John Lennon: A Vida - Philip Norman

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Gabriel Menezes, Fonte: Blog Cena
Enviar correções  |  Comentários  | 


Um homem com problemas emocionais, envolto em diversos dilemas freudianos, e que passou uma vida amargurada por tragédias do passado. Este é o JOHN LENNON que o autor Philip Norman descreve em seu sua biografia sobre o ex-beatle “John Lennon: A Vida”, lançada este ano.
649 acessosPaul McCartney: tocando Beatles com Bruce Springsteen por duas vezes5000 acessosMascotes do Metal: os dez maiores segundo The Gauntlet

A história começa antes mesmo do nascimento de John. O autor faz um pequeno resumo sobre a trajetória da família Lennon, e como seus pais se conheceram. A partir daí, durante a infância do músico, seguem alguns eventos que já são bastante conhecidos pelos fãs, como a hora em que John tem que escolher entre ir pra Nova Zelândia com o pai ou ficar com a mãe na Inglaterra.

Um diferencial da obra é que Norman busca fazer justiça em relação ao pai do ex-beatle, Fred. Ao contrário da história de que ele simplesmente fugiu e abandonou John, o autor mostra que por inúmeras vezes Fred tentou se reaproximar. Por influência da família Lennon e por adversidades da vida, esta reaproximação acabou não acontecendo.

A partir do momento em que John conhece PAUL MCCARTNEY, a obra passa a contar a história dos Beatles - claro, através da visão de Lennon. A maior parte do enredo é a mesma que já foi vista na excelente antologia do grupo, lançada em vídeo e mais recentemente também como livro.

O primeiro casamento de John é certamente um dos pontos mais polêmicos da biografia. Norman descreve o ex-beatle como um péssimo marido, indiferente, que traiu sua esposa diversas vezes e até mesmo chegou a agredi-la. Quando conheceu Yoko e resolveu deixar Cynthia, Lennon ainda reverteu à situação, e acusou a esposa de traição, que segundo a história, não era verdadeira. A relação do ex-beatle com o seu primogênito, Julian, não é muito mostrada de forma diferente.

Outro diferencial da obra é em relação a Yoko Ono. Ao contrário do consenso de que ela foi a grande responsável pela separação dos Beatles, o autor mostra que Yoko nunca foi manipuladora. Pelo contrário, John que era um marido extremamente ciumento e que exigia que a esposa estivesse com ele a todos os momentos.

Apesar de ter mais de 800 páginas, a narrativa do Philip Norman faz de “John Lennon: A vida” um livro de leitura fácil. É um trabalho valioso, e que provavelmente irá enfurecer muitos fãs com questões absolutamente polêmicas levantadas pelo autor, como uma suposta atração sexual de John por sua mãe e mais tarde uma paixão enrustida pelo companheiro de banda, PAUL MCCARTNEY.

Um ponto em que o autor fica devendo é em não descrever a reação após a morte de John. Durante toda a obra ele conta fatos da vida de pessoas próximas ao músico, mesmo que estas estivessem longe, como, por exemplo, a Tia Mimi. Aposto que assim como eu, muita gente sentiu falta de ler como Mimi, a tia que cuidou de Lennon como um filho, reagiu a sua perda.

Entre altos e baixos, é uma obra que não pode deixar de ser lida por qualquer fã da banda.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

649 acessosPaul McCartney: tocando Beatles com Bruce Springsteen por duas vezes2290 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1447 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

BackmaskingBackmasking
Existem mensagens gravadas ao inverso em discos de rock?

BateristasBateristas
Canhotos que tocam de forma diferente

RhythmRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Livros0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "John Lennon"

Mascotes do MetalMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

Em 24/11/1991Em 24/11/1991
Morre Freddie Mercury, aos 45 anos de idade

HumorHumor
Quais são os rockstars mais chatos do mundo?

5000 acessosRock In Rio I: Pra quem tem menos de quarenta anos fica difícil imaginar5000 acessosGreen Day: 10 coisas que você não sabe sobre a banda5000 acessosMetallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed5000 acessosPlanno D: 10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)5000 acessosMetal: os melhores álbuns segundo leitores da Metal Hammer grega5000 acessosMetal Injection: dez canções para Satã

Sobre Gabriel Menezes

Gabriel Menezes é jornalista, natural de Volta Redonda, no Sul Fluminense. Atualmente, mora na cidade do Rio de Janeiro. Edita o Blog Cena (www.blogcena.com), onde escreve sobre rock e cultura pop. É um apaixonado por rock’n roll, em quase todas as suas vertentes. É baixista e membro da banda Dakocaga (www.myspace.com/dakocaga).

Mais informações sobre Gabriel Menezes

Mais matérias de Gabriel Menezes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online