabalho solo, HG juntou mais dois músicos e formou o Humberto Gessinger Trio. Poderíamos citar mais músicas ainda ("3ª do plural", "3X4", "3 minutos", etc.) e outras referências (até o ilustrador de uma das capas dos CD’s se chama Trimano), mas volto ao livro, que é o que interessa comentar.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Humberto Gessinger é um baita escritor, só para usar a expressão aqui do RS, lugar tão importante para ele, como se percebe pelas referências nos discos e até na capa do seu livro. Suas letras são poesias do mais alto gabarito, repletas de citações literárias e filosóficas, mostrando ser um artista que não se limita ao mundo da música, que tem uma bagagem cultural grande e uma leitura diversificada e de qualidade. Talvez por isso eu fechei o livro com uma sensação de que faltava algo.

O livro é divido, claro, em 3 partes. Na primeira, há uma autobiografia do cantor. Com uma linguagem poética, cheia de frases gessingerianas (calcadas em paradoxos, pleonasmos, ambiguidades e citações), ele conta fatos de sua vida e, principalmente, da trajetória dos ENGENHEIROS (e também do Pouca Vogal, seu projeto mais recente), curiosidades das gravações e fotos de cada época. Aliás, o projeto gráfico é o que mais chama a atenção no livro, trazendo as reproduções das capas e contracapas de todos os álbuns, além das ilustrações de Andrews & Bola, já conhecidas pelos fãs na internet, representando as mudanças no visual de Humberto Gessinger.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Essas ilustrações estão na segunda parte, aquela sobre a qual tive mais expectativas. A divulgação anunciava que seriam 123 letras de músicas comentadas. No entanto, só algumas das letras estão acompanhadas por pequenos textos que não retomam as discussões que já circulam há anos pelos fóruns da web. Quais as fontes das citações, as influências para a criação das letras? O que ele queria dizer com tal palavra? Quem era Ana? O que é trottoir? Não acho que o artista deva revelar o que quis dizer. Isso é função do apreciador da obra. Mas a propaganda do livro criou essa expectativa, de registrar em livro as referências das letras. No fim, ficou mais como uma antologia pessoal do compositor.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Para fechar o livro, a terceira parte traz um ensaio de Luís Augusto Fisher, professor de Literatura da Ufrgs. Intitulada "Pra entender", em alusão a uma música dos Engenheiros, destaca o papel da banda na vida cultural do país. Apesar de ser professor de uma universidade, seu texto é leve e não destoa do resto. Tudo a ver com as contradições gessingerianas: um texto não acadêmico de um acadêmico.

Ouça o que eu digo, não ouça ninguém: o livro é peça indispensável na prateleira de qualquer fã dos ENGENHEIROS DO HAWAII, apesar dos pesares.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Garimpeiro
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

César Menotti & Fabiano: lançada versão de Infinita Highway, do Engenheiros do HawaiiCésar Menotti & Fabiano: lançada versão de "Infinita Highway", do Engenheiros do Hawaii

Alta Fidelidade: veja primeira parte da entrevista com Augusto Licks (vídeo)


Engenheiros do Hawaii: análise da música Somos quem podemos serEngenheiros do Hawaii: análise da música "Somos quem podemos ser"

Pra discutir: os 100 melhores discos do rock brasileiroPra discutir: os 100 melhores discos do rock brasileiro

Humberto Gessinger: ele arregou para o Régis Tadeu? Paulo Baron comentaHumberto Gessinger: ele arregou para o Régis Tadeu? Paulo Baron comenta


Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Steven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeasSteven Tyler
Primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas