Hermano: Eles praticam o que pregam!

Resenha - Into The Exam Room - Hermano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Cunha
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

Formada pelo produtor Dandy Brown como um projeto paralelo em 1998, a formação original consistia do vocalista John Garcia (Kyuss), do baixista Dandy Brown, do baterista Steve Earle (Afghan Whigs) e dos guitarristas Mike Callahan (Earshot) e David Angstrom (Black Cat Bone, Luna Sol). Depois de ensaiar por seis meses, os caras entraram no estúdio em 1999 para gravar o primeiro álbum, que só foi concluído no ano seguinte. Como se não bastasse, por questões contratuais, se passaram mais dois anos até o lançamento oficial.

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepManowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?

Into the Exam Room é quarto e último álbum da banda até então. O disco é uma boa mistura de momentos acústicos com pedradas rock n' roll. O álbum cativa pela simplicidade e pelo bom gosto. Umas canções mais adocicadas e outras mais agitadas, mas todas com harmonias envolventes e com potencial para tornarem-se hits de rádio. Há momento em que Garcia utiliza seu falsete e isto funciona como um ingrediente especial, que dá às músicas um toque de beleza. Ao definir-se como uma banda de "Stoner/Desert" Rock, o discurso da banda se mostra coerente com sua música, pois é exatamente isso que eles fazem. De uma forma discreta, eles simplesmente praticam o que pregam. Os destaques do disco vão para Dark Horse II, Left Side Bleeding, Out of Key, But in the Mood e Our Desert Home. As letras são bobas, em certa medida, mas sempre em harmonia com seus respectivos contextos e arranjos e isso faz toda a diferença quando a finalidade é emocionar.

Nesses dias em que chove muito na minha cidade, precisei de algumas audições pra entrar na "vibe" do disco, mas uma vez que o fiz, até um arco-íris se revelou aos meus olhos de "metaleiro". No final das contas, acabei concluindo que Into The Exam Room não é apenas uma boa mudança em relação ao que costumo escutar normalmente, mas é também - e principalmente - um álbum de rock n' roll bom e forte.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hermano"


Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Manowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?Manowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?

Kirk Hammett: Mustaine toca rápido e eu, melódicoKirk Hammett
"Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Zakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para OzzyZakk Wylde e Dave Grohl
A treta por causa de canções para Ozzy

Rolling Stone: os 100 melhores álbuns dos anos 90Rolling Stone
Os 100 melhores álbuns dos anos 90

Immortal: achando que estava só, Abbath tentou registrar marcaImmortal
Achando que estava só, Abbath tentou registrar marca

Não culpe as gravadoras: você que é um tosco mesmo!Não culpe as gravadoras
Você que é um tosco mesmo!


Sobre Ricardo Cunha

Editor no site Esteriltipo - Marketing de Conteúdo.

Mais matérias de Ricardo Cunha no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336